segunda-feira, 30 de julho de 2012

Senhores dos 7 Raios

fonte: http://raphaelhammoud.wordpress.com/

Mestres Ascencionados
Mestres Ascencionados
Os Mestres Ascencionados são a hierarquia superior. Eles estão entre Deus e os Anjos. Quando falamos com os anjos e pedimos alguma coisa para eles, na verdade, este ser alado não tem autonomia para resolver o problema de um pedido que venha interferir no karma.
Assim eles pedem permissão para os Mestres Ascencionados para realizar o pedido.
Quando se trata de um assunto simples, aí os anjos podem tratar por si mesmos.Os Mestres Ascencionados foram humanos e trouxeram uma mensagem de Deus e todos foram reconhecidos como enviados.
Depois que deixaram o plano físico, continuaram sendo mensageiros de Deus, em esferas mais elevadas.Eles pertencem á Grande Fraternidade Branca.
Eles são os dirigentes dos Sete Raios. Para cada raio existem os responsáveis: um Mestre Ascencionado e um Arcanjo.Ninguém jamais conseguiu maestria sobre todas as circunstâncias externas sem o auxílio das Ascencionadas Legiões das Luzes.
Quando os homens apelam por Deus estes apelos são percebidos e respondidos pelos Mestres Ascencionados. As vibrações das esferas são tão sutis e delicadas que somente pouquíssimas pessoas são capazes de receber impressões com clareza suficiente para agir de acordo com elas.
Quando os Mestres encontram, realmente, um receptáculo instruído, incorporado numa pessoa, então se torna fácil transmitir a Verdade à global humanidade através destes canais.
Os Mestres nos trarão imediatamente o que solicitamos, pois ao fazermos as invocações, estamos sendo um canal para que eles possam se infiltrar no mundo das formas e irradiar o seu: Poder, Sabedoria e Amor.
Cada um de nós ao fazer qualquer uma destas invocações, pode se considerar: Um Guerreiro da Luz.

El Morya
El Morya
Primeiro Raio: Azul – Fé, Poder, Proteção, Vontade e Ação. Mestre Ascencionado do Raio Azul: El Morya
O Mestre El Morya, no tempo do Mestre Jesus foi Melchior, um dos três sábios dos países do Oriente. Ele foi o lendário Rei Arthur da Sagrada Taça Graal, bem como o humanista e estadista Thomas Morus, que escreveu A Utopia.Seu santuário está em Darjeeling, na índia. Sua melodia-chave se emana na música Pomp and Circunstance de Elgar.
Arcanjo do Raio Azul: Arcanjo Miguel
A chama do Raio Azul Representa: Fé, Poder e Ação. As pessoas deste raio são muitas vezes fáceis de serem reconhecidas em relação ás outras, em geral essas pessoas possuem ilimitada força e energia. Elas criam e constroem, possuem ação, são líderes natos.


Mestre Lanto
Mestre Lanto
Segundo Raio: Dourado - Sabedoria, Elevação e Iluminação. Mestre Ascencionado do Raio Dourado: Lanto
O Mestre Lanto, em tempos passados, foi um grande governante da China e fez sua ascensão há muitos séculos. Depois conquistou o direito de assumir maiores encargos e foi assim que ele transferiu a custódia de seu Templo de Luz que fica na China, ao sul da grande muralha perto de Lanchow, ao seu discípulo Confúcio, que, presentemente lá trabalha.
Mas, no seu grande amor, o Mestre Lanto, resolveu ficar por aqui para ajudar a Terra, nesta época de crise.
Arcanjo do Raio Dourado: Arcanjo Jofiel
A chama do Raio Dourado Representa: Sabedoria, Elevação e Iluminação. Deve-se sempre visualizar esta cor envolvendo nosso corpo, quando necessitamos dos atributos que ela pode nos dar, é o raio do educador e do professor.


Mestra Rowena
Mestra Rowena
Terceiro Raio: Rosa – Amor Incondicional, Adoração e Beleza. Mestra Ascencionada do Raio Rosa: Rowena
A Mestra Rowena está pronta para servir a todos que a procuram. Ela estimula, mantém e protege, não só os gênios que já conseguiram alcançar o topo da escada, como também, igualmente, os humildes aspirantes que acabam de colocar os pés no primeiro degrau, em direção à meta.Ela guarda o símbolo da Liberdade.
O Foco de Luz da Chama da Liberdade guardada pela Mestra Rowena situa-se no sul da França, em Chateau Liberté, no plano físico. Sua música é a “Maseillaise”, em prol da Liberdade, desde aquele tempo da libertação da França.
Arcanjo do Raio Rosa: Arcanjo Samuel
A chama do Raio Rosa Representa: Amor Incondicional, Adoração e Beleza. As pessoas que a ele pertencem amam a beleza em todas as formas de expressão e são amáveis e compassivas.


Mestre Seraphis Bey
Mestre Seraphis Bey
Quarto Raio: Branco – Harmonia, Pureza, Ascenção e Paz. Mestre Ascencionado do Raio Branco: Seraphis Bay
O Mestre Seraphis Bay é invocado para harmonia, pureza, ascensão. Também afasta o Gênio Contrário, sua proteção está subordinada a atual Chama da Ascensão de Luxor no Egito, que foi levada, por ele e outros devotos, para lá, antes de submergir, nas ondas do oceano, o continente de Atlântida.
Sua melodia-chave de reconhecimento é “Sonho de Amor” de Frantz Liszt.
Arcanjo do Raio Branco: Arcanjo Gabriel
A chama do Raio Branco Representa: Harmonia, Pureza e Ascensão. As pessoas que pertencem a este raio são geralmente, dotadas de talento artístico, com tendências para música, danças clássicas, teatro de óperas, pintura, escultura e arquitetura.
Tais pessoas são quase sempre abençoadas com o poder espiritual e cheias de ânimo, além de possuírem o dom de “penetrar e ver através das coisas”.


Mestre Hilarion
Mestre Hilarion
Quinto Raio: Verde - Verdade, Saude, Abundância, e Cura Mestre Ascencionado do Raio Verde: Hilarion
O Mestre Hilarion no tempo do Mestre Jesus foi o apóstolo Paulo. Seu santuário está no campo etéreo, situado sobre a Ilha de Creta. A chama verde é curadora.
Deve-se compreender que tanto pode ser a cura do físico, como também é a cura da alma da humanidade.
Arcanjo do Raio Verde: Arcanjo Raphael
A chama do Raio Verde Representa: Verdade, Abundância e Cura. As pessoas que pertencem a este raio geralmente atuam nas áreas de pesquisa cientistas e da saúde: médicos, enfermeiros e curandeiros.


Mestra Nada
Mestra Nada
Sexto Raio: Rubi – Devoção, Cooperação, Serviços à Cura e a Paz Mestra Ascencionada do Raio Rubi: Mestra Nada
O Mestre Jesus foi seu diretor até pouco tempo atrás, quando juntamente com o Mestre Kuthumi, se elevaram à condição de Instrutores do Mundo.
Hoje sua responsável é a Mestra Nada e juntamente com Maria de Nazaré – Mãe de Jesus, elas prestam serviços em benefício da humanidade, seu templo de iluminação encontra-se na América do Sul.
Costuma-se prestar homenagens a esta mestra do Raio Rubi, no início da Primavera, quando a natureza, aparentemente “morta”, desperta para a vida.
Arcanjo do Raio Rubi: Arcanjo Uriel
A chama do Raio Rubi Representa: Devoção, Cooperação e Serviços Prestados à Cura e a Paz da Humanidade. As pessoas deste raio geralmente se dedicam a servir a humanidade, muitas vezes sem obter reconhecimentos dos serviços prestados: Sacerdotes, religiosos, missionários.


Mestre Saint Germain
Mestre Saint Germain
Sétimo Raio: Violeta - Transmutação, Transformação, Purificação e Magnetização Mestre Ascencionado do Raio Violeta: Mestre Saint Germain
O Mestre Saint German, realizou sua ascensão no ano de 1684, é tarefa do Sétimo Raio instruir a humanidade de como conseguir por meio da Chama Violeta a libertação, transmutar seus erros, transformar-se e tudo recomeçar.
É um instrumento cósmico e divino, usado pelas Ascencionadas Legiões da Luz, para libertar toda vida prisioneira.
Estamos entrando na Era de Aquário e com ela recebemos a proteção da Chama Violeta transmutadora dirigida por nosso amado Mestre Saint Germain, seu santuário fica no monte Shasta na Califormia – EUA.
Estamos vivendo a nossa Encarnação de Ouro, o livre arbítrio não nos foi tirado, mas agora a escolha é clara: a luz ou as trevas.
Toda essa hierarquia cósmica, estes seres maravilhosos e dentre eles, os Arcanjos e Anjos, se fazem presentes como nunca, unicamente para nos libertar.
Isso está acontecendo graças ao grande trabalho dos Mestres Ascencionados e de seus trabalhadores na Terra.
Arcanjo do Raio Violeta: Arcanjo Ezequiel
A chama do Raio Violeta representa: Transmutação, Purificação e Magnetização. As pessoas que pertencem a este raio possuem muitas aptidões e grande amor pela liberdade.

