terça-feira, 31 de maio de 2011

ATLÂNTIDA


A história antiga da humanidade em grande parte se constitui um enigma, enigma esse devido à ignorância das pessoas que a escreveram e dataram certos eventos. Podemos perceber isto tendo em vista, por exemplo, o que dizem a respeito da esfinge, pois atualmente estudos provam que ela data de 12.000 a.C. a 10.500 a.C., enquanto que a história que divulgam datam-na de apenas de 4.000 a.C.

Uma outra indagação que deve ser feita diz respeito à distribuição de pirâmides no mundo. Elas são encontradas não somente no Egito, mas também na China e na América Central, mostrando a interligação dessas culturas no passado. O que interliga todas essas civilizações antigas? A única resposta que melhor responde a essas perguntas, e outras a respeito do mundo antigo, é a existência da Atlântida.

A primeira fonte de informação que chegou ao mundo moderno é sem dúvida os escritos de Platão. Foi ele quem primeiro falou da existência de uma ilha então submersa à qual foi dado o nome de Atlântida. Platão tomou conhecimento da Atlântida através de Sólon, que, por sua vez lhe foi referido por pelos sacerdotes egípcios, num dos templos da cidade egípcia de Saís.

Na verdade a Atlântida data de pelo menos 100.000 a.C., então constituindo não uma ilha e sim um imenso continente que se estendia desde a Groelândia até o Norte do Brasil. Sabe-se que os atlantes chegaram a conviver com os lemúrios, que viviam num continente no Oceano Pacifico aproximadamente onde hoje se situa o Continente Australiano. Naquele continente Atlante havia muitos terremotos e vulcões e foi isto a causa de duas das três destruições que acabaram por submergi-lo . A terceira destruição não foi determinada por causas naturais. Na primeira destruição, em torno de 50.000a.C. várias ilhas que ficavam junto do continente atlante afundaram, como também a parte norte do continente que ficava próximo a Groelândia, em decorrência da ação dos vulcões e terremotos. A segunda destruição, motivada pela mudança do eixo da Terra, ocorreu em torno de 28.000 a.C., quando grande parte do continente afundou, restando algumas ilhas, das quais uma que conectava o continente Atlante à América do Norte. E a terceira foi exatamente esta onde floresceu a civilização citada por Platão e que por fim foi extinta, em uma só noite, afundando-se no mar restando apenas as partes mais elevadas que hoje corresponde aos Açores descrita por Platão.



Para se estudar bem a Atlântida deve-se considerar que esse nome diz respeito a três civilizações distintas, pois em cada uma das destruições os que restaram tiveram que recomeçar tudo do início.



Atlântida 100.000 a.C. a 50.000 a.C.



Sobre a Atlântida antes da primeira destruição (antes de 50.000 a.C.) pouco se sabe. Diz-se haver sido colonizada pelos lemurios que haviam fugido do continente onde habitavam, também sujeito a cataclismos imensos, quando então se estabeleceram correntes migratórias fugitivas das destruições que ocorriam na Lemúria, algumas delas dirigiram-se para o Sul Atlântida.

Estes primeiros Atlantes julgavam a si pelo caráter e não pelo que tinham e viviam em harmonia com a natureza. Pode-se dizer que 50% de suas vidas era voltada ao espiritual e os outros 50% para o lado prático, vida material. Possuíam grandes poderes mentais o que lhes conferia domínio da mente sobre o corpo. Eles faziam coisas impressionantes com os seus corpos. Assim viveram por muito tempo até que, em decorrência da proximidade do sul da Atlântida com o Continente Africano, várias tribos agressivas africanas dirigiram-se para a Atlântida forçando os Lemurios estabelecidos na Atlântida a se deslocarem cada vez mais para o norte do continente atlante. Com o transcorrer do tempo os genes dos dois grupos foram se misturando.

