domingo, 4 de agosto de 2013

Tarô Egípcio



Em egípcio antigo, TARÔ significa TAR = estrada e RO = nobreza, realeza, sabedoria. As origens do Tarô são incertas e existem uma infinidade de hipóteses. O certo é que o jogo se difundiu na Europa através dos ciganos. A tradição esotérica assegura que estas cartas datam do tempo do Egito Antigo e que elas expressam conceitos da Ciência Hermética, importantes nos rituais de iniciação de Osíris. Um antigo manuscrito revela o ritual de iniciação de um sacerdote egípcio que desejava ser doutrinado nos mistérios de Osíris: "O neófito é vendado e levado até a Grande Esfinge de Giza. Ele atravessa uma porta secreta, situada entre as patas da Esfinge, e entra num labirinto subterrâneo que conduz ao Templo Secreto de Osíris. Nestas passagens, ele tem que suportar testes que visam determinar sua intuição, inteligência e força moral. Se sobreviver, o neófito emergirá em uma longa galeria adornada com 22 afrescos simbólicos. Lá o Magi cumprimentará o neófito e o instruirá sobre o significado dos afrescos. Se o noviço revelar estes segredos, sua pena será a morte." Estes 22 afrescos são os arcanos maiores do Tarô, livro sagrado egípcio que, hermeticamente, mantém seus segredos guardados até hoje. Dentro da mitologia egípcia, conta-se que o deus da sabedoria (Thoth) resolveu dividir seus conhecimentos com os humanos e escolheu o Egito como sua morada. Acompanhado de seus discípulos, ele colocou toda sua sabedoria divina em um livro feito de ouro que continha 78 imagens, assim divididas: 22 arcanos maiores e 56 arcanos menores. Este livro foi chamado de TARÔ. Para que estes segredos não fossem usados de forma errada, Thoth lançou o Tarô no Rio Nilo, ficando perdido por séculos. Segundo crenças esotéricas, este livro foi encontrado pelos Hebreus que criaram, a partir dele, a CABALA.







Íbis
O Tarô é a chave para todos os nossos mistérios e dúvidas, atuando sempre num nível inconsciente. Devido ao seu simbolismo, nem sempre suas respostas são prontamente entendidas. Medite sobre as respostas que o Tarô lhe dá. Você compreenderá a mensagem na proporção direta de sua evolução. Somente os merecedores terão acesso aos segredos de Thoth. O destino pessoal não é inevitável e tão pouco as cartas do Tarô servem para predizer o futuro. Elas mostram como o seu futuro, uma situação, um problema, etc., se desenvolverá se você continuar agindo como vem fazendo. O Tarô é uma indicação de caminho e um sábio conselheiro que, se seguido, poderá modificar o transcorrer dos acontecimentos.

O Louco - Arcano 0
O Louco, ou o Bobo é imprevisível e cheio de surpresas. Ele nos faz lembrar do potencial ilimitado de espontaneidade inerente a nós em todos os momentos. O Louco traz o inesperado e o pouco conhecido a uma situação. Ele também representa a fé completa de que a vida é boa e merecedora de confiança. Alguns poderiam chamar o Louco de inocente, mas a sua inocência sustenta-o e o faz feliz. O arcano 0 pode sinalizar um novo começo ou uma mudança de direção - que o guiará para um caminho de aventuras e de crescimento pessoal. Ele também lembra que precisamos manter a fé e confiar em nossa intuição. Se você estiver enfrentando uma decisão ou momento de dúvida, o Louco lhe diz para acreditar em seu potencial e seguir seu coração, não importando quão louco ou tolo seus impulsos possam parecer.

O Mago - Arcano I
Este arcano simboliza o domínio humano tanto no espírito quanto na matéria. Sou o que sou. A lâmina dá indicações sobre o futuro. O Mago é o mestre da realidade e senhor de seu destino. O Mágico é o arquétipo do princípio ativo masculino. O que faz o Mágico tão poderoso? Primeiro, ele não tem nenhum medo de agir; ele acredita em si e está disposto a lutar por suas convicções. Esta carta é um sinal para a ação, desde que você saiba o que deseja.