Raphael Hammoud  

domingo, 29 de julho de 2012

ANJOS NA TERRA???

Teria o Universo nos enviado anjos em forma de humanos aqui na Terra? Como, muitas vezes nos deparamos com uma amizade, que sempre está a nos ajudar, parecendo um anjo da guarda, ou até mesmo um filho ao nascer e seguir o seu ciclo de vida faz com que a cabeça da mãe e do pai mudem de uma maneira mais afetiva e melhor. Muitas vezes pessoas que nunca vimos na vida, de repente as conhecemos e de uma certa maneira sempre nos ensinam algo, como que por magia ou destino, muitas vezes até mesmo à distância, e nos faz um bem tremendo. A pergunta é, seriam tais pessoas anjos enviados por Deus?Será que, embora eles não tenham consciência disso, estão por perto para nos ajudar? Na minha maneira de sentir as energias, acredito eu que os anjos iluminados estão em todo o lugar,muitas vezes ainda escondidos, e acredito que alguns possuam a consciência de que são anjos iluminados, mas por humildade não mencionam tal questão em hipótese alguma.Mas, alguém pode indagar, como posso fazer para identificar tais anjos? Eles não estão aqui para que você os identifique, esta curiosidade é sua, não dos seres celestiais, eles estão aqui para ajudar a você em seu trajeto de vida, muitas vezes passam por sua vida e deixam lembranças, mas vira e mexe um anjo passa por sua vida, trazendo sempre uma lição, embora muitas você não as aceite, pois não tem consciência de que está sendo ensinada(o) por um anjo. Deus quer que você se levante na vida, que você aprenda a caminhar de uma maneira segura, que você conquiste todo o seu espaço, que você encontre cada palavra amiga, Deus quer que você sempre ache um caminho, e os anjos humanos ou celestes sempre estão a te rodear, mesmo que você não o perceba, mas ele está lá, cumprindo a sua missão!

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Magia Branca – Magia negra – Bruxaria – Forças Ocultas

EXTRAIDO DO SITE: http://ramatis.com.br

PRIMEIRA PARTE
01 - O SIGNIFICADO DO FEITIÇO, BRUXARIA OU MAGIA NEGRA
Feitiço, sortilégio, bruxaria e enfeitiçamento significam operação de “magia negra” destinada a prejudicar alguém.
Antigamente, a palavra feitiço ou sortilégio expressava tão-somente a operação de encantamento, ou no sentido benéfico de “acumular forças” em objetos, aves, animais e seres humanos. Daí, o feitiço significar, outrora, a confecção de amuletos, talismãs, escapulários e orações de “corpo fechado”, cuja finalidade precípua era proteger o indivíduo.
O encantamento ou enfeitiçamento de objetos ou seres sempre implicava a presença de um mago, porque era processo vinculado à velha magia. O homem logo percebeu nessa acumulação de forças e dinamização do éter físico de objetos ou seres vivos, uma oportunidade para tirar proveito a seu favor. Logo surgiram os filtros mágicos e as beberagens misteriosas, para favorecer amores e casamentos, enquanto se faziam amuletos com irradiações nocivas, com finalidades vingativas. A palavra feitiço, que definia a arte de “encantar” a serviço do bem, então passou a indicar um processo destrutivo ou de magia negra !
O feitiço é o processo de convocar forças do mundo oculto para energizar objetos, que depois irradiam energias maléficas em direção às pessoas visadas pelos feiticeiros.
O fenômeno é perfeitamente lógico e positivo, porque toda a ação enfeitiçante é ativada no campo das energias livres, em correspondência com as energias integradas nas coisas, objetos e seres. O trabalho mais importante dos feiticeiros ou magos consiste em inverter os pólos dessas forças, empregando-as num sentido agressivo e demolidor, conforme acontece com as próprias energias da natureza descobertas pelos homens. Ref. (01) Página 29

02 - A AÇÃO DA MAGIA SOBRE AS PESSOAS
A ação maléfica se exerce principalmente naquele que foi objetivado para sofrer a carga do fluido depressivo. No entanto, como as “auras viscosas” dos objetos enfeitiçados podem fortalecer-se através dos próprios desequilíbrios psíquicos das criaturas humanas, que se encontram no raio de ação do feitiço, mesmo as que não foram visadas pela bruxaria poderão sofrer seus efeitos no astral enfermo.
Há casos em que o impacto enfeitiçante ao incidir sobre a pessoa de aura invulnerável ou imunizada pela própria graduação espiritual superior, então refrata, podendo atingir outro familiar menos protegido. ( Ramatis explica-nos que qualquer pessoa pode ser enfeitiçada, mesmo quando não é visada diretamente pelo feiticeiro. No entanto, a sua defesa depende exclusivamente de sua maior ou menor evangelização ! ).
O enfeitiçamento tanto provoca doença psíquica na alma humana, por agir nos centros de forças do comando perispiritual, como atrai nuvens de bactérias nocivas, que penetram na circulação fisiológica da criatura.
Os objetos ou seres transformados em fixadores de fluidos nefastos são os agentes do enfeitiçamento, à guisa de projetores de detritos fluídicos a sujarem a aura perispiritual da vítima. Criam em torno do enfeitiçado um campo vibratório de fluidos inferiores, o qual, então, dificulta a receptividade intuitiva de instruções e recursos socorristas a serem transmitidos pelos guias ou conhecidos “anjos-de-guarda”, que operam em faixa mais sutil.
O esforço principal do feiticeiro é isolar a vítima desse auxílio psíquico, deixando-a desamparada na esfera da inspiração superior e entregue apenas a sugestões malévolas que lhe desorientam a atividade financeira, provocam perturbações emotivas, condições pessimistas e conflitos domésticos. Assim, os prejuízos da vítima no campo material, aliam-se aos distúrbios doentios no campo psíquico sob o comando exclusivo das almas perversas do mundo invisível.
Pouco importa se a pessoa merece ou não merece o impacto de feitiço, mas a sua segurança e defesa dependem exatamente de sua maior ou menor integração ao Evangelho do Cristo ! É o estado de “cristificação” proveniente da vivência incondicional dos ensinamentos evangélicos, que realmente desintegra toda e qualquer carga maléfica projetada sobre o homem ! Sem dúvida, são tão poucas as pessoas que já usufruem essa condição superior, que o processo de enfeitiçamento ainda produz efeitos maléficos em quase todas as criaturas. Ref. (01) Páginas 37 / 38

03 - OS MESTRES SATÂNICOS DESENCARNADOS
Os mestres satânicos são exímios no conhecimento de vibração, polaridade, ritmo, transmutação e causalidade do fenômeno “energia e matéria” ! E os quimbandeiros da Terra, então cedem o seu cetro ao comando diabólico desencarnado, passando a trabalhar sob o regime de escravidão e cumprindo fielmente as ordens malfeitoras ! Ante a covardia dos homens, que temem enfrentar os seus desafetos no campo raso da vida física, o serviço de enfeitiçamento aumenta e moderniza-se, porque os feiticeiros modernos se ajustam, cada vez mais, à terminologia científica de ondas, raios, elétrons, átomos, frequências, oscilações magnéticas, eletricidade biológica, eletronismo e ionização. Os bruxos encarnados transformam-se em agentes representativos da verdadeira indústria de bruxaria sediada no astral inferior, a qual exerce a sua vasta atividade nas regiões limítrofes do planeta. As confrarias negras do Além ampliam a capacidade de ação, pois fundam novas filiais tenebrosas entre os próprios encarnados, graças ao adensamento do éter físico em torno do orbe, o qual é alimentado pela corrupção e a sangueira da própria humanidade.
Deste modo, os espíritos malfeitores podem atender à multiplicidade de “pedidos” e “contratos” dos clientes encarnados, que desejam afastar o próximo do seu caminho, ou vingarem-se dos seus desafetos, concorrentes e venturosos. Aqui, o cidadão comodista convoca o feitiço para expulsar certa família do apartamento que lhe foi prometido; ali, a noiva ou o noivo que rompeu o compromisso matrimonial, há de sofrer no leito o embruxamento requerido pela outra parte frustrada; acolá, o feitiço é feito até para se vingar do vizinho, que não prende a cabra daninha ! Ref. (01) Página 31