Em 52.000 a.C. os Atlantes começaram a sofrer com ataques de animais ferozes, o que os fizeram aumentar seus conhecimentos em armas, motivando um avanço tecnológico na Atlântida. Novos métodos de agricultura foram implementados, a educação expandiu, e conseqüentemente bens materiais começaram a assumir um grande valor na vida das pessoas, que começaram a ficar cada vez mais materialistas e conseqüentemente os valores psíquicos e espirituais foram decaindo. Uma das conseqüências foi que a maioria dos atlantes foi perdendo a capacidade de clarividência e suas habilidades intuitivas por falta de treinamento e uso, a ponto de começarem a desacreditar na mencionadas habilidades.

Edgar Cayce afirma que dois grupos diversos tiveram grande poder nessa época, um deles chamados de "Os Filhos de Belial". Estes trabalhavam pelo prazer, tinham grandes posses, mas eram espiritualmente imorais. Um outro grupo chamado de "As Crianças da Lei Um", era constituído por pessoas que invocavam o amor e praticavam a reza e a meditação juntas, esperando promover o conhecimento divino. Eles se chamavam "As Crianças da Lei Um" porque acreditavam em Uma Religião, Um Estado, Uma Casa e Um Deus, ou melhor, que Tudo é Um. Logo após essa divisão da civilização atlante, foi que ocorreu a primeira destruição da Atlântida, ocasião em que grande número de imensos vulcões entraram em erupção. Então uma parte do povo foi para a África onde o clima era muito favorável e possuíam muitos animais que podiam servir como fonte de alimentação. Ali os descendentes dos atlantes viveram bem e se tornaram caçadores. A outra parte direcionou-se para a América do Sul onde se estabeleceu na região onde hoje é a Bacia Amazônica. Biologicamente os atlantes do grupo que foi para a América do Sul começaram a se degenerar por só se alimentarem de carne pensando que com isso iriam obter a força do animal, quando na verdade o que aconteceu foi uma progressiva perda das habilidades psíquicas. Assim viveram os descendentes atlantes até que encontraram um povo chamado Ohlm, remanescentes dos descendentes da Lemúria, que os acolheram e ensinaram-lhes novas técnicas de mineração e agricultura.

As duas partes que fugiram da Atlântida floresceram muito mais do que aquela que permanecera no continente, pois em decorrência da tremenda destruição os remanescentes praticamente passaram a viver como animais vivendo nas montanhas durante 4.000 anos, após o que começaram a estabelecer uma nova civilização.



Atlântida 48.000 a.C. a 28.000 a.C.



Os atlantes que estabeleceram uma nova civilização na Atlântida começaram de forma muito parecida com o inicio da colonização que os Lemurios fizeram na Atlântida.

Eles se voltaram a trabalhar com a natureza e nisso passaram milhares de anos, mas com o avanço cientifico e tecnológico também começaram a ficar cada vez mais agressivos, materialistas e decadentes. Os tecnocratas viviam interessados em bens materiais e desrespeitando a religião. A mulher se tornou objeto do prazer; crimes e assassinatos prevaleciam, os sacerdotes e sacerdotisas praticavam o sacrifício humano. Os atlantes se tornaram uma civilização guerreira. Alguns artistas atlantes insatisfeitos fugiram para costa da Espanha e para o sudoeste da França, onde até hoje se vêem algumas de suas artes esculpidas nas cavernas. Em 28.000 a.C. com a mudança do eixo da Terra, os vulcões novamente entraram em grande atividade acabando por acarretar o fim da segunda civilização atlante. Com isso novamente os atlantes fugiram para as Antilhas, Yucatã, e para a América do Sul.



Atlântida 28.000a.C. a 12.500 a.C.



Esta foi a civilização atlante que foi descrita por Platão.

Mais uma vez tudo se repetiu, os que ficaram recomeçaram tudo novamente, recriando as cidades que haviam sido destruídas, mas inicialmente não tentando cometer os mesmos erros da florescente civilização passada. Eles unificaram a ciência com o desenvolvimento espiritual a fim de haver um melhor controle sobre o desenvolvimento social.

