domingo, 3 de fevereiro de 2013

Qual lição aprender com a morte?

Qual lição aprender com a morte?



Quantas almas perto de nós o tempo todo, quantos fatos, pensamentos, gerando energia de toda espécie...
Pensando nisso fica claro que focar a mente e o coração em coisas boas faz total diferença no resultado final, ou seja a conquista do bem estar.
Pode observar que quando você está relativamente tranquilo seu sono também está, e vive versa. Se você passar por uma noite mal dormida, com sonhos confusos seu dia seguirá estranho. O fato é que somos influenciáveis. Sofremos interferência de tudo o que esta ao nosso redor. Fazemos parte do todo, e mundo vibra em nós. Assim um fato como aconteceu no Sul do país, levando à morte tantos jovens, com certeza trouxe enorme sofrimento para todos nós. Pois não há como não sofrer com uma tragédia como esta. Mesmo para quem compreende a vida espiritual e sabe que existe uma lição em tudo o que nos cerca.


Qual seria a lição deste evento tão triste?
Exigir mais segurança?
Pedir punição aos culpados?
Amar mais nossos filhos? Ou compreender que eles não nos pertencem? Nos solidarizar com os outros? Pensar no coletivo? Ter sempre a vida em dia? Perdoar mais? Amar mais?
A mediunidade mostra que além das aparências e do aprendizado humano, existe um mundo de lições espirituais em fatos assim. Os mestres ensinam que quando acontece uma morte coletiva como esta, um portal de luz se abre para acolher os aflitos.

Em Santa Maria foi aberto um portal. Explicam os mentores que na hora do incêndio que tirou a vida desses jovens em apenas alguns minutos, um hospital foi montado no plano sutil para acolher cada uma daquelas pessoas, que aturdidas pela rapidez do processo não entenderam que morreram. Aliás, eles explicam que muitos ainda estão sendo preparados para receber a notícia e aceitar a morte. Mas todos estão cuidados.
Espíritos de luz também estão amparando as famílias envolvidas, e pedem que não se potencialize a revolta, pois a vingança não trará ninguém de volta, nem reparará o mal causado.
O pedido do momento é serenar, acalmar, compreender que o tempo de cada um está escrito previamente no livro da vida, e que os senhores do karma estão aqui para nos cuidar e não nos punir.
Explicam os mestres, que o pedido é de expansão, de acolhimento e de amor. O contrario da raiva, ou da vingança. Pois essas almas vieram para trazer importantes ensinamentos para suas famílias, cada um do seu jeito, cada um com seus desafios. E coletivamente vieram nos despertar para olhar para o todo, para expandir o nosso mundo pessoal, olhando o entorno. Pois nesse momento de ascensão planetária o foco da luz é o coletivo. Pede a quebra do egoísmo, pede a mudança do jeito de viver das famílias restritas ao seu núcleo.
Mais do que nunca é momento de ver além das aparências como fazem os "médiuns" tentando descobrir os eternos laços do amor. Por isso amigos vamos vibrar muito amor para essas pessoas, e para o nosso mundo que com o sacrifício de cada um está se transformando.

Nos nossos grupos aqui em Alpha Lux dedicaremos preces, orações e mantras aos nossos irmãos do Sul.

BLOG CANAL DE LUZ
Fonte: http://mariasilviaporlovas.blogspot.com.br/2013/01/qual-licao-aprender-com-morte.html?spref=bl