04 - MOMENTOS DE ANGELITUDE E ANIMALIDADE
PERGUNTA: ”Momentos de animalidade” e “momentos de angelitude”, identificam as condições defensivas da aura humana. Podeis dizer-nos algo a respeito?
RAMATIS: A impaciência, ira, inveja, intolerância, maledicência, o ciúme, despeito, orgulho, ódio, egoísmo, amor-próprio e demais pecados semelhantes, geram substância mental perniciosa e de ruim qualidade. Então, as criaturas vivem “momentos de animalidade” pois dominam no seu perispírito as energias inferiores, que além de causarem um abaixamento vibratório no campo de defesa electromagnético, tornam-se uma fonte de atração para fluidos semelhantes. Em tal caso, as cargas enfeitiçantes agem à vontade e alimentadas pela própria lei de que “os semelhantes atraem os semelhantes”! Mas, nos “momentos angélicos”, o homem só vive emoções e sentimentos superiores como o amor, altruísmo, a renúncia, bondade, tolerância, humildade, alegria e confiança, confeccionando forte couraça de substância mental protetora, que rechaça os impactos malévolos do enfeitiçamento.
A mesma lei vibratória, que impede os raios do Sol de se fixarem no vaso de lodo, também evita que os pensamentos sublimes se infiltrem nas auras sujas, viscosas, densas e alimentadas pelo magnetismo primário dos homens animalizados. No entanto, assim como o lodo nauseante não pode obscurecer o Sol, porque o astro-rei vibra em frequência mais elevada, os fluidos daninhos de baixa vibração também não podem afetar a aura refulgente dos espíritos excelsos. Ref. (01) Página 131

05 - O ENFEITIÇAMENTO MENTAL E VERBAL E O PODER DO PENSAMENTO
PERGUNTA: Qual é a diferença entre o feitiço verbal e o feitiço mental?
RAMATIS: Sem dúvida , quer seja feitiço verbal ou mental, o pensamento é sempre o elemento fundamental dessa prática maléfica, pois não existem palavras sem pensamentos e sem idéias. Quando o homem fala, ele mobiliza energia mental sobre o sistema nervoso, para então acionar o aparelho de fonação e expressar em palavras as idéias germinadas na mente. E o feitiço mental ainda pode ser mais daninho do que através da palavra, pois é elaborado demorada e friamente sob o calculismo da consciência desperta, em vez de produto emotivo do instinto incontrolável. O enfeitiçamento verbal produzido pela maldição ou pela praga, pode gerar-se num arrebatamento de cólera, contrariedade ou desforra de natureza mais emotiva ou explosiva, produzindo mais fumaça do que ruínas ! Faltando-lhe a premeditação, que confirma o impacto ofensivo, também pode ser menos prejudicial.
PERGUNTA: Quais são os motivos que tornam o feitiço mental mais ofensivo do que o enfeitiçamento verbal?
RAMATIS: O feitiço mental, quase sempre, é fruto do ciúme, do amor-próprio, da frustração, vingança e humilhação, pois germina e cresce no silêncio enfermiço da alma e sob a consciência desperta do seu autor. O feitiço mental pode ser mais grave do que o feitiço verbal, porque fecunda-se na covardia silenciosa e ignorada do mundo profano. Quem amaldiçoa ou roga pragas, assume em público a responsabilidade de sua desforra intempestiva. Mas o que enfeitiça pela mente, resguarda-se no anonimato hipócrita e ainda continua a gozar de bom conceito público. Ref. (01) Páginas 59 / 60

06 - A BRUXARIA E OS EXAMES MÉDICOS E DE LABORATÓRIOS
PERGUNTA: É certo que a pessoa enfeitiçada pode ser diagnosticada erradamente pelo médico, quando se sente adoentada?
RAMATIS: E por que não? Quem está enfeitiçado encontra-se psiquicamente impermeabilizado às fontes que lhe podem fazer bem; propenso a aceitar as piores sugestões e os conselhos mais prejudiciais do mundo oculto. O enfeitiçamento não é feito como simples passatempo, mas é de sua função precípua prejudicar o próximo. Só as pessoas realmente evangelizadas, de pensamentos otimistas e emoções controladas, podem resistir com maior eficiência aos impactos de bruxaria.
A pessoa enferma e enfeitiçada quase sempre ignora a origem de sua perturbação, assim como a sua aura conturbada também pode influir sobre o médico que a examina e leva-lo a um diagnóstico impreciso ou errado. Há casos em que os malfeitores das sombras ligados pelo serviço de bruxaria, induzem as vítimas a consultarem certos médicos de baixa condição moral e atraso espiritual, os quais apenas identificam sintomas equívocos e prescrevem medicamentos inócuos e até nocivos.
Após deambular incessantemente por consultórios médicos, sofrendo terapias confusas e até intervenções cirúrgicas desnecessárias, algumas criaturas só conseguem a sua cura aliando o tratamento físico à renovação espiritual, ou ajustando a sua mediunidade florescida prematuramente sob a ação estimulante do feitiço, pela freqüência aos centros espíritas ou terreiros de Umbanda . Então melhoram, porque aumentam as suas defesas psíquicas fortificadas pela conduta superior, como também ficam sob a guarda de espíritos benfeitores, que os ajudam a dissipar os maus fluidos. Ref. (01) Página 40

07 - O PODER DO PENSAMENTO
PERGUNTA: Qual é a definição mais clara do pensamento?
RAMATIS: O pensamento é uma vibração da mente, ainda é matéria, embora sutilíssima, que provoca a ruína de outrem, quando lançado sob o impacto tóxico da mente vingativa. É um fenômeno análogo ao da luz, pois se propaga em ondas, as quais vão se enfraquecendo à medida que aumenta a distância que percorrem. Mas o pensamento é muitíssimo superior ao fenômeno da luz, porque ele é uma vibração de matéria mais quintessenciada e a sua produção exige múltiplos fenômenos fisiológicos do corpo humano...
O homem, ao pensar, imprime impulsos vibratórios no seu corpo mental, resultando, simultaneamente, a produção de “ondas” e de “formas pensamento”. Conforme a lei de repercussão vibratória, a vibração do corpo mental então se propaga pela matéria que a rodeia, assim como a vibração da campainha se dissemina pelo ar atmosférico ou ambiente onde é acionada. A atmosfera e o éter, que interpenetram todas as coisas do macro e do microcosmo, também estão impregnados de substância mental proveniente da própria Mente Cósmica e respondem prontamente a quaisquer impulsos vibratórios da mente humana. Ref. (01) Páginas 60 / 61

08 - O FEITIÇO PODE VIRAR CONTRA O FEITICEIRO
PERGUNTA: No caso do feitiço refratar sobre a pessoa visada e atingir outro ser familiar, não é um procedimento injusto?
RAMATIS: Como a imunidade psíquica contra qualquer das expressões de enfeitiçamento varia de conformidade com a conduta da pessoa visada, as correntes malévolas atingem e penetram com êxito nas auras perispirituais dos seres humanos, conforme a sua vulnerabilidade áurica no momento.
PERGUNTA: Por que há criaturas boníssimas, de conduta reconhecidamente evangélica, que se afirmam vítimas de enfeitiçamentos ? Como se explica isso?
RAMATIS: Nem todo o santo de hoje foi magnânimo, virtuoso ou ordeiro no passado ! Certas criaturas, que presentemente se devotam à prática do bem, ainda não podem furtar-se à lei cármica e oferecer defesas seguras contra as forças destrutivas, que também movimentaram em existências pretéritas. Colhem agora os frutos amargos da sementeira imprudente, enquadrados na lei de que “será dado a cada um segundo as suas obras”! Ademais, o simples fato de precisarem reencarnar-se na Terra, os obriga a suportarem as contingências e as energias agressivas do plano terrestre ainda tão primário... Ref. (01) Página 38

09 - A MAGIA E PESSOAS DE MÁS INFLUÊNCIAS
Ambientes e pessoas “carregadas” identificam falta de espiritualidade, religiosidade e de boa moral. ( Evitar esse contactos ).
Pensamentos e sentimentos maus, vingativos, violentos e perturbados produzem fluidos e forças venenosas que causam doenças e agitação ...
As pessoas possuidoras de inveja, ódio, mesmo sem o rótulo de feiticeiras, são as pessoas que mais envenenam ambientes e o próximo.
Todos os feiticeiros profissionais e “amadores” sempre recebem de volta as “cargas” que produzem: pagam com câncer e outras enfermidades horrorosas e dolorosas.
A magia negra, mística e científica sempre existiu: ela está nos cultos religiosos, no canto, nas músicas, na conversação e nos cultos de bruxaria ...
REFERÊNCIA:
  1. MAGIA DE REDENÇÃO – RAMATIS
  2. APSA – SR. ANTÔNIO PLÍNIO – PRESIDENTE DA S.E.R. – RIO DE JANEIRO

