quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

ESTADOS DE TRANSE – O UNIVERSO DO DESPERTAR ESPIRITUAL

Os quatro estados mentais


AS FREQÜÊNCIAS DA CONSCIÊNCIA

As ondas cerebrais são formas de ondas eletromagnéticas produzidas pela atividade elétrica das células cerebrais. Elas podem ser medidas através de aparelhos eletrônicos como o eletroencefalograma. As freqüências dessas ondas elétricas são medidas em ciclos por segundo. As ondas cerebrais mudam de freqüência baseando-se na atividade elétrica dos neurônios e estão relacionadas com a mudança dos estados de consciência (vigília, concentração, relaxamento, meditação, etc.).

FREQUÊNCIA BETA

Atenção
Concentração
Cognição
Nesta freqüência estamos bem despertos e em alerta. A mente está concentrada e preparada para a execução de trabalhos que requerem atenção. No estado beta os neurônios transmitem as informações rapidamente, permitindo-nos atingir altos estados de concentração, percebendo o mundo físico através dos nossos sentidos. Tudo o que é ligado à lógica, ao raciocínio, ao pensamento, isto é, a uma atividade mental, corresponde a esse nível que é o da consciência do mundo material percebida através dos nossos cinco sentidos.
As ondas betas ajudam nos estudos, na prática de esportes, ou seja, atuam na análise e na organização de informações onde a concentração mental é necessária para um bom desempenho. A faixa de ondas beta está entre 21 e 14 ciclos por segundo. O estado beta está associado à concentração, atenção e formação de novas cognições.

FREQUÊNCIA ALFA

Relaxamento
Visualização
Meditação
As ondas vibratórias emitidas pelo cérebro em estado alfa estão abaixo de 14 ciclos/segundo. Fisicamente a pessoa está de olhos fechados, com os sentidos parcialmente adormecidos, num estado de concentração e relaxamento profundo que corresponde ao pré-sono ou adormecimento.
Após muita prática consegue-se chegar a esse nível de olhos abertos. As ondas alfa são comuns antes do sono profundo e um pouco antes de acordarmos totalmente; é o estado que Jung chamou de estado “hipnagógico”; corresponde ao que chamamos “estado de consciência superior”, pois a pessoa ultrapassa a barreira mental e entra num estado de percepção extra-sensorial, tendo pensamentos intuitivos e criativos. Podemos entrar nesse estado através do relaxamento e meditação, pois quando aprofundamos a atividade cerebral, baixamos do estado beta para as ondas alfa que são mais lentas. A nossa consciência se expande. Flui energia criativa e desaparece a ansiedade, aparecendo uma sensação de paz e bem-estar.
As ondas alfa são excelentes para a solução de problemas, para memorização, relaxamento e para a prática de visualização com o objetivo de melhorarmos nosso desempenho em todas as áreas de nossas vidas (tela mental ou visualização criativa). Nesse estado alterado de consciência temos mais acesso às nossas capacidades chamadas de paranormais. Ao funcionarmos nesse nível de consciência abrimos uma porta para estados de consciência mais profundos onde “todos somos um” (UNICIDADE). Nesse estado, quando chegamos à ciclagem 10.5 ciclos por segundo, atingimos a Schumann Ressonance – a freqüência do campo eletromagnético da Terra. Nessa freqüência consegue-se a telepatia, premonição, retrocognição…

FREQUÊNCIA TETA

Meditação
Intuição/Criatividade
Memória
Se aprofundarmos o nível alfa abaixo de 7 ciclos por segundochegaremos, com a prática de exercícios de meditação, ao nível teta onde ocorre inclusive a cura do corpo físico. No nível teta nossa atividade cerebral baixa quase ao nível do sono; é quando temos a sensação de estarmos caindo ou misturamos com o que acontece naquele momento na vida real (sons que ouvimos no ambiente), isto é, misturamos a realidade que ouvimos com os sonhos. Teta é o estado cerebral onde aumentamos a capacidade mental. É nesse estado de consciência que aparecem os flashes do nosso inconsciente (ideal para a projeção astral) e o acesso às memórias esquecidas.
Pode-se sentir a mente se expandir além dos limites do corpo. Portanto, teta é o estado ideal para a cura e também para a aprendizagem. Sabemos que a consolidação do que aprendemos durante o dia acontece quando dormimos. Também em teta podemos nos livrar de condicionamentos indesejados; é neste estado que ao sonharmos nos lembramos do sonho ao acordarmos. Também abrimos o inconsciente e podemos reviver cenas que causaram traumas no passado e nos curarmos das seqüelas que foram deixadas por eles (aqui se enquadram as terapias de regressão à vidas passadas). Nessa frequência cerebral aumentamos a criatividade, por isso surgiram os inventos de Henry Ford, Thomas Edison, etc… Conta-se que Thomas Edison adormecia levemente em cima de seus experimentos e despertava com as soluções. A freqüência de ondas teta está abaixo de 7 ciclos por segundo. Recebemos informações para além do nosso estado normal de consciência, ativando estados mentais extra-sensoriais; intuição, criatividade.

