quarta-feira, 27 de agosto de 2014

SÓ O AMOR É REAL - SOBRE AS ALMAS GÊMEAS




“Nem sempre casaremos com a alma a que estamos mais fortemente ligados. Pode existir mais do que uma para nós, pois as famílias de almas viajam juntas. Podemos decidir casar com uma alma companheira à qual estamos menos ligados, uma que tenha algo específico para nos ensinar ou para aprender conosco.
O reconhecimento de uma alma gêmea pode acontecer mais tarde, depois de ambos estarem comprometidos com as famílias da vida atual. Ou a alma a que estamos mais fortemente ligados pode ser um dos nossos pais, um filho, um irmão. Ou a ligação mais forte pode ser com uma alma que não tenha encarnado durante a nossa vida, mas que está a tomar conta de nós do outro lado, como um anjo da guarda. Algumas vezes, a nossa alma gêmea está disponível e disposta a uma relação. Ele ou ela podem reconhecer a paixão e a química entre os dois, os laços íntimos e sutis que implicam ligações ao longo de muitas vidas. No entanto, ele ou ela podem ser prejudiciais para nós. É uma questão de desenvolvimento de almas.

Se uma alma é menos desenvolvida e mais ignorante do que a outra, traços de violência, avareza, ciúme, ódio e medo podem surgir na relação. Estas tendências são prejudiciais para a alma mais evoluída, mesmo vindo de uma alma gêmea. Frequentemente, fantasias de salvamento surgem com o pensamento: “Eu posso mudá-lo (a); eu posso ajudá-lo(a) a crescer.” Se ele(a) não permitir a nossa ajuda, se no seu livre arbítrio decidir não aprender, não crescer, a relação está condenada.Talvez haja outra oportunidade noutra vida, a não ser que ele (a) acorde tarde, mas acorde, nessa mesma.

Despertares tardios, também acontecem. Por vezes, as almas gêmeas decidem não casar enquanto encarnadas. Fazem por se conhecer, por se manter juntas até que a tarefa acordada esteja cumprida e, então, continuam. Os seus projetos, os seus planos de aprendizagem para toda a vida são diferentes e não querem ou não precisam de passar a vida juntas. O que não é uma tragédia, apenas uma questão de aprendizado. Têm a vida eterna juntas, mas por vezes necessitam de participar em aulas separadas. Uma alma gêmea que esteja disponível, mas adormecida, é uma figura trágica e pode causar grande angústia.
Adormecida significa que ele ou ela não vê a vida claramente, não está consciente dos vários níveis de existência. Adormecido significa não saber nada sobre almas. Geralmente é a consciência prática do cotidiano que impede o despertar. Ouvimos as desculpas da mente todo o tempo. Sou demasiado jovem; necessito de mais experiência; ainda não estou pronto para assentar; és de uma religião diferente (ou raça, região, estrato social, nível intelectual, base cultural, e assim sucessivamente). Isto são desculpas, pois as almas não possuem nenhum destes atributos. A pessoa pode reconhecer a química. A atração está lá em definitivo mas a origem da química não é compreendida. É ilusório acreditar que essa paixão, esse reconhecimento da alma, essa atração sejam facilmente encontrados de novo com outra pessoa. Não se tropeça numa alma gêmea todos os dias, talvez só mais uma ou duas vezes na vida. A graça divina pode recompensar um bom coração, uma alma cheia de amor.

Nunca nos devemos nos preocupar em encontrar a alma gêmea. Tais encontros são coisa do destino. Ocorrerão. Depois do encontro, reina o livre arbítrio de ambas as partes. Que decisões serão ou não tomadas é uma questão de livre arbítrio, de escolha. Os mais adormecidos tomarão decisões baseados na mente e em todos os seus medos e preconceitos. Isto muitas vezes resulta em corações partidos. Quanto mais desperto estiver o casal, maior a probabilidade de uma decisão ser baseada no amor. Quando os dois parceiros estão despertos, o êxtase está ao seu alcance".

Extraído do livro : Só o amor é Real - Brian L. Weiss.
http://books.google.com.br/books?id=MEGwVRaAqggC&printsec=frontcover&hl=pt-BR&source=gbs_ge_summary_r&cad=0#v=onepage&q&f=false

A FREQUÊNCIA NATURAL DO SER HUMANO


Muito tem se falado sobre a visão holística, ou seja, por mais que achemos que estamos isolados, separados, sós, na verdade fazemos parte da delicada rede da vida, dessa forma, o que fazemos aqui irá certamente, de alguma maneira, afetar nossos semelhantes em outro lugar. Mas, podemos ampliar essa percepção para muito além de nossas fronteiras, ou seja, se fazemos parte da rede da vida, fazemos parte também de outras galáxias, universos, sociedades de seres interplanetários que vibram numa frequência 13:20, ou seja: 13 dos 13 tons galácticos da criação e 20 das 20 frequências solares, que são os 20 selos das 20 tribos solares.

A frequência 13:20 é a frequência natural do ser humano e de todo o universo, 13 luas ou meses com exatos 28 dias cada, conforme o ciclo menstrual feminino que tem 28 dias também, sem a alteração que encontramos no nosso calendário gregoriano, onde existem meses com 28, 29, 30 e 31 dias. Nessas outras dimensões muito mais evoluídas do que a nossa 3º dimensão terrestre, os seres vivem de maneira pacífica, espiritualizada, onde nada falta e onde prepondera o equilíbrio, pois, há respeito e sincronia com o natural.

Você deve estar se perguntando então qual é o nosso problema ? E a reposta é que aqui na Terra, vivemos na frequência 12:60, ou seja 12 dos 12 meses e 60 dos 60 minutos de cada hora do dia, a frequência 12:60 é uma frequência falsa, antinatural, que gera no ser humano total desequilíbrio, sub-utilização de sua plena capacidade cognitiva e espiritual, materialismo, medo, doenças, alienação, sofrimento, escravização psicológica, subservivência mental e emocional à um sistema tecnocrata, que exige cada vez mais garantias, segurança, bancos, polícia, comércio, remédios, industrias, economia, guerras, irracionalidade, desrepeito com a natureza para gerar subprodutos muitas vezes inúteis e desnecessários, aos quais estamos apegados considerando-os como essenciais. Isso não é difícil de se comprovar, pois, muitos de nós vivem como verdadeiros automatos, verdadeiros sonâmbulos que se encaixaram na irracionalidade sugerida por séculos de sujeição ao modelo mecanicista e falso de existência para sobreviver ao invés de viver.