O PODEROSO CACIQUE PENA BRANCA - DA G.F.B.U


 
 
 
 
Em 1929, o poderoso cacique Pena Branca, líder dos índios Yaqui do México, liderou uma revolta contra a opressão e a injustiça que vitimavam o seu povo.
Desde este momento, nas terras americanas, o mito desta grande entidade nasceu.
Pena Branca é hoje um símbolo de liberdade, autenticidade e fraternidade.
Entrando em contato com muitos irmãos de cultos afro-indígenas do México, Caribe e Estados Unidos, fiz esta pergunta a mim mesmo :

-”Será nosso Caboclo Pena Branca, esta mesma entidade ou um representante dela ? “

Certa vez, perguntei ao irmão Alberto Salinas, curandeiro e médium de uma tradição espiritualista mexicana, quais as principais entidades que incorporavam em seu templo.
O primeiro nome que ouvi foi : Pena Branca.
Em seguida, comentei que no Brasil, também incorporava um índio do mesmo nome.
Ele não se surpreendeu e disse que outros “penas” também frequentavam sua sessão de cura, nada impedindo que fossem as mesmas entidades. Longe dali, no Caribe, existe uma religião chamada de Vinte e Uma Divisões (ou Vinte e Uma Linhas) que é muito parecida com a nossa amada Umbanda.
Nos terreiros deste culto, trabalham destemidos espíritos de índios, pretos velhos, exus (ali chamados de candelos) e outros espíritos familiares.
Na Linha de Índio Bravo, uma das Vinte e Uma Linhas, encontramos também nosso velho amigo: Pena Branca! Ali ele baixa, firme e elegante, dando brados e vivas imponentes.
Com ele, também incorporam Águia Branca, Índio da Paz e outros “penas” : Pena Azul, Pena Negra, Pena Amarela, etc…
Coincidência ? Nos estados sulistas dos Estados Unidos, existem algumas igrejas espíritas….
Coisa bem diferente, pois por fora parece um templo evangélico e por dentro um terreiro.
Os pastores são médiuns e bem íntimos com as manifestações do Mundo Invisível. O espírito principal que chefia estas igrejas, as vezes chamadas de Igrejas Espiritualistas Africanas, é o Chefe Índio Falcão Negro. Quando o Chefe Falcão se manifesta, ele puxa outros companheiros das aldeias do astral, como Nuvem Vermelha, Águia Negra (nomes de chefes indígenas que existiram) e entre eles está : Pena Branca !
Mais coincidência ? Algumas fraternidades esotéricas americanas, que cultuam os Mestres Ascencionados como Saint Germain, El Morya e outros bem conhecidos da Nova Era, conhecem um belo Mestre curador.
Ele aparece como um índio banhado em branca e luminosa luz, dando sábios conselhos e mensagens (veja uma imagem dele aqui reproduzida).
Seu nome ?
Mestre Pena Branca. Olha ele aqui de novo….

Em algumas ilhas do Caribe existe um culto chamado Obeah, de origem africana.
Dentro dele são celebrados os mistérios dos espíritos de origem indígena taino, etnia local.
Existem muitas entidades indígenas, a maioria com comportamento muito arredio e nomes de animais, como Cobra Verde, Pantera Negra, Jaguar Dourado e etc… Quando incorpora a Falange do Povo Alado, simbolizada pelos pássaros e morcegos, um deles tem um destaque especial.
Este espírito se apresenta sério, compenetrado, usa tabaco fortíssimo e uma pena branca na cabeça.
Como é chamado ? Índio Pena Branca. Pois então, novamente o encontramos.
Na Venezuela existe um culto belíssimo, semelhante em tudo com a Umbanda de nossa terra.
Tem caboclo, preto velho, exu, marinheiro, Orixás e tudo de bom.
É a tradição de Maria Lionza, a Rainha Mãe da Natureza. Na Linha Índia, comandada pelo famoso espírito do Cacique Gaicaipuro, incorporam centenas de caboclos venezuelanos e americanos.
Eles trabalham com pemba, bebidas diversas, água, cocares, maracás e todo o aparato ameríndio.
Chegam bradando e saudando o povo, que procura semanalmente os irmandades em busca de alívio, socorro material e espiritual.
Certo dia em Bonaire, uma ilhazinha perto da Venezuela, eu participava de um culto de Lionza.
Perto do congá, estava um rapaz incorporado com um caboclo.
Atento, o índio ouvia pacientemente uma velha senhora e a limpava com um maço de ervas perfumadas.
A senhora chorava muito e tremia.
No final da sessão, o semblante dela havia mudado.
Feliz, ela sentou-se no banco da assistência e orava agradecida.
Curioso, eu me aproximei e perguntei o nome da entidade que a atendeu.
A velha irmã respondeu com reverência.
Adivinhem o nome do caboclo. Ele mesmo, o grande índio Pena Branca !
O tempo passou e a pergunta ainda batia dentro da minha cabeça.
Será que é o mesmo Pena Branca ?
Terá este caboclo conhecido da Umbanda viajado tanto assim ?
Afinal, ele é mexicano, americano ou brasileiro ?
Quem, afinal, nasceu primeiro, o Pena Branca daqui ou de lá ?
Inquietações de um pesquisador, pois os afilhados e médiuns de Pena Branca não ficam, creio eu, tão preocupados com a sua origem.
Uma bela noite, em um modesto e tranquilo terreiro umbandista do interior paulista, acontecia uma gira de caboclo.
A líder do terreiro abriu o trabalho e incorporou.
Seu Pena Branca estava em terra, em todo o seu esplendor e força.
Fiquei atento, lembrei-me do Caribe e pensava em tudo isso que agora escrevo aqui.
O caboclo Pena Branca riscou seu ponto, pediu um charuto, deu algumas ordens ao cambono e olhou para onde eu estava.
Senti uma estranha energia percorrer minha espinha.
Ele continuou olhando e acenou.
Me levantei e acenei de volta.
Foi então que ele falou : - Filho, era eu, lembra ?
Tem aí um maço de ervas bem cheiroso para mim ?
 
 

Saudações - II



Salve todos os reinos, salve as forças da paz, salve o reino da luz, salve todos vós aqui presentes para que, na força do Amor Incondicional, possais continuar elevando vossas consciências em nome da Luz para que todos os reinos, cada vez mais, ancorem as forças máximas da sabedoria e, por meio do reequilíbrio, todos possam continuar manifestando a Onipotência do Amor Incondicional e da Liberdade.
Visualizai um Grande Sol Dourado acima de vossas cabeças para que, pela elevação de vossas consciências, possais continuar encontrando vossos caminhos e, por meio de vossos caminhos individuais, possais continuar sempre atraindo os potenciais máximos de manifestação para que, em vossas vidas, se cumpra a força motriz da Alegria, da Presteza, da Sabedoria e do Amor Crístico, de forma que se realizem em vós as energias máximas de vossas Mentes Crísticas e tudo se cumpra de acordo com a Vontade Celestial.
Salve todos os reinos, salve a força da paz, salve o reino da luz, em nome de Deus Pai todo-Poderoso e em nome de vossos guias espirituais aqui presentes.

Eu Sou Pena Branca em Vós.


 

MENSAGEM DE “CACIQUE PENA BRANCA” -

“Os Fundamentos da Metaciência”

2009-09-07 08:52
 
  (Canalizada por Rosane Amantéa em 07/09/2009) “A METACIÊNCIA – (fundamentos iniciais)“ “ O Portal 12:12 e a ancoragem definitiva do Amor incondicional na Terra" MENSAGEM ESPECIAL DE MESTRE “CACIQUE PENA BRANCA”, DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA UNIVERSAL, A PEDIDO DE “MESTRA NADA”, PARA ESCLARECIMENTOS DE SUA COMPETÊNCIA, NA INTERAÇÃO ESPIRITUAL COM O PROJETO “ A VOZ DO RAIO RUBI” (Mestre Cacique Pena Branca falou por 1 hora e 49 minutos) Observação 1: Este grande ser expressou-se o tempo todo da sua mensagem com uma linguagem compatível com todos os temas atuais e de seriedade inquestionável, nos quais todos nós, espiritualistas e esotéricos, temos nos debruçado, mas com o genuíno sotaque indígena ou de velho pajé ancestral da Terra, com o despojamento natural de padrões gramaticais, próprio da palavra falada. Por isso mesmo, optamos por editar as exatas palavras que...