A Sacerdotisa - Arcano II

Sentada entre duas colunas que simbolizam as forças positivas e negativas, ela é a eterna deusa do mundo remoto. Ela aceita seu destino com compreensão e sabedoria, bem como, possibilita a ligação entre o consciente e o inconsciente. Está vestida com uma túnica longa e bela, da cor do Céu e segura sobre o colo um livro, símbolo de toda a sua sabedoria. Logo, a Sacerdotisa é a protetora do conhecimento eterno. É capaz de transmitir mensagens ou revelações em silêncio, sem abrir os lábios. A Sacerdotisa lhe desafia a se aprofundar mais - olhar além o óbvio e da superficialidade. Ela também lhe pede para recordar o imenso potencial que possui dentro de si.

A Rainha - Arcano III
Sentada em seu trono, ostenta uma coroa com gemas estreladas, seu rosto expressa austeridade e, às vezes, parece que exprime dor, porém cheia de felicidade, como acontece com a mulher que está dando à luz. Na mão empunha o cetro do poder e da glória. A Rainha é determinação e firmeza. A geração, o princípio da vida cósmica e telúrica. Energia presente na alma e no corpo da humanidade. A águia estampada em seu escudo representa a força do espírito e do conhecimento intuitivo. Tem ambição porque não aceita as privações nem o que é parco ou exíguo. A pobreza é vista como uma doença.

O Faraó - Arcano IV
Um homem poderoso e magnífico, sentado num trono, sustentando na mão direita a cruz ansata egípcia, a cruz da vida e dos faraós. É aquele que triunfou sobre as limitações físicas empregando inteligentemente os seus próprios recursos. O Faraó representa a estrutura, a ordem e o regulamento - forças necessárias para equilibrar a abundância pródiga da Rainha. Em situações caóticas, este arcano pode indicar a necessidade de organização.

O Sacerdote - Arcano V

O Sacerdote está sentado num trono onde há dois pilares às suas costas que representam a Lei e a Liberdade. As chaves simbólicas do reino de Amon-Rá estão sob seus pés e ele abençoa dois discípulos. Representa os ensinamentos hierárquicos das religiões antigas, o amor convencional e a aprovação de seus atos. Ele representa o poder espiritual aqui na terra. Convida a que se ouça a voz do Céu, a voz interior, em local silencioso e recolhido.

Os Enamorados - Arcano VI
Simboliza o Amor Universal, sob todos os aspectos. A eterna dúvida, a escolha entre o bem e o mal, bem como, a consciência de que uma escolha representa, necessariamente, um ganho e uma perda são estampados neste arcano. Esta carta mostra que não existem problemas em sua vida, mas sim, indecisões. Suas decisões são corretas na medida em que você as mantém. Os Enamorados podem representar a força atraente que reúne duas entidades em uma relação - pessoas, idéias, eventos, movimentos ou grupos. Os Enamorados podem indicar uma encruzilhada moral ou ética - um ponto de decisão onde você tem que escolher entre a estrada certa ou a errada. Este arcano também representa suas convicções pessoais, porque, para tomar uma decisão você tem que saber as suas condições presentes.

O Carro - Arcano VII
O homem dominador está dirigindo uma biga. Atrás dele há quatro colunas, que correspondem aos quatros elementos: ar, terra, água e fogo. As esfinges, dominadas pelo homem, representam as paixões e as ambições pessoais. Ao controlar seus defeitos, ele adquire o direito de escolher a estrada que quer seguir. As esfinges não correm, elas caminham, passo a passo, na mesma direção, revelando que conhecem o caminho escolhido. A carta 7, portanto, representa as vitórias que são possíveis pela força de vontade e do domínio do ego. Pode significar autocontrole ou controle do ambiente.