O calendário maya, um calendário perfeito e exato, pois, leva em consideração aspectos racionais e espirituais, sugere a alteração do 12:60 por 13:20 para que ocorra a harmonização do material com o espiritual no ser humano e sua sincronização com o restante do universo. ” Na verdade o calendário das 13 luas, baseia-se num dos 17 calendários mayas e sincroniza-se com a medida 13:20 que é um módulo harmônico, mas, não é um calendário maya é um calendário universal, pois, o tempo não é um relógio e sim uma frequência de sincronização pela qual se harmonizam todos os ciclos cósmicos” segundo o Dr. José Argüilles, Phd estudioso do assunto. Além disso, existe uma profecia maya que diz que o ano de 2012 será o ano da mudança total de paradigma na Terra, ou seja, o Sol irá sofrer uma profunda alteração polar, alterando irreversivelmente o eletromagnetismo do nosso planeta e transformando a frequência 13:20 na frequência da Terra, mas, isso faz parte do plano superior de evolução de todo o nosso universo, pois, para os mayas, o Sol é o mensageiro da divindade que rege o Todo.

Com essa mudança de frequência, nos alinhamos com todas as outras galáxias e seres interplanetários que compõem nossa sociedade universal, mas, antes que isso aconteça, temos que nos preparar biopsiquicamente, pois, sofreremos muitos alterações solares e terrestres, vários problemas climáticos assim como sociais e economicos irão ocorrer, e já temos provas suficientes que as profecias estão se concretizando rapidamente. Resumindo, aqueles que são verdadeiros, puros, que procuram desenvolver-se espiritualmente, que respeitam a sua própria natureza, a natureza dos outros e a Mãe Natureza, naturalmente terão mais possibilidades de continuar nesta nova frequência da existência 13:20, que é a frequência natural, do que aqueles que são materialistas, que visualizam apenas seus próprios interesses, que aparentemente levam vantagem com a destruição da sociedade, do planeta, com a escravização mental do ser humano.

 A pergunta é: de que forma você está se preparando ? Enfim, trata-se de uma mudança essencial, que nos levará a nos harmonizarmos novamente com o restante do universo, pois, fazemos parte dessa maravilhosa sociedade intergaláctica, da qual há muito nos afastamos. Se você quiser mais informações à respeito do tema, pesquise sobre o Dr. José Argüilles, um expert no assunto que tem vários livros publicados, entre eles: ” Os Surfistas do Zuvuya ”.

Postado por Reikilibre-se

sábado, 23 de agosto de 2014

CHAMAS GÊMEAS

DO SITE:
INSTITUTO AURA MATER
http://www.auramater.com.br/paginas.aspx?p=17.2_chamas_gemeas

 

 

Cada um de nós tem uma Chama Gêmea. As Chamas Gêmeas foram criadas juntas, por Deus, como um só ser. Desceram do plano espiritual e, no atual ciclo evolutivo da humanidade, deveriam ter-se mantido unidas, ainda que em corpos separados, feminino e masculino. No entanto, separaram-se por causa do carma e a necessidade de transmutá-los fez com que ficassem distantes uma da outra. Apesar disso, o grande amor que as une faz com que sempre se busquem. A Chama Gêmea de cada pessoa é única; é a sua outra metade, seu complemento, o seu outro eu. Encontrar a Chama Gêmea é importante para que possamos manifestar a unidade na qual fomos criados.

 
A HISTÓRIA DAS CHAMAS GÊMEAS

Quando fomos criados, éramos um só ser e, na unidade inicial, manifestávamos as características às quais chamamos atualmente femininas e masculinas. Éramos uma grande esfera de luz, um único corpo de fogo branco, portador da essência e da individualidade divina. No processo de descida aos planos da matéria, aconteceu a polarização da esfera de luz, que passou a apresentar separadamente os aspectos femininos e masculinos, como num tai-chi celestial, no qual os dois lados opostos se completam. Na polarização, ambas as partes mantiveram o mesmo padrão de identidade e cada uma tornou-se uma “Presença Eu Sou”. 


Cada Presença Eu Sou emanou um raio de sua luz e formou corpos, que passaram a evoluir nos planos da matéria. O plano divino era que as Chamas Gêmeas descessem à matéria tomando a forma masculina e feminina e expressassem o amor que as une, relacionando-se com harmonia e vivendo o êxtase do amor, durante toda a sua evolução. O plano divino para elas era, embora em corpos separados, permanecessem juntas, manifestando em Ômega a mesma unidade na qual foram criadas em Alfa. No entanto, ao longo do tempo, isso não aconteceu. As Chamas Gêmeas afastaram-se do ideal de felicidade, harmonia e perfeição. Fizeram escolhas que as levaram para longe uma da outra, adquiriram carma uma com a outra, com outras pessoas e também com outras expressões de vida. Isso fez com que se separassem. Cada uma precisou transmutar as energias que corrompeu.

À medida que transmutam seus carmas, vão se preparando para o retorno ao estado inicial de união. Quando as Chamas Gêmeas se encontram no plano físico, nem sempre isso representa o retorno à unidade permanente, mas seu reencontro é sempre sentido por elas como plenitude, como se aquilo que faltasse a uma fosse encontrado na outra. A grande atração que existe entre as polaridades opostas das Chamas Gêmeas cria um ímpeto de busca de uma pela outra para se completarem. O grande amor que as une fará com que, de encarnação em encarnação, procurem sempre se reencontrar e viver juntas, embora nem sempre isso realmente se realize no plano físico. Quando todo o aprendizado na matéria se completa, as Chamas Gêmeas retornam à unidade inicial, agora como resultado da mestria adquirida durante as várias passagens pela matéria. E são felizes para sempre...  

 
ONDE ESTÁ NOSSA CHAMA GÊMEA?

  • Encarnada? Nesse caso, estará perto ou longe de nós? Formamos um par ou não? Nós nos conhecemos ou não?
  • Desencarnada? Em qual situação encontra-se? Estará com sua identidade divina preservada ou estará como uma alma sem rumo?
  • Ascensa?
 
