terça-feira, 4 de junho de 2013

AS ENERGIAS DE JUNHO DE 2013 Mensagem de Jennifer Hoffman 3 de Junho de 2013.


 

Há uma frase que me vem à mente, enquanto penso no mês de Junho:
“Você não pode parar um sino”.

Isto se refere à verdade que você não pode desfazer o passado. Estivemos tratando de muitos de nossos problemas do passado, desde Janeiro de 2013, especialmente em Maio, e tornou-se muito consciente de como o passado tem afetado o momento presente.

Em Junho, temos a oportunidade de desfazer o passado, de certa forma, definindo um novo rumo e direção para as nossas vidas. Embora possamos não ser capazes de parar um sino, podemos obter um novo sino e é isto que Junho nos oferece, se pudermos vê-lo e se estivermos preparados para isto.

Os dias que antecedem ao Solstício, em 21 de Junho, são poderosos pontos de decisão para nós, cada um nos oferecendo uma escolha do passado ou do presente, expansão ou contração, medo ou amor, transformação ou recolhimento, evolução ou revolução.

Às vezes, pode parecer como se estivéssemos diante de muitas escolhas diferentes, mas há somente uma questão – estamos sendo atendidos por nossas conexões e o nosso caminho de vida, e como eles estão alinhados com a nossa intenção.

Junho nos proporcionará muitas oportunidades (algumas delas serão oportunidades “diante dos nossos olhos”), para indicarmos firme e poderosamente a nossa intenção e então apoiá-la com os nossos pensamentos, crenças, palavras e ações.

Eles estão alinhados?
Caso não estejam, nós veremos onde eles estão fora do alinhamento e poderemos fazer os ajustes necessários.

Mercúrio entra em sombra retrógrada, em 9 de junho, com o completo movimento retrógrado começando em 26 de junho. Assim, enquanto estamos ponderando as nossas conexões e o nosso passado, e o que queremos fazer em relação a eles, Mercúrio estará nos dando um apoio extra.

O Solstício de 21 de junho é um momento decisivo para todos nós e é a próxima e significativa parada estratégica neste ciclo.

Fomos longe demais?
Estamos seguindo na direção certa?

Curiosamente, a conjunção anual Sol/Júpiter também acontece nesta data, assim a energia em relação a este dia, será expansiva e sustentadora de qualquer coisa que escolhamos fazer.

Mas, não se trata de desfazer o passado.
Trata-se de aproveitar as lições do passado e usá-las para criar um presente novo e diferente.

Quando tentamos desfazer o passado, estamos agindo a partir de um arrependimento, medo e de nossa dor, pois achamos que poderíamos ter escolhido um caminho diferente, mas que não pudemos ter, não naquele momento.

As escolhas que fazemos a cada momento se tornam o caminho que nos leva a um ponto de transformação, onde consolidamos o nosso aprendizado e o usamos para criarmos um novo caminho.

Embora possamos ver isto como uma opção, nossa prontidão para agir sobre ele, depende de nossa disposição em deixar ir o passado, sem arrependimento e evoluirmos para uma versão mais brilhante, mais autoconsciente e mais expandida de nós mesmos.

Não avançando simplesmente, mas criando uma expansão completa, de 360 graus, para que nos possamos nos expandir, em todas as direções.

Que novos sinos vocês querem tocar em sua vida?
Os antigos, com aquele som maçante e chato?

Como eu escrevi nas previsões de 2013, haverá muita coisa acontecendo nos meses de Junho a Agosto que ocorrerão rapidamente. O processo de fazer escolhas, desconectando-se do passado, e considerando novos potenciais e opções de vida, começa em junho.

Estamos nos separando do nosso passado, o que inclui as nossas conexões biológicas e isto pode nos fazer sentir como se tivéssemos que abandonar todas as conexões familiares, quando percebermos que a energia deles não mais nos serve. Mas estamos liberando a nossa biologia para abraçarmos a nossa verdadeira natureza, que é energética.

Para cada conexão biológica que liberarmos, uma conexão energética nova irá ocupar o seu lugar. Nossas famílias energéticas se tornarão nossos novos meios de apoio e de orientação e eles irão nos proporcionar um novo nível de conexão que nunca experienciamos em nossas vidas.

O mundo parece estar com sérios problemas e em algum nível está, mas isto é porque o mundo, como ele existe hoje, foi construído em um paradigma que não é mais sustentável.

Os alicerces da 3D estão desmoronando e estamos vendo a mudança polar que foi prevista, mas ela é energética e não geográfica.

Enquanto as nossas energias coletivas se elevam, não podemos mais tolerar ou fazermos parte de ideologias e de práticas que não estejam em sua vibração. Esta mudança é desconfortável, mas é uma fase da evolução da qual somos parte.

Aceitem a transformação e os potenciais que vocês veem.
Usem as energias de Junho para a expansão, para se expressarem e encontrarem o seu ponto de alegria.

Mercúrio retrógrado apóia a revisão, a renovação, a reconsideração, a lembrança e a liberação.
Embora tenhamos uma escolha em todas as coisas, algumas vezes o Universo nos dá um empurrãozinho em uma direção e então somos todos

conduzidos para dimensões superiores do ser, liberando um passado que não mais nos serve e abraçando um novo caminho, que pode nos capacitar e nos servir, e a toda a humanidade, em todos os sentidos.

Tenham um ótimo mês
http://www.urielheals.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!
LUZ!
STELA
Fonte:http://stelalecocq.blogspot.com.br/2013/06/as-energias-de-junho-de-...