A Justiça - Arcano VIII
Todos nós teremos que ser pesados na balança da Justiça. No prato chamado de Luz prevalece o peso das grandes e boas obras, e no outro chamado Trevas se pesam as más ações. A Justiça Divina não possui vendas nem é cega, ao contrário da Justiça dos homens. Ela representa o equilíbrio e a lei (espada) universal. A imagem sóbria e nobre da figura da carta mostra que, apesar dos fatos, nunca escapamos da Justiça.

O Eremita - Arcano IX
O eremita carrega a lanterna contendo a luz indicadora do caminho; a chama da vida, da sabedoria. Simboliza a sabedoria conseguida através do sacrifício, solidão, prudência e moderação. Auxilia no encontro da chama interior que existe em cada um de nós. É o revelador de segredos. Ele busca respostas dentro de si e sabe que elas só virão com quietude e solidão. O Ermitão nos faz lembrar de Diógenes, o asceta grego que saiu pelo mundo com uma lanterna na mão para procurar um homem honesto. Diógenes é o símbolo da procura pela verdade que o Ermitão espera descobrir eliminando todas as futilidades da vida mundana.
A Roda da Fortuna - Arcano X
A roda da vida, que faz com que depois da chuva saia o sol e depois do verão venha o inverno. Quanto mais exterior a posição do homem nos contornos da roda, tanto mais violento é o movimento. Observa-se na roda Anúbis, o deus egípcio com cabeça de chacal e que pesa a alma dos mortos e Tífon, a criatura semelhante ao macaco, o deus da perturbação, da confusão. É a mudança, o movimento perpétuo do Universo e da própria vida. É à roda do destino e da fatalidade, que roda e roda sem parar, como as inúmeras facetas da vida com os altos e baixos, dependendo do carma de cada um. É o ciclo das reencarnações.
A Força - Arcano XI
Normalmente nós pensamos em força como sendo uma condição física; , mas também há a força interna. A força interna vem de um exercitar contínuo do coração. É perseverança, coragem, resolução e compostura - qualidade que nos ajudam a suportar os momentos difíceis. Considera-se comumente que uma pessoa com força interior tenha tido um caráter forte no passado. O arcano 11 representa esta determinação que repousa quieta em nosso ser. Nós precisamos dessa determinação para moldar as situações adversas suavemente. Enquanto o arcano 7, o Carro, domina uma situação com autoridade, a Força exerce seu poder de forma mais sutil e branda. Note como o leão (símbolo da força) está sendo guiado e domesticado pelas mãos suaves de uma mulher e não, pela força bruta de um homem. A carta 11 aparece em uma consulta de tarô quando suas qualidades são necessárias. Ela é um lembrete para lutarmos sempre e nunca deixar-nos dominar pelo desespero. Você tem a força interna para suportar e triunfar. Se você estiver passando por uma situação muito difícil, seja paciente e espere melhores momentos.

O Enforcado - Arcano XII
O Enforcado é um dos arcanos mais misteriosos do tarô. Ele simboliza a ação dos paradoxos em nossas vidas. Um paradoxo é algo que, apesar de aparentemente contraditório, é uma verdade muito importante. O Enforcado mostra para nós certas verdades, mas elas estão escondidas, ocultas de nosso consciente. O Enforcado nos lembra que a melhor solução para um problema nem sempre é a mais óbvia. "Quando você quiser forçar seu ponto de vista a alguém, saiba que este é o momento de amenizar; quando você quiser colocar o individualismo acima de tudo, saiba que esta é a hora do sacrifício; quando você achar que é hora de agir, saiba que esta é a hora de esperar”. Enfim, o Enforcado nos mostra as contradições que nem sempre "queremos ver".