Começaram a trabalhar com as Forças da Natureza, tinham conhecimento das hoje chamadas linhas de Hartman e linhas Ley, que cruzam toda a Terra, algo que posteriormente veio a ser muito utilizado pelos celtas que construíram os menires e outras edificações em pedra. Vale salientar que eles acabaram por possuir um alto conhecimento sobre a ciência dos cristais, que usavam para múltiplos fins, mas basicamente como grandes potencializadores energéticos, e fonte de registro de informações, devido a grande potência que o cristal tem de gravar as coisas.

Os Atlantes tinham grande conhecimento da engenharia genética, o que os levou a tentar criar “raças puras”, raças que não possuíssem nenhum defeito. Esse pensamento persistiu até o século XX a ser uma das bases do nazismo.

Os Atlantes detinham grandes conhecimentos sobre as pirâmides, há quem diga que elas foram edificadas a partir desta civilização e que eram usadas como grandes condutores e receptores de energia sideral, o que, entre outros efeitos, fazia com que uma pessoa que se encontrasse dentro delas, especialmente a Grande Pirâmide, entrava em estado alterado de consciência quando então o sentido de espaço-tempo se alterava totalmente.

É certo que os habitantes da Atlântida possuíam um certo desenvolvimento das faculdades psíquicas, entre as quais a telepatia, embora que muito aquém do nível atingido pelos habitantes da primeira civilização.

Construíram aeroplanos, mas nada muito desenvolvido, algo que se assemelharia mais ao que é hoje é conhecido como “asa delta”. Isto tem sido confirmado através de gravuras em certos hieróglifos egípcios e maias.

Também em certa fase do seu desenvolvimento os atlantes foram grandes conhecedores da energia lunar, tanto que faziam experiências muito precisas de conformidade com a fase da Lua. A par disto foram grandes conhecedores da astronomia em geral.



Na verdade os atlantes detiveram grandes poderes, mas como o poder denigre o caráter daquele que não está devidamente preparado para possuí-lo, então a civilização começou a ruir. Eles começaram a separar o desenvolvimento espiritual do desenvolvimento científico. Sabedores da manipulação dos gens eles desenvolveram a engenharia genética especialmente visando criar raças puras. Isto ainda hoje se faz sentir em muitos povos através de sistemas de castas, de raça eleita ou de raça ariana pura. Em busca do aperfeiçoamento racial, como é da natureza humana o querer sempre mais os cientistas atlantes tentaram desenvolver certos sentidos humanos mediante gens de espécies animais detentoras de determinadas capacidades. Tentaram que a raça tivesse a acuidade visual da águia, e assim combinaram gens deste animal com gens humano; aprimorar o olfato através de gens de lobos, e assim por diante. Mas na verdade o que aconteceu foi o pior, aqueles experimentos não deram certo e ao invés de aperfeiçoarem seus sentidos acabaram criando bestas-feras, onde algumas são encontradas na mitologia grega e em outras mitologias e lendas. Ainda no campo da engenharia genética criaram algumas doenças que ainda hoje assolam a humanidade.

A moral começou a ruir rapidamente e o materialismo começou a crescer. Começaram a guerrear. Entre estas foi citada uma que houve com a Grécia, da qual esta foi vitoriosa. Enganam-se os que pensam que a Grécia vem de 2 000 a.C. Ela é muito mais velha do que o Egito e isto foi afirmado a Sólon pelo sacerdote de Sais. Muitos atlantes partiram para onde hoje é a Grécia e com o uso a tecnologia que detinham se fizeram passar por deuses dando origem assim a mitologia grega, ou seja, constituindo-se nos deuses do Olimpio.