Ler mais: http://luzdanovaera-fraternidadebranca.webnode.com/a-g-f-b-u-/mestres-ascensos/pena-branca/
 

quinta-feira, 26 de julho de 2012

A glândula tireóide



A glândula tireóide se desenvolve do endoderma associada à parte faríngea do tubo digestivo e sua principal função é a regulação do metabolismo corporal, ela ainda pode interferir no desenvolvimento e crescimento normais. Quando existe alguma anormalidade no aumento de tamanho dessa glândula, surge o bócio.

tireoideEla libera dois hormônios, o T3 e o T4, a secreção desse dois hormônios é controlada principalmente pelo TSH (hormônio estimulante da tireóide) que é secretado pela hipófise anterior.

A tireóide também secreta um hormônio chamado calcitonina, que é muito importante para o metabolismo do cálcio. O TSH e os hormônios tireoidianos fetais são importantes para o desenvolvimento do sistema nervoso central e do esqueleto ainda no crescimento intra-uterino.

A glândula tireóide é formada por células epiteliais cuboidais ou foliculares e células parafoliculares ou células C.
As células epiteliais são produtoras de hormônio que forma um folículo circular. Dentro desse folículo o hormônio sintetizado é armazenado na forma de colóide.

As células parafoliculares encontram-se dentro da glândula e são fonte de calcitonina.

O iodedo encontrado na alimentação é muito importante para tiroxina, pois é transportado para o interior da glândula contra gradientes químicos elétricos depois se desloca para a superfície apical das células epiteliais, passa para dentro da célula através de uma proteína transportadora, esse iodedo é oxidado transformando-se em iodo e incorporado em moléculas de tirosina que só funciona com a presença do TSH.

O TSH estimula o processo de captação do iodo, da síntese de tireoglobulina e a liberação de T4 e T3. A tireoglobulina é uma segunda proteína encontrada dentro das células epiteliais, e são ligadas às tirosinas.

A tireoglobulina é uma grande glicoproteína que contém resíduos de sulfato e fósforo covalentemente ligados. Quando é iodada ela forma monoidotirosina e diidotirosina.

A monoidotirosina ligada a diidotirosina forma o T3 (Triiodotironina), e a ligação de duas diiodotirosina forma o T4 (Tetraiodotironina).

O T3 é composto da ligação de três iodos e o T4 da ligação de quatro iodos.

O TPO (tireoperoxidase) é responsável em oxidar a tirosina, com a ajuda do peróxido de hidrogênio que constituem um potente sistema capaz de oxidar o iodo.

A proteína TGB (globulina ligadora da tiroxina) vai englobar o T3 e o T4 para carrega-los pela corrente sanguínea, quando o T3 sai da proteína, nesse momento ele é o T3 livre.

A TGB é uma glicoproteína com α-globulina que é sintetizada no fígado.

O T3 que determina a velocidade com que a célula vai trabalhar, ou seja, se existe uma quantidade alta de T3 e T4 o individuo é magro e se a quantidade de T3 e T4 é pequena o indivíduo é gordo.
***************************************************

3. A GLÂNDULA TIREÓIDE [CASA DO CRESCIMENTO]

A glândula tireóide localiza-se na base do pescoço, frente à traquéia, e abaixo do pomo de
Adão. Tem forma de borboleta. Cada asa corresponde ao lobo da tireóide presente em
ambos os lados da traquéia.

3.1 OS HORMÔNIOS TIREOIDIANOS – T3 E T4

A função desta glândula é produzir, armazenar e liberar hormônios tireoidianos na corrente
sangüínea. Estes hormônios, também conhecidos com T3 e T4, agem em quase todas as
células do corpo. A produção da quantidade de hormônios tireoidianos é controlada por
outra glândula chamada pituitária ou hipófise. Outra parte do cérebro, o hipotálamo, ajuda
a hipófise enviando informações e esta, por sua vez, controla a tireóide, formando assim
uma rede de informações ininterrupta. A tireóide, a hipófise e o hipotálamo trabalham
juntos no controle da quantidade de hormônios tireoidianos. Estes órgãos trabalham de
forma similar ao termostato, que controla a temperatura de uma casa. Se não há
quantidade suficiente, a hipófise libera mais hormônio estimulante da tireóide (TSH), que
indica à tireóide que deve produzir mais hormônio. Se os níveis de hormônio estão dentro
dos valores normais, a hipófise diminui a produção de TSH a seus valores normais.

3.2 A TIROXINA

A tireóide segrega o hormônio tiroxina. A tiroxina contém iodo e regula o metabolismo basal
ou o índice de oxidação celular, em outras palavras, o metabolismo do oxigênio.
A hiposecressão da tiroxina pode resultar em:
a- Bócio simples [dilatação da tireóide, resultante da carência de iodo na dieta]. Sais
minerais de iodo são encontrados naturalmente em certos alimentos, como couve, agrião,
etc. Quando a alimentação é deficiente em sais de iodo, a tireóide cresce exageradamente.
b- Mixedema na fase adulta e cretinismo na infância. Ambos têm sintomas como
retardamento físico e mental e metabolismo anormal.
A hipersecressão da tiroxina pode causar o bócio exoftálmico ou bócio tóxico [inchaço da
garganta, elevação da taxa de metabolismo e glóbulos oculares proeminentes]. O bócio
tóxico resulta de um tumor na tireóide e seus sintomas são os mesmos do exoftálmico, com
exceção dos glóbulos oculares protuberantes.

3.3 AS GLÂNDULAS PARATIREÓIDES

São quatro pequenas glândulas do tamanho de uma ervilha, localizadas no lado interno da
tireóide. Segregam o paratormônio, que controla o metabolismo de minerais como o cálcio e
o fósforo.
O hormônio das paratireóides regula a assimilação de cálcio e fósforo pelo organismo. A
insuficiência desse hormônio causa contrações musculares. O excesso pode provocar
descalcificação acentuada nos dentes e ossos.

3.4 HIPOSECREÇÃO E HIPERSECREÇÃO DO PARATORMÔNIO

A hiposecressão de paratormônio resulta na queda do índice de concentração do cálcio no
sangue. Este estado é conhecido como tetania e causa cãibras e espasmos musculares.
A hipersecreção de paratormônio faz com que o cálcio seja extraído dos ossos e lançado na
corrente sangüínea. Este estado, conhecido por osteíte fibrosa, pode levar a profundas
alterações na estrutura óssea, deformidade do esqueleto e depósito de cálcio nos rins.

A tireóide é uma glândula responsável pela produção dos hormônios T4 e T3 e também pela calcitonina. Os hormônios T3 e T4 estão relacionados com o metabolismo do corpo e a calcitonina é um hormônio que promove a absorção de cálcio pelo esqueleto inibindo a perda óssea. Problemas de tireóide são muito comuns e podem trazer graves conseqüências. Abaixo segue uma breve explicação sobre dois distúrbios que acometem grande parte da população e seus possíveis sintomas! Na dúvida, procure um médico investigar o problema!

Hipertireoidismo: caracteriza-se pelo aumento do metabolismo devido aos níveis elevados de T3 e T4 circulantes. O hipertireoidismo pode ser causado por alguma anormalidade intrínseca da glândula tireóide ou por alguma disfunção fora da glândula, como por exemplo, um tumor hipofisário secretor de TSH.

Sinais e sintomas:

- Pele mole, quente e eritematosa;

- Intolerância ao calor;

- Sudorese aumentada;

- Perda de peso;

- Taquicardia e palpitações;

- Tremores;

- Hiperatividade;

- Insônia

- Olhos salientes com olhar fixo;

- Diarréia;

- Osteopenia/osteoporose.



Dicas Terapêuticas
Mexilhão
Auxilia no tratamento da tireoide

Mexilhões têm quantidades moderadas a elevadas de vitamina B12, selênio, iodo, proteína e zinco, e poucas calorias e gorduras. O iodo ajuda a apoiar a glândula tireoide, o que por sua vez ajuda a regular o humor e o peso. O selênio e zinco ajudam a glândula tireoide, também. A vitamina B12 ajuda a fortalecer e isolar as células cerebrais de uma pessoa, o que mantém o cérebro afiado ao longo do tempo. Porém, certifique-se de comer mexilhões cultivados em vez de mexilhões selvagens, pois os últimos podem ser perigosos à saúde e ao meio ambiente.


 

QUANDO O DISCÍPULO ESTÁ PRONTO...

QUANDO O DISCÍPULO ESTÁ PRONTO...

Uns dizem que quando o discípulo está pronto, o Mestre aparece. Outros, ao contrário, explicam que, quando o discípulo está pronto, o Mestre desaparece.
Se aparece, ou se desaparece, são etapas de uma mesma jornada, a tal jornada que alguns chamam de caminho da iluminação.