OS TIPOS DE CASAMENTO, SEGUNDO OS ENSINAMENTOS DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA

  • Casamento cármico: entre pessoas que têm carma negativo uma com a outra. Estão unidas pelo carma. O objetivo desse tipo de casamento é a transmutação do carma que elas tem uma para com a outra.
  • Casamento de almas companheiras: entre pessoas que não são Chamas Gêmeas.  Estão unidas pelos laços de amizade, de amor fraterno, pelas semelhanças e afinidades ou pelo serviço que desejam prestar aos filhos e à humanidade. Geralmente são uniões estáveis.
  • Casamento entre Chamas Gêmeas: a união, na matéria, das Chamas Gêmeas. Essa união, na maioria das vezes não tem a aparência de um conto de fadas, porque as Chamas Gêmeas têm carma uma com a outra e estão juntas para se resolverem. No entanto há uma grande atração entre elas e, embora vivam muitas vezes um casamento com muitos conflitos, há entre elas uma força muito grande que as impulsiona a permanecer juntas.
  • Casamento alquímico: é um elevado estado de consciência no qual a alma (os quatro corpos inferiores) une-se ao espírito (os três corpos superiores).

 

O IDEAL A SER VIVIDO NO CASAMENTO PODE SER EXPRESSO NESTE TEXTO 

“O homem e a mulher, sacerdote e sacerdotisa diante de Deus, unidos em profundo amor, conferem um ao outro o complemento de suas individualidades. Olhos nos olhos contemplam, em adoração mútua, a face de Alfa e Ômega espelhada no seu par. Esse amor verdadeiro gerará esferas de luz, círculos santificados de vida e amor, que se alargarão para incluir  a progênie, em seguida a comunidade e depois o mundo inteiro.”    
 
COMO NOS UNIR ESPIRITUALMENTE COM A NOSSA CHAMA GÊMEA

  • Fazendo o Círculo da Unidade

De pé, visualize a imagem do seu Eu Divino e, em especial, a Presença Eu Sou. Visualize um raio de amor unindo o seu coração ao coração de sua Presença Eu Sou. Mergulhe a mão direita no fogo espiritual da câmara secreta do coração e trace com ele um círculo de união em torno de você e de sua Chama Gêmea. Visualize esse círculo de união com 4 metros de diâmetro, como um aro de fogo sagrado que repelirá tudo o que se oponha à união de vocês. Visualize você e sua Chama Gêmea como focos de energias espirituais com polaridade positiva e negativa, as duas metades da figura do tai-chi girando. Consagre o amor que os une a Deus.

  • Mantendo o contato interno

Na realidade, o contato entre as Chamas Gêmeas existe, mesmo quando elas não se conhecem na matéria. O que acontece com uma delas influencia a outra. Há um circuito constante ligando uma à outra. Mesmo quando estão em níveis evolutivos diferentes ou não se conhecem, podem manter o contato interno. Esse contato amplia a luz uma da outra, pois cada Chama Gêmea precisa daquela que a completa. O contato interno pode ser feito por meio da oração, da visualização, do sentimento, da invocação e da simples lembrança de que ela existe. Neste site há algumas orações que mencionam as Chamas Gêmeas. Veja aqui. 

                        

  Exemplos de Chamas Gêmeas na literatura e na história    Exemplos de Chamas Gêmeas Ascensas
  Dante e Beatriz   Jesus e Magda
  Elza e Lohengrin   Sanat Kumara e Vênus
  Romeu e Julieta   Saint Germain e Pórtia
  Tristão e Isolda   Paulo Veneziano e Ruth Hawkins
  Jeannette MacDonald e Nelson Eddy   Maha Chohan e Pallas Athena
  Hiawata e Minnehaha   Mark e Elizabeth Prophet
  Lancelot e Guinevere   Godfre e Lotus


 

CHAMAS GÊMEAS NOS OUTROS REINOS DA CRIAÇÃO 

As Chamas Gêmeas têm a sua expressão também nos outros reinos da criação divina. Os Elohim apresentam a polaridade masculina e feminina, como Hércules e Amazônia, Arcthurus e Vitória, Apollo e Lumina. Entre os hierarcas dos elementos, temos Virgo e Pelleur, Áries e Thor, Netuno e Luara, Oromasis e Diana. No reino angélico, temos os Arcanjos e as Arqueias: Arcanjo Miguel e Arqueia Fé, Arcanjo Samuel e Arqueia Caridade, Arcanjo Gabriel e Arqueia Esperança.