FREQUÊNCIA DELTA

Consciência expandida
Cura e Recuperação
Sono
Delta é a mais baixa de todas as freqüências de ondas cerebrais – entre 0.1 e 4 HZ.
A pessoa está de olhos fechados, inconsciente e com todos os sentidos adormecidos. O corpo está apenas na sua função automática e a pessoa se encontra insensível à dor. Os sentidos estão completamente adormecidos e a pessoa está totalmente inconsciente. Corresponde a um estado de coma profundo, de sono profundo ou de anestesia geral, também de hipnose profunda.
Delta é a mais baixa de todas as freqüências de ondas cerebrais. É em Delta que liberamos o hormônio do crescimento humano (GH), que é liberado se não fizermos nenhuma alimentação pesada 5 horas antes de dormir. No início de nossas vidas esse hormônio (GH) é usado pelo nosso organismo para o crescimento; quando cessa o crescimento nosso organismo o usa para nos manter jovens. Essa liberação é benéfica, pois beneficia a cura e a regeneração celular.

ONDAS CEREBRAIS E O AUTOCONHECIMENTO

Devemos compreender que nossos ritmos de consciência estão vinculados a nossa freqüência de ondas cerebrais. Tudo em nós é unificado: uma emoção negativa (geradora de stress ou ansiedade) despeja cascatas de hormônios em nossa circulação, acelerando nosso ritmo respiratório e batimento cardíaco, elevando nossa pressão sanguínea e nossa freqüência de ondas cerebrais. Quanto mais aceleradas estas ondas, menor nossa consciência e capacidade de aprendizado (o “branco” em situações de tensão evidencia isto), mais instintivos e menos intuitivos nos tornamos, nos afastamos de nossa Chispa Divina interior…
Por outro lado, as diversas técnicas de expansão de consciência têm o poder de baixar tais ondas e realizar muitos dos prodígios relacionados a ela: cura de doenças físicas (existem casos documentados de remissão de tumores em 2 semanas unicamente através da meditação), reprogramação mental, ativação de memória genética e de vidas passadas, projeção astral e muito mais.
E como atingir tais estados? Cada povo desenvolve seu método: danças, yoga, mantras, concentração, toques de tambor ou ingestão de plantas professoras (dentre elas a ayahuasca). Todas estas no permitem entrar em estado de meditação, conhecer o shamadi ou êxtase, a plenitude espiritual e reconecção com nosso Ser… Nesse estágio, a pessoa se torna calma, tranqüila, em paz e em harmonia, pois quanto mais profundo é o relaxamento, mais lenta é a atividade cerebral e mais a consciência se abre. Este também é o segredo da regeneração cerebral e celular.
E o mais importante: este estado também pode – e deve – ser transportado até sua vida diária, de instante em instante e de momento a momento…

Fonte: Luz da Consciência

COISAS QUE ACONTECEM A NÓS NOS PRIMEIROS ESTÁGIOS DO DESPERTAR ESPIRITUAL




*No princípio tudo é divino e maravilhoso, tudo parece ter sentido, é como um enamoramento romântico.

*Uma multidão de perguntas de todo o tipo começam a invadir a sua mente e você quer as respostas imediatamente.

*Você começa a ‘surfar’ pelas redes sociais (e pelas ruas de sua cidade, jornais, revistas de espiritualidade, youtube, livros, etc) buscando tais respostas.

*Você se enche literalmente de informação.