Mas o que seria este caminho? Na certa não é uma estrada que se precise realmente trilhar. Ninguém necessita se mudar para o Tibet, ou fazer o caminho de Santiago, para conquistar a iluminação. O caminho é para dentro, em mergulhos gradativos até que a pessoa se torne um ser total, plenamente consciente.

O ser humano, principalmente o ocidental, sempre se preocupou em procurar suas respostas fora de si mesmo, e o caminho entre o consciente e o inconsciente sofreu uma ruptura, que pode ser restaurada na medida em que a pessoa se acostuma a se voltar para dentro e a trabalhar seu psiquismo.

Poderíamos dividir esta caminhada em 3 etapas preliminares:

1) O futuro discípulo não está pronto e nem está procurando um mestre.
É aquela fase em que a pessoa está totalmente fixada no mundo exterior, e seu encontro com o inconsciente só acontece através dos sonhos ou em raros momentos de relaxamento mental. Alguns ficam nesta fase a vida toda....

2) Quando o discípulo está pronto, o mestre aparece.

De repente, no meio da loucura que é a vida voltada somente para o exterior, acontece alguma coisa que atrai o foco da consciência um pouco mais para o interior. Há um toque em nível consciente na estrutura interna, até então desconhecida, e um conseqüente estremecimento de todo o ser. Ele fica inquieto, começa uma procura, sem saber bem o que está buscando, até que encontra um mestre  ... Uns se contentam com um só mestre, outros com vários. Alguns preferem seitas, religiões, livros, enfim... São também muitos os que ficam nesta etapa durante toda a vida.

3) Quando o discípulo está pronto, o mestre desaparece.

Aí chega aquela etapa em que o contato com o interior se faz com mais facilidade, e a pessoa já caminha a passos largos para romper o bloqueio entre sua consciência mortal e o seu Eu imortal e eterno, ou inconsciente, ou Eu Interior, ou que tantos outros nomes possa ter, mas que interage com todas as dimensões. O mestre desaparece, porque nenhum mestre, nenhuma religião, nenhuma seita pode lhe revelar coisas mais profundas e intensas do que aquelas que seu Eu interno tem a lhe mostrar.


Falei em 3 etapas preliminares de uma jornada, porque acredito que somente a partir desta terceira etapa é que começa, realmente, a Grande Caminhada, aquela em que a pessoa parte para a busca de seu verdadeiro lugar dentro do Universo visível e invisível que a rodeia.
...........................................................................................................................................................
Texto de Márcia Villas-Bôas
http://www.segredodosdeuses.hpg.com.br
E-Mail: marcia@compuland.com.br

domingo, 22 de julho de 2012

Entendendo de Ortomolecular - Classificação das diáteses

  Para efeito de tratamento as doenças funcionais são classificadas em 6 grupos ou diáteses que representam as predisposições patológicas individuais, ou seja, predisposições que trazemos gravadas nas nossas células e que podem se manifestar, ou não, dependendo de fatores ambientais (alimentação, poluição, estilo de vida, atividade física, etc.)



As diáteses são classificadas de acordo com a carência principal encontrada:



1. Diátese alérgica ou artrítico-alérgica (síndrome hiper-reativa):

São indivíduos hiperativos, principalmente à noite, com dificuldade de conciliar o sono e, geralmente pela manhã, têm dificuldade de despertar. Irritáveis, dinâmicos, otimistas, hiper-reativos e hiper-emotivos, com um cansaço de base mascarado por uma constante movimentação e busca de atividades.

Excesso de reação ante aos estímulos, a resposta será rápida, brutal e excessiva, com os sinais característicos da alergia ou comportamento de hiperatividade.


A principal carência é do oligoelemento manganês e outros metais complementares que, quando reposto, trata os pacientes que geralmente são crianças ou adultos jovens, com alergias como rinite, asma, conjuntivites, bronquites, eczemas, alergias alimentares e/ou sinais inflamatórios articulares, enxaquecas, com poucas ou nenhuma alteração laboratorial.




2. Diátese hipostênica ou artro-infecciosa (síndrome hipo-reativa):

Com uma resposta lenta e insuficiente ante os estímulos, há diminuição das trocas celulares.

A principal carência é dos oligoelementos manganês e cobre e outros metais complementares que, quando repostos, tratam do sistema imunológico deprimido com tendência a infecções repetitivas nas áreas otorrinolaringológicas como gripes, amidalite, otites e bronquites infecciosas; área gastrointestinal com colites; área urológica com cistites, menstruação dolorosa (cólicas menstruais), hipotireoidismo, além da fadiga anormal progressiva com o decorrer do dia que necessita de muitas horas de recuperação e de sono. Em crianças ocorre déficit ponderal, dificuldade de atenção.



3. Diátese distônica ou neuro-artrítica (síndrome distônica):

Caracteriza-se por desequilíbrios a nível neuro-vegetativo, desadaptação à resposta celular e declínio progressivo da vitalidade. É a diátese da segunda metade da vida, da maturidade.

A principal carência é dos oligoelementos manganês e cobalto e outros metais complementares (magnésio, potássio, lítio) que, quando repostos, tratam alterações endócrinas como diabetes, gastro-duodenite, úlcera gastro-duodenal, intestino irritável, fibromialgia, distúrbios da menopausa, artrose, osteoporose, transtornos circulatórios centrais e periféricos, insônia, ansiedade, diminuição da memória e da concentração, alergias crônicas e enxaquecas. Disposição matutina que diminui com o passar do dia com sensação de peso nas pernas.



4. Diátese anérgica (síndrome anérgica):

Falta de vitalidade e ausência da defesa imunológica.

A principal carência é dos oligoelementos cobre, ouro e prata e outros metais complementares que, quando repostos, tratam convalescenças transitórias: pós-virais, pós-cirúrgicas ou pós-traumáticas, choques morais, processos infecciosos repetitivos de evolução rápida e severa com falta de resposta aos medicamentos, até quadros degenerativos, lesionais, fadiga global, que não melhora com o repouso; no plano comportamental, uma sintomatologia do tipo depressiva ou ansio-depressiva, diminuição das faculdades intelectuais, perda progressiva da memória com tendência ao isolamento, alheamento e comportamento de renúncia.



Diátese da desadaptação (síndromes de desadaptação neuro-hormonal):

Pode encontrar-se em qualquer diátese e acrescentam modificações particulares sobre o sistema endócrino, especialmente hipofisário.



5. Diátese da desadaptação hipófiso-genital:

A principal carência é dos oligoelementos zinco e cobre e outros metais complementares que, quando repostos, tratam disfunções sexuais, ovarianas, transtornos do ciclo menstrual, impotência sexual funcional, atrasos de desenvolvimento de características sexuais nos adolescentes e também enurese (xixi) noturna em crianças.



6. Diátese da desadaptação hipófiso-pancreática:

Alteração do metabolismo glicêmico.

A principal carência é dos oligoelementos zinco, níquel e cobalto e outros metais complementares que, quando repostos, tratam bulimia, hipoglicemia, sonolência após a refeição, digestão lenta, prevenção de diabetes.

UTILIDADE PÚBLICA: UMA VITÓRIA PARA NOSSOS AMIGOS ANIMAIS



Algumas vezes, coloco aqui no Blog informações de utilidade pública que considero bem relevantes como a volta das nossas sacolinhas nos supermercados, a utilização e beneficios da água, e outras informações esclarecedoras. Desta vez volto a um assunto bem bacana que foi um dos "Tops" da semana nos principais sistemas midiáticos, na internet e redes sociais: A Criação e Inauguração do 1º Hospital Venterinário Público do Brasil, no Tauapé - Zona Leste de São Paulo.

O Benefício ainda está restrito, embora já seja um grande passo! Apenas Pessoas inscritas nos Programas Sociais de Baixa Renda como Renda Mínima e Bolsa Família, poderão ser atendidas com seus amigos inseparáveis. Isso acredito também que seja para inibir por enquanto que proprietários de animais que podem pagar por tais beneficios recorram ao Hospital Público Veterinário, apenas para "cortar custos" em casa, ainda mais ali, naquela região e nas mais proximas, que embora seja na Zona Leste de São Paulo, é uma região Nobre.