INVOCAÇÃO PARA A CHAMA GÊMEA
Invoco, em nome do Eu Sou, o poder do amor que me une ao meu complemento divino, à minha Chama Gêmea.
A unidade com minha Chama Gêmea seja restabelecida. Todas as dores sejam curadas, todas as tristezas sejam transmutadas, toda separação tenha fim. Haja uma reconciliação perfeita entre nossos corações. Que os querubins, guardiães do amor, tracem um círculo de luz à nossa volta para consagrar o amor que nos une. 
Se minha Chama Gêmea estiver encarnada, que eu possa saber quem ela é, para melhor me conduzir na minha missão junto a ela. Se ela é a pessoa com quem me casei, que seja abençoada e também despertada para o fato de sermos complementos uma da outra e que por isso nossa vida deve expressar toda a unidade na qual fomos geradas um dia. 
Se ainda não a tiver encontrado, que eu possa encontrá-la. E independentemente da forma externa na qual ela se encontre no momento e das possibilidades de realizarmos ou não nosso amor em Ômega, possamos estar unidas, trabalhando com toda a nossa dedicação para que a luz da Era de Aquário se manifeste no planeta. Que possamos nos fortalecer mutuamente e que nosso serviço seja fonte de bênçãos para toda  a humanidade.  
Se houver alguma possibilidade de nos encontrarmos nesta vida, formarmos um par e nos unirmos pelo matrimônio, que isso aconteça. Que os carmas que, no momento, estão nos separando e impossibilitando nossa união sejam suspensos temporariamente, para que tenhamos condições de nos unirmos. Estando unidos, que possamos nos perdoar totalmente e desfazer todas as dificuldades que nos afastaram em outras vidas. Quando nossa união estiver efetivada, da minha parte aceito a descida do carma que esteve suspenso para que pudéssemos nos encontrar. É meu desejo que possamos transmutar esse carma juntos, com renovado esforço e grande compreensão. Isso eu desejo para que possamos ter a oportunidade de, em vida, nos unirmos para um serviço maior, nestes tempos em que a união das Chamas Gêmeas pode realmente fazer toda a diferença para a vitória do nosso planeta. Que nossa união possa gerar quantidades imensas de luz para iluminar a Terra e a humanidade. 
Se minha Chama Gêmea estiver ascensa, peço que eu seja elevado(a) até onde ela se encontra. Que eu possa acelerar minha evolução, transmutar com velocidade ainda maior meus carmas e cumprir com fidelidade meu plano divino, para que rapidamente, possa me unir completamente a ela. Minha Chama Gêmea ascensa receba minha admiração, meu respeito e minha reverência. Peço que sua mão toque a minha agora e que esse impulso de luz que vem do seu ser me arranque definitivamente da situação inferior em que estou no momento,  e me eleve com grande ímpeto. 
Se minha Chama Gêmea estiver no plano etéreo, aguardando uma próxima vinda ao plano físico, que ela seja assistida pela Grande Fraternidade Branca e receba neste momento minha mensagem de amor e reconhecimento da sua presença e meus votos de que em breve possamos estar novamente juntas, realizando nosso amor. 
Se minha Chama Gêmea estiver em difícil situação no plano astral, peço insistentemente a Astrea que lhe conceda a assistência contínua até que ela se liberte da condição na qual se encontra. Que receba agora minha bênção e que essa bênção toque o seu íntimo, de forma que se lembre do nosso laço sagrado e se erga da situação em que se encontra para vir ao meu encontro, interna ou externamente.  
Peço pelas Chamas Gêmeas em toda a Terra. Seja dado um impulso de grande intensidade a fim de que as almas que se completam encontrem-se, tanto nos planos sutis quanto no plano material. Que se reconheçam e façam desse encontro o início de uma missão ainda maior. Que as polaridades yin-yang das Chamas Gêmeas em evolução no plano físico se atraiam fortemente neste momento; os anjos do amor coloquem em contato suas almas e suas vidas, promovam o reconhecimento mútuo, abram seus olhos para que saibam quem são, fortaleçam o desejo de estarem juntas, façam nascer nos seus corações o perdão, profundo e total e o entendimento da sua missão.
Invoco a Luz do Espírito Santo e a Chama Violeta para consumir todo carma negativo que tenha limitado a plena expressão da identidade divina e do cumprimento do Plano Divino das Chamas Gêmeas em evolução no nosso planeta.  
O amor das Chamas Gêmeas seja manifestado em Alfa e Ômega, para que Deus, Pai e Mãe, seja glorificado. A bênção da Grande Fraternidade Branca, a bênção dos Mestres do Amor, o amor do Pai, do Filho, do Espírito Santo e da Mãe, sejam derramados sobre os cálices das almas que se completam, para que a unidade na qual foram criadas seja resgatada.  Essa unidade possa gerar a força necessária para que a Era de Aquário seja manifestada com maior rapidez e plenitude na Terra.
Assim seja. 

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

TRANSMIGRAÇÃO DAS ALMAS (TROCA DE ESSÊNCIAS)

TRANSMIGRAÇÃO DAS ALMAS (TROCA DE ESSÊNCIAS)
(metempsicose (do grego meta, que significa mudança)

Artigo do blog: A VERDADE NO MUNDO





Troca de essências é o nome dado ao processo através do qual um ser (de posse de um corpo físico ou não) troca com outra entidade espiritual obrigatoriamente associada a um corpo físico, e já atuante na vida física , troca de corpo físico ou passa a habitá-lo. Portanto, o ser inicialmente atuante deixa o corpo físico para o o outro ser, que passa a atuar a partir de então.

Esses serem são também chamados de entrantes ou Walquins, e não possuem respeito a ordem e a hierarquia universal, que ,utilizando de ritos, voltam ao mundo físico em corpo mais jovem e saudável, pulando as fases de nascimento e infância sem falar do fato de roubarem o direito do outro ser (quando não há o consentimento) de passar pelos "processos da vida".

Pode parecer confuso ou inverossímil tal processo, mas ele é aceito em Lojas da Ordem da Centúria Dourada, a mesma ordem da Sociedade Thule dos nazistas.

Segue na íntegra, um fragmento do texto do blog revista conspiração:

"Diferente dos processos utilizados pelos tibetanos, que aparentemente realizam essa prática com a autorização do outro ser, quem faz essa "troca" sem o consentimento, precisa fazê-lo quando a mente da vítima esteja inconsciente para que essa não consiga interferir no processo.

E falando no Tibete...

Metempsicose – Os orientais chamam esse processo de metempsicose (do grego meta, que significa mudança, e psyke, alma) acreditando que ocorre a troca de espírito geralmente em corpos adulto, desde que sob o conhecimento e consentimento de quem esta de posse do mesmo, em nível subconsciência. Este seria um processo semelhante ao que aconteceu com o hipotético tibetano Lobsang Rampa, um inglês que de um dia para o outro mudou completamente de comportamento. E ainda assim existem dois tipos de processos. Um é aquele que o espírito ou inteligência pretendente ao corpo esta desencarnado, o que torna o processo mais fácil ( relatado no livro citado no início), já o outro acontece quando os dois estão encarnados, mas um já tem o corpo velho e desgastado e não pode morrer naturalmente para não cair na "malha cármica". Nesse caso, é analisada toda a "programação cármica" da sua vida, quando são observados vários fatores, tais como idade, família, carmas pendentes, saúde, conduta e vícios e, principalmente sua integridade celular(não pode ser transplantado). Desde que concorde ou não esse individuo e preparado em nível subconsciente e, estando pronto, será arranjada uma forma de perder a consciência durante alguns minutos para que seja feita a troca. Todo esse processo seria impossível sem a ajuda de outras inteligências, tanto no plano astral quanto no físico.