*Passado um tempo, você começa a descartar a informação que não ressoa como real, e começa a se orientar mais pela sua opinião a respeito, deixando de lado as respostas dos outros. É quando o enamoramento inicial com o mundo espiritual, dá lugar pouco a pouco a um melhor “conhecimento” do que significa despertar, significa transformação e empoderamento pessoal.

*Começam as crises… de todo o tipo. Começam a cair, ruir as estruturas, crenças, velhos padrões de conduta… Você já não pode seguir fingindo que não sabe como funciona a vida na realidade.

*Seguem as rupturas (não em todos os casos), desta vez das pessoas que estão em sua vida. Algumas reagem frente a sua mudança de forma positiva e outras simplesmente desaparecem de sua existência. Aqui é quando a coisa fica interessante: começam as perguntas interessantes. Para que? Por que o mundo é tão obscuro, sombrio? Como posso ser feliz e seguir conectado, estando o mundo do jeito que está? Não me parece que o mundo seja um lugar justo… e muitos jogam a toalha. Ou renunciam ou paralisam na vibração “ESTE MUNDO NÃO É JUSTO, EU TENHO QUE CORRIGI-LO”.

*Depois de uma temporada no “limbo”, você vai se dando conta de que o mundo não é justo, mas está em equilíbrio, e que são dois conceitos distintos. Que o mundo reflete o interior da humanidade… e, esta é a descoberta mais transformadora para aqueles que tem conseguido chegar até aqui. NÃO TEM QUE MUDAR O MUNDO. Tem que transformar a si próprio. Compreende que o trabalho sempre foi interno… nunca fora, e que a única posição para transformar qualquer coisa é a do AMOR SEM CONDIÇÕES (incondicional). TE AMO COMO VOCÊ É E AS SUAS CIRCUNSTÂNCIAS. E a partir dessa aceitação, acontece a magia.

E aqui é quando começa o caminho de verdade, a partir da maturidade, da responsabilidade, da coerência, da alegria pela vida, e da plenitude, com seus dias bons e seus dias maus.

A vida não vai necessariamente mudar, mas vai mudar a si mesmo e o seu diálogo com ela… Você é o dono da sua vida.



Tradução: Verônica D’amore
fonte: despertando.me

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Registros Akáshicos






O Registro Akáshico é o registro individual de uma Alma desde o momento que deixa seu ponto de origem até que a ele regresse.

Registros Akáshicos (Akasha é uma palavra em sânscrito que significa "céu", "espaço" ou "éter"), segundo o hinduísmo e diversas correntes místicas, são um conjunto de conhecimentos armazenados misticamente no éter, que abrange tudo o que ocorre, ocorreu e ocorrerá no Universo.

No momento em que tomamos a decisão de experenciar a vida, é formado um campo de energia com a finalidade de gravar todos os pensamentos, palavras, emoções e ações geradas por cada uma das experiências vividas. Esse campo de energia é denominado Registro Akáshico.




Toda a sua informação desde o início da sua existência esta guardada nos seus Registros Akáshicos. Todas as palavras, pensamentos, sentimentos, ideias, crenças, sensações, ações suas e dos seus ancestrais, ficam ancorados como informação em você, no seu corpo, nas suas células, átomos, no seu DNA, na sua energia, na sua essência.

Akáshico porque está composto pelo Akasha, que é a substância energética da qual toda a vida está formada. AKASHA é uma palavra de origem sânscrita, que se utiliza para denominar um plano da consciência cósmica que atua como arquivo.

O Akasha é uma biblioteca de ações de cada alma, pensamentos e emoções que tiveram um lugar no planeta Terra e em outros sistemas planetários. Todos os eventos de pequeno ou grande porte são permanentemente gravados na grade eletromagnética do planeta e do cosmos.






O termo registro Akáshico é usado para registrar para o Criador todas as coisas que ocorreram no passado, presente e futuro na história da criação.

O registro consiste em padrões de luz energéticos que estão sintonizados com uma frequência vibracional especial exclusiva para o seu conteúdo, em última análise o código é baseado na frequência do amor.

O conhecimento sobre a capacidade de acessar o seu registro Akáshico pessoal pode revelar as respostas de quem você realmente é.

Todo mundo tem a habilidade de se conectar com a fonte primordial como um ‘detentor de registro espiritual’ e é capaz de chamar a todos seus orientadores multi-dimensionais para receber as respostas de suas próprias perguntas.