Por último os atlantes começaram a fazer experimentos com displicência de forma totalmente irresponsável com cristais e como conseqüência acabaram canalizando uma força cósmica, que denominaram de "Vril", sob as quais não tiveram condições de controla-la, resultando disso a destruição final da Atlântida, que submergiu em uma noite. Para acreditar que um continente tenha submergido em uma noite não é muito fácil, mas temos que ver que a tecnologia deles eram muito mais avançadas do que a nossa, e que o poder do cristal é muito maior do que imaginamos, pois se formos vê os cristais estão em tudo com o avanço tecnológico, um computador é formado basicamente de cristais e o laser é feito a parti de cristais. Mas antes da catástrofe final os Sábios e Sacerdotes atlantes, juntamente com muitos seguidores, cientes do que adviria daquela ciência desenfreada e conseqüentemente que os dias daquela civilização estavam contados, partiram de lá, foram para vários pontos do mundo, mas principalmente para três regiões distintas: O nordeste da África onde deram origem a civilização egípcia; para América Central, onde deram origem a Civilização Maia; e para o noroeste da Europa, onde bem mais tarde na Bretanha deram origem à Civilização Celta.

A corrente que deu origem a civilização egípcia inicialmente teve muito cuidado com a transmissão dos ensinamentos científicos a fim de evitar que a ciência fora de controle pudesse vir a reeditar a catástrofe anterior. Para o exercício desse controle eles criaram as “Escolas de Mistérios”, onde os ensinamentos eram velados, somente sendo transmitidos às pessoas que primeiramente passassem por rigorosos testes de fidelidade.

Os atlantes levaram com eles grandes conhecimentos sobre construção de pirâmides, e sobre a utilização prática de cristais, assim como conhecimentos elevados de outros ramos científicos, como matemática, geometria, etc. Pesquisas recentes datam a Esfinge de Gizé sendo de no mínimo 10.000 a.C. e não 4.000a.C. como a egiptologia clássica afirma. Edgar Cayce afirmou que embaixo da esfinge existe uma sala na qual estão guardados documentos sobre a Atlântida, atualmente já encontraram uma porta que leva para uma sala que fica abaixo da esfinge, mas ainda não entraram nela. A Ordem Hermética afirma a existência não de uma sala, mas sim de doze.
A corrente que deu origem a civilização maia, foi muito parecida com a corrente que deu origem a civilização egípcia. Quando os atlantes que migraram para a Península de Yucatã antes do afundamento final do continente, eles encontraram lá povos que tinham culturas parecidas com a deles, o que não é de admirar, pois na verdade lá foi um dos pontos para onde já haviam migrado atlantes fugitivos da segunda destruição.

Também os integrantes da corrente que se direcionou para o Noroeste da Europa, e que deu origem mais tarde aos celtas, tiveram muito cuidado com a transmissão do conhecimento em geral. Em vez de optarem para o ensino controlado pelas “Escolas de Mistérios” como acontecera no Egito, eles optaram por crescer o mínimo possível tecnologicamente, mas dando ênfase especialmente os conhecimentos sobre as Forças da Natureza, sobre as energias telúricas, sobres os princípios que regem o desenvolvimento da produtividade da terra. Conheciam bem a ciência dos cristais, e da magia, mas devido ao medo de fazerem mau uso dessas ciências eles somente utilizavam-nos, mas no sentido do desenvolvimento da agricultura, da produtividade dos animais de criação, etc.

Atualmente as pessoas vêem a Atlântida como uma lenda fascinante, como algo que mesmo datando de longa data ainda assim continua prendendo tanto a atenção das pessoas. Indaga-se do porquê de tanto fascínio? Acontece que ao se analisar a história antiga da humanidade vê-se que há uma lacuna, um hiato, que falta uma peça que complete toda essa história. Muitos estudiosos tentam esconder a verdade com medo de ter que reescrever toda a história antiga, rever conceitos oficialmente aceitos. Mas eles não explicam como foram construídas as pirâmides, como existiram inúmeros artefatos e achados arqueológicos encontrados na Ásia, África e América e inter-relacionados. O como foram construídos as pirâmides e outros monumentos até hoje é um enigma. Os menires encontrados na Europa, as obras megalíticas existentes em vários pontos da terra, os desenhos e figuras representativas de aparelhos e até mesmo de técnicas avançadas de várias ciências, os autores oficiais não dão qualquer explicação plausível.