Segue a reportagem.
FONTE: http://legalmentenegra.wordpress.com



1º Hospital Veterinário Público do Brasil já funciona na Zona Leste de São Paulo

20 jul
Por Elaine Paiva
Ainda em fase de testes, o “Publicão”, como foi apelidado o primeiro Hospital Veterinário Público do Brasil, já funciona no bairro do Tatuapé, zona leste da cidade de São Paulo. O projeto surgiu de uma emenda do vereador Roberto Tripoli (PV) e faz parte das ações da Coordenadoria Especial de Proteção a Animais Domésticos, criada pela Prefeitura de São Paulo no dia 23 de junho.
A unidade, totalmente custeada pela Prefeitura de São Paulo, foi inaugurada no dia 2 de julho e será administrada pela Anclivepa-SP (Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais de São Paulo).
De acordo com o diretor geral do hospital, Ricardo Coutinho do Amaral, o atendimento é totalmente gratuito e exclusivo para proprietários de animais devidamente inscritos nos Programas Sociais da Prefeitura Municipal de São Paulo (Bolsa Família e Renda Mínima), animais oriundos de abrigos e ONGs de proteção animal, também devidamente registrados. “Terão atendimento também os animais mantidos no CCZ que adoecerem e necessitarem de cuidados veterinários”, afirmou.
Ricardo Coutinho disse que o atendimento ainda é limitado e que muitas modificações podem acontecer. O diretor disse ainda que está aberto a sugestões.
Em poucos dias de funcionamento, o Serviço Veterinário da Anclivepa-SP, como é oficialmente chamado, conta uma equipe de 14 veterinários e atende especialidades como ortopedia, anestesiologia, dermatologia, clínica médica, laboratório de análises clínicas, cirurgia geral e futuramente deve contar com oftalmologia, endocrinologia, nefro e urologia, acupuntura e homeopatia, ultrassonografia, radiologia, medicina de felinos e oncologia.
Segundo, Renato Tartália, diretor administrativo do hospital. A inauguração da unidade veterinária pública é um sonho realizado, pois vai além de uma ação de Proteção Animal, é um resgate de cidadania. “É um sonho poder levar aos cães e gatos das pessoas menos favorecidas, o mesmo tratamento que é oferecido aos pacientes das clínicas e hospitais veterinários particulares. Acreditamos que o alcance social disso, será enorme. Estamos certos de que o amor que as pessoas sentem por seus animais de estimação independe da classe social que pertençam”, disse.

O Serviço Veterinário da Anclivepa-SP está localizado na Rua Professor Carlos Zagotis, 3, Tatuapé , São Paulo e funciona de segunda à sexta-feira das 7h às 19h. Para ser atendido, o tutor deve comparecer à unidade com R. G., CPF, comprovante de residência e carteirinha do benefício social (renda mínima, bolsa família).  Para mais informação, ligue 11 2667-7795 / 11 2667-7804 / 11 2667-7789 / 11 2667-7793.
A primeira cirurgia – História do Cãozinho Max
Oi, amigos leitores. Como uma pessoa que sempre se emociona com finais felizes, eu não poderia deixar de contar essa história. Tive o prazer de presenciar a primeira cirurgia feita no Hospital Veterinário da Anclivepa-SP, a do cãozinho Max.
Como muitas histórias que vemos por aí, Max faz parte da grande população de cães e gatos que não têm condições financeiras para tratamentos veterinários particulares e passou por uma situação muito difícil.
No final do mês de junho, Max caiu da laje da casa onde mora, fraturou as duas patinhas dianteiras e não conseguia mais caminhar nem se equilibrar sobre elas. No dia do acidente, Graziela, tutora de Max, o levou a uma clínica veterinária próxima de sua casa, Max passou por uma avaliação, e foi constatada a necessidade de uma cirurgia nas duas patinhas. O valor? De 1.500 a R$ 1.200. “Eu não tinha esse dinheiro, e também não tenho cheque nem cartões de crédito”, me contou Graziela, quando conversamos.

Desolada, Graziela, que mora de aluguel e que havia descoberto que estava grávida, voltou para a casa e tomou a triste decisão: “Eu não tinha o que fazer, não era maldade nossa, mas para mim, ele iria ter que ficar assim para sempre e viver com a deficiência, não tínhamos onde conseguir o dinheiro”, lamentou. Fiquei emocionada ao imaginar a situação.
Max conviveu por 20dias com a fratura e quando já não tinha mais esperanças, Graziela recebeu um telefonema, no qual não acreditou. “Me ligaram dizendo que havia um hospital público, onde o Max poderia fazer a cirurgia gratuitamente, eu não acreditei. Ouvi dizer sobre o projeto do vereador Tripoli, mas não sabia que já estava funcionando”, contou.


Max foi encaminhado para o hospital e foi operado por uma equipe de veterinários da Anclivepa-SP. Inaugurou o centro cirúrgico e hoje se recupera bem, já até consegue ficar de pé sobre as duas patinhas, como podem ver nesta foto que fiz, quando tive o prazer de ir visitá-lo na internação do hospital.

Graziela conta, que Max é um cãozinho muito agitado e que gosta muito de brincar. Seria realmente triste que não o pudesse mais fazer. “Estou super feliz que ele tenha conseguido, agradeço a esse vereador, aos veterinários e a todas essas pessoas que se preocupam com os animas assim como se preocupam com as pessoas”, emocionou-se Graziela.
Max é um fofo e realmente muito muito muito agitado, já já estará correndo novamente.Cuidado, heim Max! Ah, e cuidado Graziela, não deixe mais o lindinho nas alturas!
E que venham mais iniciativas como essa por todo o país, pois como disse o dr. Renato Tartália, “São atitudes como essa que  resgatam a cidadania  e a auto estima dos que vivem à margem dos seus direitos”.


Conheça as instalações do Serviço Veterinário da Anclivepa-SP











 Abraços. Elaine Paiva

quinta-feira, 19 de julho de 2012

CONSELHO CÁRMICO POR SAINT GERMAIN


Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo
e da Mãe divina em vossas vidas humanos de boa vontade!

Eu Sou Saint Germain,
ao serviço do Conselho Cármico e de todo o serviço de transmutação
do plano terrestre.

Este tempo vindouro, virá analisar a vida de cada um de vós humanos e queridos irmãos.

Vossos feitos últimos neste plano terrestre, servirá para mais uma vez dar as execuções do vosso merecimento. Por isso cada um irá colher todo o merecimento agora na execução do conselho Cármico em fim de ano.

Muitos preparos já foram feitos, muitos outros estão já a serem feitos, outros já quase se fazem executar.

Para aqueles que ainda têm a fé suficiente de se fazerem ouvir, ergam suas vozes interiores ao Plano Divino em direcção dos executores de bênçãos, (conselho Cármico), para que seja feita realidade todos os vossos sonhos e desejos!

Preparai-vos apenas!

Erguei vossos corações em direcção à Luz das benfeitorias de merecimento!

Eu Sou Saint Germain, que assim, vos lembro o nosso último trabalho deste ano lunar.

Bênçãos para todos.

* Mensagem recebida por
Helena da Fonseca
Portugal, 08 de Dezembro 2008
as 23.10 h

Essa mensagem pode e deve ser divulgada, mantendo-se
o nome da canal e sua fonte.

O Conselho Cármico
O que é


O Conselho Cármico é formado por seres de luz que amparam a humanidade neste momento de transição. São seres maravilhosos que são responsáveis por aplicar a justiça (ordem/organizaçã o divina) em nosso planeta. Eles decidem qual a parcela de carma (positivo ou negativo) que cada pessoa deve receber durante a existência na Terra.


Todas as almas precisam passar diante deste conselho antes, durante e depois de cada vida encarnada. No decurso do nosso estágio na Terra, continuamos recebendo auxílio dos abençoados seres que compõem o Conselho Cármico. Neste período encarnacional, a alma tem ao seu lado um anjo acompanhante que vai registrando todas as suas revelações. Este anjo é conhecido como "Anjo do Registro". Todos os dados reunidos são entregues aos anjos chamados de "Guardiões dos Pergaminhos" , que os colocam à disposição dos Senhores do Carma para consultas, quando tiverem que tomar qualquer decisão sobre as nossas vidas.


Se reunem quatro vezes ao ano, no último dia de cada mês: março, junho, setembro e dezembro, enquanto dormimos. com o auxílio dos nossos guias espirituais, do Arcanjo Miguel e a nossa presença “Eu Sou” regressa ao Conselho Cármico para avaliarem juntos os ajustes necessários para o melhor aproveitamento das circunstâncias nas quais estamos inseridos.


A presença eu sou de todos os humanos encarnadas se encontram com estes seres  para juntos escolhermos nossos destinos  para os próximos 3 meses.
São os Senhores do Carma que decidem quando, onde, como e quem deve encarnar. Suas decisões são sempre baseadas em três fatores importantes:

1. O “Plano Divino”, ou seja, a Vontade Divina para nossas vidas, nos propiciando uma existência onde possamos ter as oportunidades de atingir a nossa vitória divina.

2. Nos posicionam na vida (família, trabalhos, cidades, etc.), de forma que resgatemos os erros das encarnações anteriores, oferecendo oportunidades de reparo dos nossos erros, carma negativo que precisa ser transmutado.