Você é capaz de ser seu próprio guia, psicólogo, guru espiritual e professor. Sempre que você tem uma situação problemática ou um desentendimento com um indivíduo, esses incidentes ocorreram antes em outro tempo e lugar.




Dentro desta dimensão espiritual mais alta, somos capazes de fazer perguntas, obter explicação e orientação. Também podemos identificar outras experiências de vida que nos afetam nesta.

Se você tem perguntas para um problema ou situação, existem várias portas para escolher com muitas soluções variáveis. A porta A tem uma resposta, a porta B tem outra, e assim por diante. Se acontecer de você escolher a porta errada, o problema vai surgir novamente. Escolhendo a porta correta conecta-se realmente com o que há de melhor para todos e não apenas para você. Essa escolha cria harmonia, beleza, paz e cura para todos os envolvidos.

Os Registros Akáshicos estão disponíveis para todos. Algumas das respostas não serão do seu agrado. No entanto, elas vão conter a energia da “verdade” de quem você realmente é e o que supostamente sejam seus aprendizados.




Quando os seus guias sentirem que você está pronto para continuar por si próprio, você terá permissão para acessar seus registros, quando você tiver a “necessidade de saber” outras informações. Isso geralmente se realiza sem canalização de transe e quando você está pleno de consciência, desperto e alerta.

É muito importante estar bem enraizado para receber e manter as frequências que vem de dentro. Esta é a razão pela qual deve se estar ligado a natureza para ter um bom aterramento. Caso contrário, você pode sentir tonturas ou mal estar e seu corpo pode não ser capaz de manter a vibração por muito tempo e suas respostas parecerem pouco claras.

As informações dos Registros Akáshicos só serão dadas a uma pessoa quando elas estiverem sendo usadas para curar a si mesma e sua parcela do planeta.




As informações podem vir a você da mesma maneira quando você está meditando ou canalizando. Você pode ver imagens holográficas ou simbólicas, ouvir sons, começar a escrever, ou apenas de repente “saber” a resposta.

Os Registros Akáshicos não devem ser usados para adivinhações ou recordações de vidas passadas como um divertimento. Eles são muito sagrados e são protegidos por seres de luz em sentinela.

Você não vai ter acesso a todos os registros a menos que tenha integridade e disciplina em seus hábitos diários e pensamentos. No entanto, você vai continuar a ser ajudado, abençoado, honrado e guiado pelos reinos dos espíritos em sua mais alta manifestação.


É uma das ferramentas mais poderosas disponíveis no Planeta para nos ajudar a recordar a nossa condição de Unidade Divina. Quando nos ascendemos à energia dos Registros Akáshicos, abrimos um canal à comunicação direta com nossos Mestres e Anjos.




Estas “memórias” revelam situações que no presente ajudam a revisar as situações kérmicas, conhecer o propósito de nossa vida, esclarecer os vínculos, as passagens nesta vida, pois estão formadas por uma massa de informações acumuladas das encarnações vividas, para nos auxiliar na elevação e, também, para o bem de todos que nos cercam.


Existem vários níveis e tipos de registros Akáshicos criados a fim de ser capaz de categorizar e arquivar esses registros, por exemplo, o registro da vida particular de uma pessoa pode ser em forma de filme e imagens holográficas com os sentimentos e as energias de eventos e emoções de modo que eles podem ser revistos como ferramenta de aprendizagem mais tarde, o registro de um planeta pode incluir as experiências de cada ser sobre ele e suas viagens através do Universo.


Devido à sua natureza holográfica as camadas de registros Akáshicos podem ser imaginadas como um conjunto de bonecas russas aninhadas uma dentro da outra dentro da outra.




Para um indivíduo o registro Akáshico em uma encarnação da vida humana poderia ter as seguintes informações armazenadas nele:


Um registro de uma célula individual do corpo humano.
Um registro de um grupo de células que compõem o corpo humano e as experiências que estão impressas nelas.
O registro de uma alma pode ter as experiências listadas acima em uma encarnação além de:


Um registro de todas as encarnações que experimentou.




O salão de registros ou central de registros Akáshicos foi descrito por aqueles que podiam se comunicar com os seres do “outro lado” (o plano astral) como um grande edifício com colunas em estilo grego e degraus de mármore, no interior a biblioteca parece ser infinita.