Os historiadores não acreditam que um continente possa haver afundado em uma noite, mas eles esquecem que aquela civilização foi muito mais avançada que a nossa. Foram encontradas, na década de 60, ruínas de uma civilização no fundo do mar perto dos Açores, onde foram encontrados vestígios de colunas gregas e até mesmo um barco fenício. Atualmente foram encontradas ruínas de uma civilização que também afundou perto da China.
As pessoas têm que se conscientizar de que em todas as civilizações em que a moral ruiu, ela começou a se extinguir, e atualmente vemos isso na nossa civilização, e o que é pior, na nossa civilização ela tem abrangência mundial, logo se ela rui, vai decair todo o mundo. Então o mais importante nessa história da Atlântida não é o acreditar que ela existiu e sim aprender a lição para nós não enveredemos pelo mesmo caminho, repetindo o que lá aconteceu.

CORP CIRCLE DE 21 DE DEZEMBRO DE 2012

Crop Circle De 21 De Dezembro De 2012‏

Finalmente um círculo inglês sem enigmas (segunda parte)
Por Antonio Ilenich

Hoje é dia 21 de dezembro de 2008. Daqui há exatamente 4 anos, à partir de hoje, acaba o calendário de conta longa da cultura Maia.

A contagem de datas neste calendário teve início no dia 11 de Agosto de 3114 a.C. (no calendário gregoriano proléptico), e é tão preciso que eles conseguiram prever e registrar todos os eclipses solares até 2012, com uma margem de erros insignificante.

No dia 20 de julho desse ano, escrevi um artigo intitulado "Finalmente um círculo inglês sem enigmas", o qual foi publicado pelo site do CUB.

Escrevi o artigo pois, pesquisando na internet, descobri que no dia 15 de julho, apareceu um círculo inglês (crop-circle) em Avebury Manor na Inglaterra, com a posição exata dos planetas do sistema solar no dia 21 de dezembro de 2012.

Porém no dia 22 do mesmo mês de julho, esse desenho foi modificado; apareceram outros desenhos complementando-o. No entanto, nesta data o artigo já havia sido redigido e publicado. O artigo fez muito sucesso. Somente no site do CUB foram mais de 5 mil acessos até o momento.

Também foi publicado no site do Projeto 2012. Onde alguns leitores pediram para que atualizasse o artigo levando em conta as modificações supra-citadas. Publicado também nos site do Mundo Ufo. Foi mencionado no site Pensando Nisso.

Gostaria de deixar claro que escrevi o primeiro artigo, afirmando sobre o fato, pois realmente o desenho da formação planetária é fiel à data em 2012, no entanto, não havia redigido nada sobre a segunda formação até o momento, por que existem formas, desenhos, nessa segunda formação, que ninguém sabe o que é, restando apenas especulações, e isso não é muito bom, até porque, todos que acompanham sites como CUB, Projeto 2012, Mundo Ufo, sabem que a descrença por parte dos céticos é fervorosa.

Nós que estudamos, e quanto mais estudamos, mais acreditamos, pois as evidências são inegáveis, temos que conviver com "desaprovações" de céticos e cientistas.

Por esse motivo, escreverei sobre a segunda formação, e pedirei para que pessoas como eu, que acreditam haver algo errado, que as coisas não vão bem, que as evidências indicam algo nada bom para 2012, me auxiliem, continuem pesquisando, e, caso encontrem algo contrário a este artigo, não guardem para si, enviem um e-mail para o CUB, e peçam para serem ouvidos.

Tenho certeza que se houver procedência, eles ouvirão.

Se nós, seres humanos, que convivemos neste mesmo planeta, não conseguirmos nos ajudar, defender nossas teses, e "tentar" fazer algo para mudar, quem fará isso por nós?

Voltando ao tema do artigo, existe muita especulação no mundo todo sobre o dia 21 de dezembro de 2012. Alguns prevêem a volta do planeta-X, Nibiru, ou Hercólobus. Outros dizem que nessa data a terra passará por uma inversão em seus pólos.

Tanto uma quanto outra especulação faz um certo sentido, existem vários sites na internet afirmando, que, nesta data, o sol estará alinhado com o centro da galáxia, atravessando o equador galáctico.




Na cor verde o sistema solar, atravessando o equador galáctico em 2012.