Antes disso, o corpo que será abandonado tem também que estar em perfeito equilíbrio, não podendo ter sofrido nenhum tipo de enxerto celular durante a vida. Deve também ser levado para algum local isolado e assistido por quem conhece o processo que, uma vez concluído, encerra toda a atividade celular cessada e seus fluidos etéreos são esvaídos. Ai então o corpo físico deve ser consumido integralmente pela natureza. Não nos resta qualquer dúvida de que muitos destes seres ou inteligências que tomam corpos humanos sejam entidades espirituais caídas ou extraterrestres que necessitando manifestar-se para quaisquer missões em nosso planeta ou plano físico espiritual, procuram “veículos” para tal tarefa – no caso o corpo humano. E para isso necessitam de pessoas influentes em nossa sociedade para poderem se utilizar de instalações hospitalares, além de recrutarem muitas vezes membros da própria Ordem da Centúria Dourada para ocuparem seus corpos com ou sem o consentimento dos mesmos, valendo-se de sua tecnologia para burlar a malha cármica.

O termo entrante, é o nome usado para determinar seres de origem espiritual, que não utilizam os meios Divinos (Lei Cósmica), para se estabelecerem e utilizarem um corpo de origem física encarnado em nosso meio. (transmigração)


Para entendermos melhor o aqui exposto, é fundamental que compreendas, que os seres espirituais encarnados e desencarnados deste planeta que ainda estão expostos a Lei do Esquecimento, estão bem no meio de uma batalha espiritual que dura a alguns milhares de anos tempo Terra. Esta batalha é travada por seres de Luz, muito desenvolvidos e avançados, de um lado os que defendem a Lei Cósmica ou a Lei de Deus, de outro lado os seres que defendem o Individualismo, a não necessidade de se suprir diretamente da energia da Célula Mater e por conseqüência a não volta da Unidade ao Todo.


A MAÇONARIA DA CENTÚRIA DOURADA






Como exemplo, mais recente do uso de entrantes por grupo organizados, temos, a Loja Maçônica da Centúria Dourada, a FOCG, loja ocultista de práticas mágicas negativas (magia negra), são 99 membros, onde o de número 100 é um demônio, produzido na forma de egregora. Existem, atualmente espalhadas pelo mundo, 99 destas lojas, onde encontramos ligações estreita com a organização dos Illuminati, no dia 23 de junho, em intervalos de cinco anos, um dos membros é escolhido através de sorteio, para abandonar seu corpo físico em prol de um entrante, ou simplesmente, é eliminado, da vida física, através do uso de técnicas mágicas ocultistas, sendo seu lugar ocupado imediatamente por iniciados da ordem, que estavam a espera de uma vaga.


A ORDEM NEGRA


As SS, denominadas também "A Ordem Negra", não eram de forma alguma um regimento da polícia, mas uma verdadeira ordem religiosa com uma estrutura hierárquica. Quem poderia pois pensar que esse brutal partido nazista era uma ordem sagrada? Tal afirmação pode parecer ridícula, fora de época, mas essa não é a primeira vez na história que uma ordem sagrada é responsável por atos de atrocidades sem nome. Os jesuítas e também os dominicanos que dirigiam a Inquisição na Idade Média, são exemplos gritantes. A Ordem Negra era a manifestação concreta das concepções esotéricas e ocultas da Sociedade Thule. No interior das SS se encontrava outra sociedade secreta, a elite, o círculo o mais íntimo das SS, a SS "Sol Negro". Nosso sol giraria em volta do sol negro, quer dizer, de um grande sol central, o sol primordial, que é representado pela cruz com os braços isósceles. Essa cruz foi desenhada sobre os aviões e os carros do terceiro Reich. Os templários, os rosa-cruzes e muitas outras antigas lojas a empregavam ainda nessa mesma ótica [79].

A Sociedade Thule e aqueles que iriam tornar-se, mais tarde, os SS "Sol Negro" trabalharam em estreita colaboração não somente com a colônia tibetana em Berlim, mas também com uma ordem de magia negra tibetana. Hitler estava em contato permanente com um monge tibetano com luvas verdes que era designado como o "guardião da chave" e que teria sabido onde se encontrava a entrada de Agarthi (a Ariana) [80].

Em 25 de abril de 1945, Os russos descobriram os cadáveres de seis tibetanos dispostos em círculo num subterrâneo berlinense, e no centro se encontrava aquele homem das luvas verdes. Diz-se que foi um suicídio coletivo. Em 2 de maio de 1945, após a entrada dos russos em Berlim, encontraram mais de 1.000 homens mortos que eram, sem a menor dúvida, originários das regiões do Himalaia e haviam combatido com os alemães. Que diabo faziam pois os tibetanos afastados, milhares de quilômetros de sua terra, com uniformes alemães? [81]









Numerosos jovens foram formados pelo "Sol Negro" durante o terceiro Reich; eles eram consagrados no castelo forte de Wewelsburg e enviados ao Tibet para lá continuar a sobreviver e preparar-se para afrontar o grande combate final deste fim de século.

Pelos relatos de Franz Bardon, Adolf Hitler era também membro de uma loja FOGC (ordem franco-maçônica da centúria de ouro), conhecida, de fato, como a 99.ª loja. No que concerne às 99.ª lojas, existem noventa e nove lojas disseminadas pelo mundo e cada uma é composta de 99 membros. Cada loja está sob a dominação de um demônio, e cada membro tem um próprio "demônio" só para ele. O demônio ajuda a pessoa a adquirir dinheiro e poder, mas, em troca, a alma dessa pessoa é obrigada a servir esse demônio após sua morte. E também, cada ano, um membro é sacrificado ao demônio da loja, em virtude do que um novo membro é admitido. Os membros das 99.ª lojas são também dirigentes muito influentes na economia e nas finanças e estão mais presentes hoje do que nunca. As lojas FOGC, quer dizer, as 99.ª lojas, são, pelo meu conhecimento, o pior dos perigos; ao lado delas, o satanismo ao qual se refere a "igreja de Satã" de Anton La Vey, de quem se fala na mídia, é bem inofensivo!