A Morte - Arcano XIII
Morte! Uma energia poderosa. Aqui nos vemos face a face com o nosso maior medo. Nós recusamos a Morte porque pensamos nela como uma aniquilação e não como uma transformação necessária. A Morte não é um fim permanente, mas uma transição para um estado novo; a vida é eterna em sua essência, apesar de não o ser em sua forma. Para crescer, desenvolver e viver, nós temos que morrer. A Morte representa freqüentemente um fim importante que desencadeará o início de uma grande mudança. Sinaliza o fim de uma era; o momento em que uma porta está se fechando. Nestas ocasiões, pode haver tristeza e relutância, mas também alívio e um senso de conclusão.

A Temperança - Arcano XIV
A energia da Temperança pode aparentar uma quietude superficial, mas é a calma do olho de um furacão. Ao seu redor o vento está em um turbilhão, mas no centro, está um ponto imóvel e em equilíbrio. A Temperança pode representar uma necessidade de moderação e equilíbrio. Em situações de conflito, a Temperança sugere que se chegue a um acordo e a cooperação. Temperança é uma carta que representa uma boa saúde em todas as áreas - físico, mental e emocional. Quando uma doença ou uma dificuldade torna-se preocupante, a Temperança oferece a promessa de vitalidade e bem-estar.
O Diabo - Arcano XV
Seth, Lúcifer, Mefistófeles, Satanás ou O Príncipe de Escuridão. Não importa como o chamamos, o Diabo é o nosso símbolo para tudo que é de ruim e indesejável. De nossa perspectiva humana, nós vemos o mundo como uma luta entre a luz (bem) e a escuridão (mal). Nós queremos derrotar o ruim para que o bem possa prevalecer. Na realidade, o bem e o mal não indicam a ausência de luz simplesmente, mas sim uma dualidade causada por erros que escondem a verdade. O arcano 15 nos mostra estes erros. A ignorância é um destes erros - não sabemos a verdade e não percebemos que nós a desconhecemos. O segundo erro é o materialismo - a convicção de que nada mais existe além do plano físico. Tradicionalmente o Diabo representa o mal, e ele mostra que você está apegado a uma situação improdutiva ou pode estar cego e ignorante para a verdade dos fatos. Portanto, você pode estar obcecado por uma pessoa, idéia, substância ou padrão que sabe ser ruim para você e nada faz para sair desta situação. Nós somos propensos a muitos erros na vida. O arcano 15 nos mostra quando esses erros são sérios o bastante para requererem nossa atenção.

A Torre - Arcano XVI
A Torre é uma carta que indica instabilização e dificuldades. O arcano 16 não dá boas-vindas para aqueles que rejeitam as mudanças. Normalmente as mudanças são graduais, dando tempo para adaptação, mas às vezes são rápidas e explosivas; esta é a ação da Torre. Crises súbitas são a forma da vida lhe dizer que você necessita mudar. Algo de errado está acontecendo, e você não está respondendo. A maneira como você responde às mudanças previstas pela Torre mostra quão incômoda a experiência será; você deve reconhecer que as mudanças que acontecerem são necessárias - tente achar o lado positivo de qualquer situação. Na realidade, você pode sentir uma grande liberdade ao ser forçado em uma nova direção.

A Estrela - Arcano XVII
As estrelas sempre foram uma fonte de inspiração e esperança para as pessoas. Há algo místico em sua luz brilhante que nos transporta para o alto, para mais perto de Deus; quando olhamos para o céu, nós já não sentimos a angústia terrestre. Há algo de sobrenatural nas estrelas. Em leituras, a Estrela é muito bem-vinda quando a aflição e o desespero nos subjugou. Nos momentos mais densos e escuros, precisamos saber que há esperança, que há uma luz no final do túnel. A Estrela é o oposto do Diabo que nos tira a fé no futuro. A Estrela também lembra para abrirmos nosso coração e libertar todos os medos e dúvidas que temos em relação ao mundo. É importante lembrarmos que a Estrela é uma carta de inspiração e não de soluções práticas e respostas concretas para nossos problemas. Verdadeiramente, sem esperança nós não podemos realizar nada, mas a esperança é só um começo. Use a luz das Estrelas para guiá-lo em suas buscas.

