sexta-feira, 19 de setembro de 2014

CINTURÃO DE FÓTONS - "MUDANÇAS NAS PESSOAS"




O Cinturão de Fótons acarretará um bombardeamento de raios gama no átomo, alterando elétrons e prótons, transformando-os em um só, que a Ciência chama de prósiton. Esse bombardeamento é que altera toda a estrutura atômica. O fóton, numa interação com o nosso átomo, vão provocar sua modificação, fazendo com que sua estrutura fique semelhante à desses Fótons. Nosso elétron tem uma carga mais baixa que a do prósiton.

Com o bombardeamento, esse choque, essa interação de antimatéria com o nosso elétron, provocará uma mudança repentina de negativo para positivo. Muda a polaridade, mas a carga continuará a mesma. Só potencializa, dobra a potência, porém, a diferença entre prótons e elétrons continuará a mesma. Essa transição faz com que nossas ondas cerebrais funcionem de uma só maneira, uniforme. Essa alteração provocará uma ampliação da nossa aura, do nosso campo energético: isso é a potencialização.

A interação do Cinturão de Fótons acontecerá também no nosso metabolismo, assim como nos campos energético e físico, causando uma mudança geral. Provocando uma aceleração do pensamento, num ritmo mais rápido do que o metabolismo, e o corpo que não conseguir acompanhar, ficarão sem sincronia.

Deveremos transformar nossos corpos físicos em menos matéria, menos densidade e mais energia. Nossos corpos devem ser rearranjados e realinhados. Um realinhamento de nossos chakras (de 7 para 12); um aumento das hélices de DNA (das atuais 2 para 12); um equilíbrio das energias femininas e masculinas – uma aceleração de nossos átomos de acordo com o grau de luz e de consciência.

Além disso, a glândula pineal, agora do tamanho aproximado de uma ervilha, voltará a seu tamanho original que seria o de uma moeda de 25 centavos, aproximadamente. O bombardeamento dos fótons alterará toda a estrutura atômica, numa interação com o nosso átomo, irá provocar sua modificação, fazendo com que sua estrutura fique semelhante à desses Fótons.

Pensamos em várias coisas ao mesmo tempo, mas não conseguimos realizá-las, o ritmo do corpo é mais lento. Para se corrigir isto é importante fazermos alguns exercícios. Só o fato de exercitarmos a mente, já ajuda a alterar o metabolismo, reforçando a imunização contra doenças; e a vibração de cada um irá alterar o campo energético dos que estão à sua volta também (família, amigos), pois essa vibração irá despertá-los, preparando-os para a interação com o Cinturão de Fótons.

Como nossas células têm elétrons e prótons (carga negativa e positiva). A carga negativa sofrerá um choque com a carga fortemente positiva do Cinturão de Fótons, que atua diretamente no metabolismo de qualquer ser vivo. Como conseqüência, haverá um aumento significativo em casos de ataques cardíacos fulminantes, doenças do coração em geral, hemorragias, tumores cancerosos que se desenvolvem rapidamente e matam em questão de meses, morte súbita de causa desconhecida e outros casos de igual gravidade.

Se prestarem atenção, conversarem com pessoas ligadas à área médica, desde que o Cinturão de Fótons se aproximou mais do Sistema Solar e a sua energia começou a interagir no Planeta, casos de mortes repentinas, de câncer e de doenças do coração aumentaram consideravelmente. Para passar pelo Cinturão de Fótons e livrar-se dos efeitos dos raios gama, a pessoa tem de estar com a freqüência cerebral acelerada, com mais de 17 ciclos por segundo.

Para que tenhamos vibrações adequadas, energia apropriada. No GNA a carga positiva é mais forte, assim, pessoas que possuem GNA ativo, estão com a freqüência acima de Beta, vibram no Mental Superior ou acima, livre das conseqüências do Cinturão de Fótons. A pessoa que atua acima de 17 ciclos por segundo irá conseguir tirar resultados favoráveis dessa energia, porque irá também transmutar para positivo essa carga positiva; a que atua a menos de 17 ciclos, pode sofrer os efeitos negativos dos raios gama.




Fonte: http://www.projetovega-ufo.com.br