Franz Bardon confirmou que Hitler e a ordem Thule foram um Instrumento entre as mãos de um grupo de magos negros tibetanos. (E ISSO É FATO)

Somente aquele que sabe isso está apto para compreender a frase de Hitler na ocasião de seu discurso em 30 de janeiro de 1945: “Não é a "Ásia Central" que sairá vitoriosa dessa guerra, mas a Europa e, à frente desta, a nação que, já há 1.500 anos, se revelou como o poder predominante capaz de representar a Europa contra o Oriente e que a representará também no futuro: falo do nosso grande Reich alemão, a nação alemã!”. (Discurso e proclamação de Hitler de 1932 a 1945 s- de Max Domarus).


Em que Hitler se tornou, suscitou muitos mitos. Segundo os dizeres de Franz Bardon e Miguel Serranos (ex-embaixador chileno na Áustria), Hitler fugiu para a América do Sul com o auxílio da 99.ª loja. Até dizem que o cadáver encontrado e cuja dentadura foi identificada como sendo falsa pelo dentista de Hitler teria sido colocada lá pela 99.ª loja. Um jornal alemão de grande tiragem publicou em 5 de março de 1979 que foi encontrado o avião particular de Hitler na selva da América do Sul. Joseph Griner, autor de Das Ende des Hitler-Mythos (O fim do mito Hitler), afirma que Hitler decolou com seu avião em 30 de abril de 1945 do aeroporto de Tempelhof em Berlim.


Entendemos como sendo extraterrestres negativos os que são inimigos da estrutura hierárquica divina do universo, e conseqüentemente da humanidade, por ser esta um projeto daquilo que chamamos de “Mente Criadora”. Tais civilizações parecem ser orientadas ou até controladas pelas entidades que participam do processo conhecido como a “Grande Rebelião” , descrito na Bíblia e em outras escrituras sagradas. Essa rebelião ocorreu a milhares de anos, provocada por entidades espirituais que pretenderam ser independentes e ter suas próprias criações físicas, e se tornaram seres sem a imagem divina. Segundo estudiosos, eles atuam como um braço físico dos ditos anjos caídos, que voltaram-se contra Deus e provocaram uma grande guerra – um conflito entre o bem e o mal, ou entre o conhecimento de Deus e a ignorância dos rebeldes a seu projeto. Essa visão da realidade cósmica que apresentamos certamente parecera filosoficamente ingênua ou simplória para alguns, mas é bom nos perguntarmos até onde o próprio desenvolvimento de nossa mentalidade foi influenciado por entidades espirituais caídas, justamente para que nos ocultassem a verdade e fazerem-na parecer absurda.


Experimentação Genética – Assim, os extraterrestres são aqueles que atuam contra o desenvolvimento da humanidade, e como parte da guerra dos anjos caídos contra a hierarquia divina, sabotando o projeto de criação e desenvolvimento espiritual do qual fazemos parte, causando inclusive a queda do homem, descrita simbolicamente na Bíblia. Os negativos são aqueles que, justamente por serem criações espiritualmente imperfeitas, buscam restaurar capacidades físicas e psíquicas através da experimentação genética com outras espécies, como a nossa. Essa parece ser a origem das abduções que atentam contra o livre arbítrio humano, constituindo verdadeiros crimes, os quais a ordenação maior do universo não permitira ficarem impunes por muito tempo.

A manipulação e a sabotagem sistemática contra a humanidade são operadas também e principalmente por uma legião de entidades espirituais caídas, conhecidas como “Arcontes” , conforme são chamadas no Pistis Sophia, um livro gnóstico escrito no inicio do Cristianismo, que transcreve os ensinamentos de Cristo aos apóstolos após a sua ressurreição. Os Arcontes seriam altamente especializados em suas atividades contra a evolução do ser humano, induzindo as pessoas ao erro, à corrupção, ao desamor, à violência, ao materialismo.


- Tudo o que possa de alguma forma desviá-los do propósito para o qual foram criadas, a evolução até a perfeição e o retorno a fonte- o Pai-, para tornaran-se criadores também. Segundo o filosofo James Hurtak, em seu O Livro do Conhecimento: As Chaves de Enoch [Academia para Ciência Futura, 1988], as constelações da Ursa Maior e Ursa Menor, onde esta Alfa Draconis ou Tubam, seriam origens já conhecidas de seres negativos. A associação simbólica do dragão com um grande poder desprovido de compaixão não é uma coincidência, a verdade extraída através do inconsciente coletivo, trazendo a tona informações milenares. Na grande pirâmide de Quéops, no Egito, os dois estreitos corredores ascendentes a partir da câmara do Rei apontam para dois pontos: a do sul para Órion, que seria o local da origem espiritual da humanidade, e o do norte para Alfa Draconis, a Estrela Polar como estava visível naquela época. Isto representaria os dois caminhos antagônicos que a alma poderia seguir, um para a luz, o outro para as trevas. Não é a toa que povos tão diversos ao redor do mundo têm, em sua mitologia, a noção de que somos originários de Órion.


trecho extraído da Revista Ufo Especial 45, matéria do Ufologo paulista Carlos Alberto Milan.

trecho do livro As Sociedades Secretas e seu Poder no Século XX. Jan Van Helsig

Texto lido no Blog Revista conspiração


Bom, como prometido há algum tempo, eis um trecho do livro Mistério e Magias do Tibete, no texto Ritos de um enterro no país das neves, livro que narra a experiência vista e vivida por Chiang Sing.


Esse rito foi executado pelos Chapeús amarelos (a facção do "bem"):



 

 O lama Sithar morreu de repente, ele era um dos budas vivos de Gyangtse.


Como tradição, os tibetanos sabem que a morte é apenas uma ilusão.


Chiang Sing, após todas as tradições do que podemos chamar de velório, vai ao mosteiro onde o lama vivia pois um rito secreto ia ser cumprido. Vários lamas estavam em volta do defunto receitando preces e junto a eles se encontrava um menino amedrontado, de família pobre de Gyangtse, que já havia sido indicado pelo próprio lama antes de sua morte.