Algumas pessoas já visitaram o salão de registros em seu estado meditativo, algumas pessoas têm relatado que visitaram o salão de registros em uma revisão de vida durante uma experiência de quase morte (EQM), uma vez dentro do salão de registros foram recebidos por um guia que os levou para a seção que precisavam estar dentro, certas pessoas têm acesso a determinados registros.

Você só tem acesso ao registro de sua alma e daqueles que tiveram influência sobre sua vida, a não ser que tenha sido concedido o acesso a outras informações necessárias para a evolução da sua alma.

Os Registros Akáshicos são as matrizes de nossas vidas passadas, presente e futura, todas misturadas. São essencialmente o registro do Tudo Que É: tudo que já "foi" e tudo que "será". Podem ser comparados com uma biblioteca universal gigante de internet, onde todas as almas podem ter acesso ao conhecimento universal de todas as almas para aprender mais e crescer.






Existem três níveis das câmaras de registro akáshicos e nenhum nível é melhor que o outro.

O primeiro nível é o lugar onde toda a consciência coletiva do planeta é gravada, incluindo os pensamentos, emoções e ações de cada alma ao longo da história.
O segundo nível é o excesso de pureza e energias divinas que vêm do primeiro nível.
E, o terceiro, mais alto nível é o que registra as gravações das melhores energias que vem dos outros dois níveis.


Câmera dos registros Akáshicos


Com o conhecimento de que cada escolha que você faz, cada emoção que você sente e cada pensamento que você tem são registrados, como você pretende estar mais consciente de como você vive sua vida ?

Muitas pessoas que tiveram EQM tem uma visão completamente nova sobre a vida ao retornarem.




Os registros Akáshicos não devem ser usados contra nós como uma viagem de culpa ou para nos sentirmos mal sobre o que fizemos na vida, todas as nossas vidas são para experiência e aprendizagem e nunca há qualquer julgamento do Criador ou qualquer guia ou um ente querido do outro lado.

Esses registros são simplesmente ferramentas de evolução e quando se tem o conhecimento de que eles existem, então é tempo de conscientemente decidir como viver a vida de modo que fique feliz com o seu registro a partir de então.


Como posso acessar o registro Akashico da minha alma ?


Nos registros Akáshicos podemos adquirir conhecimento a partir de experiências que nossa alma teve em vidas passadas e podemos aprender a acessar os registros Akáshicos mais especificamente através de técnicas de aprendizagem que abrem os registros Akáshicos, estas técnicas podem incluir o uso de meditação, técnicas de respiração e uma oração sagrada com intenção de abrir o cofre da vida que nos liga à origem da nossa alma.





A maioria das pessoas já acessaram os registros Akáshicos, muitas vezes através da intuição, meditação e lampejos de intuição, muitos de nós experimentamos esses vislumbres dos registros Akáshicos diariamente e nem sequer percebemos isso, as pistas estão em torno de nós que nos levam a quem realmente somos e por que estamos aqui.


Acessando aos Registros Akáshicos você pode descobrir a origem de tudo o que afeta a sua vida, seus problemas, dores, tristezas, doenças, bloqueios, medos, traumas, baixa auto-estima e padrões de comportamento repetitivo. Muitas vezes só descobrindo a origem dos problemas é suficiente, outras vezes é necessário sanar.

Você vai descobrir quem realmente é, o que esta fazendo neste mundo, quais as características que o fazem único e especial, quais são os seus talentos, pontos fortes, paixões, que o ajudaram a ser tornar responsável pela própria vida, criador da sua própria existência, tornar seus sonhos em realidade e desenvolver a sua missão de vida para o seu plano evolutivo.

Os Registros Akáshicos são a base de dados de informação ilimitada sobre tudo o que existe, existiu e existira no Universo. É o conhecimento do passado, presente e possibilidades de futuro de todas as coisas, desde o microcosmos até o macrocosmos.







Este "instrumento" nos permitirá perceber a limitação de nossos padrões e crenças, que criam véus de ilusões ao redor da nossa verdadeira alma.

À medida que desvendamos estes véus e aprendemos nossas verdades, voltamos mais conscientes do que verdadeiramente somos, recuperando a própria Divindade, nosso poder, a conexão com tudo que existe.

Estaremos livres para permitir à alma voar a níveis mais altos.

FONTE: http://muitoalem2013.blogspot.com.br/2015/08/registros-akashicos.html