3. Nos acompanham durante as nossas encarnações e podem aumentar as oportunidades ou os obstáculos, dependendo sempre da nossa evolução. Nos avaliam a cada seis meses e a cada ciclo de doze anos.


Quando conquistarmos a vitória da manifestação de nosso plano divino e consumirmos o nosso carma negativo, iremos então ter com a Presença do Eu Sou, o Amado Santo Cristo Pessoal (o nosso Eu Superior) e o conselho do carma, que decretarão o direito de libertarmo-nos da roda viva das reencarnações.


Sempre dispostos a ouvir os argumentos que oferecemos, podemos nos entregar confiantes ao julgamento desses seres amorosos que compõem o Conselho Cármico:

Os membros do Conselho Cármico são:



1. O Grande Diretor Divino, que é uma função que diretora um propósito unificado às mais variadas necessidades de uma raça. Atualmente quem exerce essa função é Lanto, que já foi Diretor do 2º Raio (dourado);

2. A Deusa da Liberdade, que personifica o amor perfeito de Deus e que nos concede amor incondicional, compaixão, força e pureza;

3. A Mestra Nada, Chohan do 6º Raio (rubi), que nos outorga amor devocional e gratidão;

4. O Elohim Cyclopea, o "olho que tudo vê", a Visão Ilimitada de Deus que enxerga a essência de todas as coisas. Nada pode ser ocultado, nem mesmo um pensamento secreto;

5. Palas Athena, a Deusa da Verdade, que atua no 5º Raio (verde), auxiliando a desfazer as nossas compreensões errôneas que só trazem sofrimento, nos ajustando aos propósitos evolutivos;

6. Pórtia, Deusa da Justiça e da Oportunidade. Complemento do Mestre Saint Germain que atua no 7º Raio (violeta), ajudando a estabelecer a medida exata do que nos pode ser concedido a cada momento;

7. Kuan Yin, Deusa da Misericórdia e da Compaixão, que alivia o nosso sofrimento. Tão grande é sua compaixão que nos auxilia sempre mais do que merecemos;

8. Saithru, responsável pela sétima raça raiz da humanidade terrestre;

9. Vairochana, um dos Budas Dhyani, que personifica o poder que estabelece a Verdade, consumindo a nossa ignorância e permitindo que vejamos as coisas como elas realmente são.

10. Arcanjo Miguel, Raio Azul, nos fornece fé, proteção e vontade Divina;

11. Irmãos Interdimensionais e Interplanetários, energia eletromagnética que facilita a manifestação dos nossos sonhos;


Os Senhores do Carma se reúnem para rever petições da humanidade não ascensa e conferir dispensações baseadas no merecimento individual de cada um. Esta é uma boa oportunidade para analisarmos a nossa vida nos últimos tempos. É a hora certa de agradecermos os objetivos conquistados e pedirmos aos Senhores do Carma orientação divina para a solução de problemas pessoais e planetários.


Quando nos conscientizamos dessa programação e nos harmonizamos com nosso plano de vida, nos beneficiamos melhor e mais rapidamente desse auxílio. Podemos expor aos membros do Conselho Cármico as nossas dificuldades e os nossos projetos, enfatizando que os nossos pedidos sejam concedidos apenas quando estiverem de acordo com a vontade do Criador, pois só Ele sabe o que é realmente melhor para cada um de nós. Temos também a possibilidade de solicitar amparo não apenas para nós, mas para as pessoas que amamos, para a nossa comunidade e para toda a humanidade.


Para isso, devemos preparar um programa e colocá-lo para apreciação. Convença-os a investirem nesse intento. Desde que o projeto não interfira com o plano divino, terá toda a ajuda que necessita. Eles sempre apóiam idéias que venham melhorar a qualidade de vida da humanidade. Se convencer os Senhores do Carma a apoiá-lo, todas as portas se abrirão e o seu projeto se tornará realidade mais cedo do que espera.

Ritual
Para compor a sua carta, comece por escrever a lápis numa folha branca e lisa, a frase:

“PEÇO PELA PAZ E CURA UNIVERSAL”...
ENTÃO ESCREVER  SEUS PEDIDOS AO CONSELHO CÁRMICO.


Fazer uma carta para o Conselho Cármico solicitando a transmutação de todas as negatividades, dissonâncias, desarmonias, desequilíbrios, doenças de sua vida relacionada ao passado e presente, a fim de conquistar a sua plena manifestação da sua Essência Divina na face da terra. Após, peça por abundância divina para a sua família e amigos, proteção para os ensinamentos dos Mestres em suas escolas na Terra, libertação dos portadores da luz das malhas da Fraternidade Involutiva, descreva o seu propósito de vida, enfim tudo o que achar importante neste momento. No fim, escreva o seu nome de solteiro (nome de batismo) e a data do seu nascimento. Assine e enderece à Deusa da Liberdade, porta-voz para o Conselho Cármico, para o Amado Conselho Cármico ou para um dos seus membros. Quando terminar, faça uma oração.

DOBRAR O PAPEL E FAZER UMA ORAÇÃO.

Para o ritual de entrega da carta para os "Senhores do Carma”, escolha, de preferência, um altar montado para os Mestres da Grande Fraternidade Branca ou vá para um lugar tranquilo na natureza. Esta petição deve ser queimada antes da meia-noite do dia 31 de dezembro. Se for queimá-la dentro de casa, escolha um local com uma pia próxima, onde poderá apagar o fogo rapidamente. O ideal é que tenha por perto uma bacia para queimar a sua missiva.

ENTÃO FAZER O BRASEIRO QUEIMAR PRIMEIRO UM PAPEL EM BRANCO,  DEPOIS O SEU PAPEL ESCRITO E OUTRO EM BRANCO NO FINAL.

O fogo serve para enviar a sua petição para o plano etéreo. O resto das cinzas não tem valor algum e pode ser jogado em qualquer lugar, até mesmo numa lixeira.

SE VÁRIAS PESSOAS VÃO PARTICIPAR DO RITUAL,  QUEIMAR PRIMEIRO UM PAPEL EM BRANCO, DEPOIS  TODOS OS ESCRITOS E POR ÚLTIMO OUTRO PAPEL EM BRANCO.


Sugerimos  as preces:  o mantra da alma e mônada três vezes, o pai nosso e a grande invocação.

MANTRA DA ALMA E MÔNADA
Eu sou a Alma,
Eu sou a Luz Divina,
Eu sou o Amor,
Eu sou Vontade,
Eu sou o Desígnio Imutável. (3x a frase toda)

Eu sou a Mônoda,
Eu sou a Luz Divina,
Eu sou Amor,
Eu sou Vontade,
Eu sou Designo Imutável. (3x a frase toda)


PAI NOSSO
Pai Nosso, que estais nos céus,
Santificado seja o vosso nome.
Venha a nós ao vosso reino.
Seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu.
O pão nosso de cada dia, nos daí hoje.
Perdoai as nossas dividas assim como nós perdoamos os nossos devedores.
E não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal,
[Pois vosso é o reino e o poder e a glória para todo o sempre].

A GRANDE INVOCAÇÃO
Do ponto de Luz na mente de Deus,  que flua Luz às mentes dos homens,  e que a Luz desça a Terra.
Do ponto de Amor no coração de Deus, que flua amor ao coração dos homens,  que Cristo retorne a Terra.
Do centro onde a vontade de Deus é conhecida,  que o propósito guie as pequenas vontades dos homens, propósito que os Mestres conhecem e servem.
Do centro a que chamamos a raça dos homens, que se realize o plano de Amor e de Luz  e feche a porta onde se encontra o mal.
Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra hoje e por toda a eternidade. Amém.



Invoque então o Arcanjo Miguel: “Em nome do Pai, do Filho, do espírito Santo e da Mãe Divina, Eu (diga seu nome completo e em voz alta) invoco o Amado Arcanjo Miguel para que entregue o meu manuscrito para a Amada Deusa da Liberdade, no Conselho Cármico de Deus”. Após a invocação, leia a sua carta em voz alta e conclua o ritual colocando fogo na carta.


Após as orações INVOCAMOS a CHAMA VIOLETA queimando e transmutando toda negatividade. Em seguida, mentalizamos a CHAMA DOURADA lhe envolvendo e por último faz a prece de agradecimento selando a nossa NOVA CAMINHADA na sabedoria, humildade, alegria e amor incondicional como seres de luz, nos sintonizando cada vez mais com a DIVINDADE já manifestada em nós, pois NÓS SOMOS, SOMOS UM SÓ.

Amem, Amem, Amem.

Eis o nosso momento de aproveitarmos para ajustar o nosso Propósito Aqui e Agora.


http://stelalecocq.blogspot.com/2008/12/o-conselho-carmico.html