A Lua - Arcano XVIII
Se você der uma olhada agora mesmo ao seu redor, vai, provavelmente, ver pessoas e objetos que lhes são familiares. Tudo é exatamente como você espera ser. Você sabe que se fechar os olhos e os abrir, o seu mundo será o mesmo. Mas, ao ficar preso ao seu mundo familiar, um mundo cheio de experiências extraordinárias está sendo perdido! Esta é a experiência da Lua. A maioria do tempo nós vivemos em um minúsculo quarto, onde as coisas acontecem de forma rotineira e dentro de uma normalidade tal, que dão uma segurança muito grande para nós. Devemos sair e procurar a vastidão de experiências que nos aguardam além da porta deste quarto. Entretanto, não podemos ser pegos desprevenidos nesta viagem, pois podemos ser presas fáceis para as drogas, intensas loucuras ou batalhas existenciais. A Lua é a luz deste mundo - o reino da sombra e da noite. Embora este novo lugar seja temerário, você não pode ficar amedrontando. A Lua guia-o ao desconhecido, permitindo o incomum em sua vida. Infelizmente, temos medo da Lua; esta carta representa medos, ansiedades e ilusões. A luz fraca e tênue da Lua, em oposição à luz forte e revigorante do Sol, pode enganá-lo e fazer com que você se perca nas estradas de sua vida. Tenha cuidado para não deixar decepções e falsas idéias te desviarem de teu rumo. Às vezes, a Lua é um sinal de que você é um viajante desinteressado e perdido neste mundo. Procure encontrar um propósito maior para a sua vida, senão, você pode não enxergar a luz do Sol ao alvorecer.

 


O Sol - Arcano XIX
Quando ligarmos uma luz em um quarto, iluminaremos todos os cantos escuros, de tal forma que, tudo passa a ser visível. Quando nos aproximarmos da luz divina, todos os nossos problemas e ignorância serão visíveis. Eis a mensagem do Sol. Ao longo de história, pessoas honraram o Sol como uma fonte de luz e calor. Nos mitos de muitas culturas antigas, o Sol é um deus proeminente - cheio de vigor e coragem. Ele é um centro de energia vital que faz a vida na terra possível. No tarô o Sol simboliza também vitalidade e o esplendor. O Sol, definitivamente, não é uma carta submissa e apática. Em leituras, o Sol representa um profundo poder pessoal. Você tem energia ilimitada e cheia de saúde. Quando esta carta aparecer, saiba que terás êxito em todos os seus empreendimentos. É o tempo de deixar seu Sol interior brilhar.

O Julgamento - Arcano XX
No arcano 20, nós vemos pessoas sendo chamada por um anjo. O Julgamento pode ser uma lembrança que julgamos necessária ou uma tomada de decisão. Em tais momentos, é melhor considerar o assunto cuidadosamente e então agir sem medo. Se você está sendo se julgado, aprenda com o processo. A carta 20 também representa os sentimentos que vêm junto com a salvação. Quando o anjo te chamar, você é renascido - limpou todas as suas culpas e fardos. O passado e seus enganos estão atrás de você, e agora está pronto para começar novamente.

O Mundo - Arcano XXI
O principal elemento da felicidade é a totalidade - o senso de que tudo está trabalhando em harmonia; não de uma forma estática, mas com um equilíbrio dinâmico. Para estarmos contentes, nós temos que sentir conectado - comprometido com o que está ao redor de nós. O Mundo representa este momento e é um sinal muito positivo de que você deve seguir o desejo de seu coração. Lembre-se, entretanto, que a carta 21 é um símbolo de contribuição ativa e serviços. Para segurar o Mundo nas mãos, nós temos que dar a nossa contribuição. Eis a fonte de verdadeira felicidade.