"Uma procissão de lamas avançou lentamente em direção ao esquife. Cuidadosamente, eles desamarraram os braços do morto e em seguida, colocaram o menino sentado sobre os joelhos do falecido, e tornaram a amarrar os braços. Um véu de gaze branca cobriu os dois. Bruscamente, cessaram os tambores, sinos e gongos. A voz grave de um lama pronunciava palavras ritualísticas. Em seguida, cuidadosamente, desamarraram novamente os braços do morto. Súbito, um grito agudo fere o ar. Os lamas correm junto do morto. Então o menino fica em pé, sobre os joelhos do morto, e começa a falar com voz de homem em uma atitude absolutamente autoritária ele diz:


__Sou eu, o lama Sithar! Desci de onde estive repousado e vim habitar novamente entre vós. Meus amados discipulos, neste novo corpo continuarei minha missão na Terra até terminá-la.


....


Achei tudo muito estranho e não entendi o seu significado oculto. Mas Kasi falou que transmigrações de almas são muito comuns do Tibete. Escolhem um pessoa que tenha carma curto, isto é, uma vida curta na terra. Um tsispa, ou astrólogo, levanta o horóscopo dessa pessoa e descobre coisas ocultas, inclusive o dia em que deve morrer. Então, na época certa, levam o escolhido junto ao Buda que vai ressuscitar e ele troca sua alma com a alma da pessoa. Aquele que cedeu seu corpo recebe o mérito de viver entre os puros de espírito."


O que posso dizer de tudo isso é que não há atalhos para a evolução. Somente o criador sabe o momento certo para cada um de nós. E que por mais que se atrasar a nossa evolução, uma hora, o criador nos despertará.






Além disso, por mais que essas seitas e fraternidades corrompidas apelem, e usem o conhecimento somente a seu favor, há certas leis universais que eles nunca conseguirão burlar.


E, melhor do que eu, eles sabem que o tempo deles está acabando, a humanidade está despertando, pois o criador em nós está agindo e contra Ele, nada podem.


Um grande abraço a todos.


Salu

do site: http://averdadenomundo.blogspot.com.br/2013/03/a-transmigracao-de-almas.html

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

A Unificação de Chamas Gêmeas ou Complementos Divinos


                Sua contraparte complementar está em algum lugar e você só a encontrará quando estiver calmo e manso de coração. Muitos desejam re-estabelecer-se por completo a fim de avançarem em espiritualidade, crescendo em todas as qualidades que só se fazem perceber naqueles que já diluíram tudo o que os comprometia perante as Leis de Perfeição que desenham aos mundos que estão acima dos seus, mais qualificados e muito mais coerentes com o que se pode esperar de qualquer transição para melhor. São inúmeras as almas que já sentem o impulso de se voltar para o que, partindo das Esferas Ascensionadas lhes atingem às percepções, porém, ainda são restritas aquelas que de fato têm merecimento para reaverem seus estados mais plenos de saúde espiritual.
                Sua contraparte complementar está onde ela deve estar, e muitos são os que questionam quando haverão de encontra-la, mas poucos são os que entendem o que ela representa nas suas vidas. Gostaria de poder esclarecê-los melhor sobre isso, mas acredito que ainda faltem os elementos sutis que se fazem indispensáveis para que realizem o significado deste conceito, que é bastante prático e relevante para que possam se aperfeiçoar. Todos os seres que se ocupam, em corpos humanos, nas esferas da vida material estão constante e ininterruptamente estabelecendo interações e co-criando relações. Muitas de tais relações se intensificam ao longo de intervalos bastante significativos dentro de suas histórias espirituais, de modo que elas continuam existindo com parte de suas realidades existenciais.
                Algumas de tais relações, no entanto, se desenvolveram de acordo com as circunstâncias que precisaram experimentar, segundo as necessidades recíprocas que juntos traçaram. Outras, porém, são muito mais essenciais, porque lhes compõem à alma, como parte de vocês mesmos e do que suas histórias representam para as cadeias de mundo em que estão. Quando foram preparados para assumir alguma peculiaridade da Grande Obra, com a qual, mesmo sem perceberem, porque lhes pertence espontaneamente, estão se ocupando, uma parte de vocês se fez completa como constituinte da parte de outro alguém. Desta forma, contrapartes complementares se fizeram, de modo a comporem juntas à uma parcela do que agora se lhes apresenta como a realidade que lhes orienta, exatamente porque se compõem das orientações que lhes são fornecidas a partir da Totalidade à qual se encontram obrigatoriamente atrelados.
                Muitos chamam as contrapartes complementares de Almas ou Chamas Gêmeas, mas penso que o termo mais condizente com o significado prático destes dois aspectos da realidade que se contém e se complementam seja o que se convencionou chamar Complementos Divinos. São eles dois seres que juntos têm um traçado da existência a desenhar e, por esse motivo, suas vidas espirituais são plenamente interativas. O que um faz tem reflexo sobre o que o outro sentirá, mesmo que entre ambos ainda não haja reconhecimento de seu estado complementar. A história de um terá obrigatoriamente influência sobre a história do outro, pois ambos estarão se co-criando e ao que precisam realizar. Desta forma, entre tais contrapartes complementares costuma ter muita intimidade e profundo amor, de modo que elas nunca desejarão se separar, e mesmo que alguma delas se distancie da outra, tal distanciamento é apenas aparente, porque os campos existenciais de ambas formam uma unidade tanto estrutural quanto funcional, e esta unidade as conduz sempre para perto uma da outra, em qualquer momento que isso se faça necessário.
                Acontece que entre as pessoas que ainda cultivam às teias cármicas, típicas da vida nos mundos materiais, esta realidade das Chamas Gêmeas complementares ainda é pouco compreendida, mesmo porque as contrapartes em geral estão por demais desorientadas e não conseguem se reaproximar. Eventualmente elas até mesmo se encontram em uma ou mais vidas, enquanto ainda estão condicionadas às leis da existência material, porém, nem sempre estão em condições de se reconhecer. Podem inclusive sentir-se impulsionadas a se aproximarem mutuamente, percebendo haver alto grau de afinidade entre elas, mas, as teias cármicas podem ser ainda muito acentuadas para que seus campos vibratórios unificados se façam.
                Deverá chegar o momento, no entanto, em que elas já se encontrem preparadas para que haja o re-encontro e ele será duradouro, porque lhes pertence eternamente. Em alguns casos, isso só acontece após a mais completa depuração ou ao menos após a aquisição de um quociente elevado de perfeição de ambas as contrapartes. Porém, pode acontecer de uma delas, que está em estado mais avançado da consciência, reconheça a outra, a qual ainda não se elevou o suficiente para que haja a integração complementar que as faz unificadas. Nestes casos, a que está em condições de prestar assistência à outra, assim o fará, até o ponto em que ambas possam se identificar mutuamente como notas ou frequências que se completam na Grande Sinfonia da existência. Quando isso acontece, a experiência de existir de ambas as contrapartes se faz mais precisa e muito mais esclarecedora.
                Elas não se perderão mais de vista e, mesmo em momentos em que cada qual esteja ocupada com suas próprias articulações, espontaneamente a unificação dos dois campos magnéticos, formando um único campo, as manterá em íntima associação. Quanto maior for a Sabedoria angariada por uma delas, maior será a Sabedoria que a outra também obterá, pois, na verdade, tudo o que elas estiverem fazendo estará sendo feito em uníssono de intenções por ambas. Nenhum tipo de cobrança imperfeita se fará notar entre as duas contrapartes, e somente amor e perdão (quando se faça necessário perdoar, o que em geral não é o caso em se tratando de almas ascensionadas) se manifestarão continua e permanentemente entre estes Complementos Divinos. Elas avançarão ainda mais na Consciência Superior na medida em que juntas se estabeleçam em sintonia com o que as faz estar conscientes de quem são na abrangência que as contém dentro da Obra Maior que a tudo faz existir e que a tudo sustenta, inclusive a ambas e às suas co-criativas realidades.
                Espero que estejam avançando nas suas incursões em direção à Superior Razão, de modo que haverão de adquirir aos poucos o direito de re-encontrarem-se a si mesmos, dentro da Lógica Maior que os faz existir. Quando se encontrarem, realizarão o que lhes faz perceberem-se como Seres de Luz que estão voltando para a Fonte que lhes originou. Tal redescoberta se fará presença em um oportuno momento para suas compreensões, a partir do qual tenderão a alargar ainda mais seus horizontes, adquirindo crescente volume de Conhecimento e aprendendo a praticar aquilo que conhecerem. Daí sim estarão se tornando propensos a re-estabelecerem seus laços espirituais mais profundos e sagrados, como os que os atrelam às suas contrapartes complementares. Irão se refazer quando for chegado o momento deste re-encontro, e eu sinceramente rogo a Deus, o Supremo Senhor, que ele esteja próximo para muitos dentre os seres que agora habitam a esfera terrena, pois isso aumentará à Luz que, por sua vez, se fará mais disponível para iluminar outros a também se re-encontrarem, estabilizando a vida deste princípio da Nova Era, quando muitas Chamas Gêmeas se reunificarão.

                                               Saint Germain (11/07/2013)



Conteúdo obtido por sintonização através de Valéria Moraes Ornellas, Sacerdotisa da Ordem de Zadkiel e co-fundadora da Editora Sétimo Raio, Rio de Janeiro – RJ, e originalmente publicado em http://missaodesaintgermain.blogspot.com.br. Se desejar divulgar este texto, favor citar devidamente a autoria e a fonte original da publicação.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

O Momento é Agora!


Quadro com minha Essência Extradimensional pintado por Rosa Teubl

No caminho da ascensão, há muitas etapas que podem ser puladas, não existe um caminho reto, e todos estão certos. Quem chega a mim, tenha certeza de que está preparado, pois foi guiado pela minha frequência energética, pela minha vibração e de alguma forma posso auxiliar... sim, acelero processos de despertar e se seu processo se acelerou após me conhecer, fique tranquilo, tem em mim muito mais que uma terapeuta, tens em mim uma pessoa que vai lhe ajudar no que for preciso para se expandir cada vez mais e descobrir que você pode sim ser senhor de si mesmo e desde já ajudar quem também está neste caminho. Não dou muletas para se apoiar, faço você caminhar sozinho e sem medo. E estamos num momento planetário em que não dá mais para seguir a ascensão em gotas homeopáticas, o momento é agora!!!
Meu mentor espiritual pintado por Alexandre Domingos
Meu objetivo não é prender informações, pelo contrário! Há 10 anos através dos blogs e grupos, cursos e atendimentos venho trazendo informações às pessoas! Algumas após entrar em contato com estas informações desnorteiam! Claro, as informações que coloco em pauta quebram paradigmas, mexem com crenças, contudo ascender espiritualmente é justamente isso, um processo de destruição de velhas crenças, de conceitos obsoletos e se você não está aberto a isso, demorará mais para encontrar seu caminho de vida e prolongará ainda mais situações que lhe prendem na dualidade desta existência.

Já fui taxada muito e ainda sou, pela minha maneira imperativa de falar, de me comunicar e de ser transparente e simples! Ninguém que está trazendo as informações que trago tem uma missão fácil, mesmo assim prossigo! Meu caminho é este! Já me escondi, muito! Mas sempre fui guiada ao mundo! Já trilhei e ainda trilho alguns caminhos decepcionantes e tortuosos...minha vida não é um mar de rosas...quem me dera rsrs, contudo permaneço firme! Obrigada a cada pessoa que o universo coloca em meu caminho, seja nos atendimentos, cursos, ou como amigo... Gratidão, sempre! Sou mãe e aprendo cada dia com meu filho! Esta sim é minha lição mais preciosa! Amor profundo por este ser que veio de dentro de mim e que estou mostrando cada dia um pouco deste mundo incrível e cheio de contradições, mas também cheio de magia e encantamento.!

Quadro da minha Essência Estelar pintado por Rosa Teubl (alta resolução)



Ah... Deixo aqui com vocês, a imagem com Minha Essência trazida pelas mãos de Rosa Teubl! Rosa sentiu uma energia muito amorosa ao pintar o quadro, e disse que a minha essência ficou sorrindo o tempo todo. Rosa ainda disse que venho de um Universo por ela até então desconhecido fora deste sistema que conhecemos. Rosa sentiu também muito a energia amarela dourada, e muito o violeta também. Chegamos a conversar por telefone e ambas ficamos emocionadas com a energia que se fez presente, foi mágico! Pertenço a Chama Rosa - Raio do Amor Divino! Gratidão a todos, Sempre!
Olhe alguns minutos para a imagem... sinta, as respostas vem por si só! Gratidão, gratidão ao Universo! Sempre!

Gisele Santos da Silva.