Este movimento de sobe e desce é periódico.

Segundo os Maias o ciclo completo de sobe e desce até o mesmo ponto leva 25625 anos, já segundo cientistas como o físico Richard Muller. A UC Berkeley este alinhamento acontece a cada 64 milhões de anos.

O motivo desse sobe e desce diverge quanto a fonte.

O Dr. Richard, diz nesse artigo, que é uma estrela anã apelidada por ele de, NEMESIS, que orbita o sol.

Já os que acreditam nas profecias sumérias, dizem se tratar do Planeta NIBIRU, que orbita uma anã marrom, ou seja, o sistema solar seria binário tanto para a ciência quanto para os Maias.

O que interessa realmente é que tanto cientistas quanto os que acreditam nas profecias maias ou sumérias, concordam que, para que o sol tenha esse movimento em onda, é necessário haver outro corpo que o atraia com sua gravidade.

Portanto é possível sim que haja fundamento nas especulações sobre o planeta Nibiru.

Também faz sentido a inversão polar, pois está atrasada, como pode se ver no artigo do jornal "The Sunday Times".

Faz sentido atentarmos para o fato de que, se o sol ultrapassar o equador galáctico, terá seus pólos invertidos, pois hoje, digamos que o hemisfério sul solar, é o que recebe maior influência gravitacional do centro da galáxia, e após ultrapassá-lo, será o hemisfério norte solar que receberá esta influência gravitacional.

A guinada solar será instantânea, no máximo durará alguns dias, e conseqüentemente todos os planetas do sistema solar passarão pelo mesmo processo.

Enfim o sistema solar inteiro está passando por uma série de transformações que estão sendo estudadas, porém os cientistas não conseguem explicar o motivo, como pode se ver no artigo do Dr. DR. ALEXEY N. DMITRIEV.

Este artigo é muito completo e pode se notar que são dezenas de eventos ao mesmo tempo.

As profecias maias para 2012 podem ser vistas nesses documentários do History channel e Canal Infinito.

Avebury Manor, Inglaterra, 22 de julho de 2008

Uma semana após aparecer esse desenho em uma plantação,




O desenho foi modificado para esse.



A forma utilizada por quem fez esses desenhos para dar seu "recado", foi: dia 15 desenharem como quem quer dizer: "Atentem para essa data", e no dia 22 mudarem o desenho como quem diz: "Neste dia acontecerá isso!"

Analisei durante muito tempo essas formações, pesquisei em vários sites da internet sobre as modificações e admito que existe muita especulação sobre o que representam.

Algumas coisas posso afirmar.

1º: O sol foi aumentado consideravelmente de tamanho, literalmente engolindo os planetas Mercúrio e Vênus.

2º: Atrás do sol sob a perspectiva da terra surge um corpo celeste (Planeta, asteróide ou cometa) vindo da direção da constelação de Libra ou Virgem.



Outra afirmação que posso fazer é em relação a nova formação do lado direito da representação do sistema solar.

Ao contrário do que especulam em sites da internet dizendo se tratar da órbita da lua em relação a terra, trata-se de uma representação do calendário Maia de conta longa.



Notem a semelhança.



Notem também que nesta nova formação aparecerem um cometa na parte superior,



Algo que eu suponho ser uma peça que faz parte do calendário Maia, com 11 círculos externos e um interno.



Além de algumas inscrições no rodapé que suponho explicar o que significa toda a formação.



Alguns sites da internet dizem se tratar, da direita para a esquerda: um diamante, um espermatozóide, uma tartaruga, um espiral, e uma formação estelar, sol abaixo em relação a outras estrelas.

Eu particularmente acredito se tratar também de desenhos Maias que muito podem nos dizer, pois tanto o diamante, que simboliza o "tempo fora do tempo" como pode ser visto nessa representação,



quanto a espiral que faz menção ao tempo circular, fazem parte da cultura Maia.

Infelizmente não sou tão aprofundado nos assuntos dessa civilização para dizer mais, e acredito que cientistas não "perderão tempo" analisando uma formação no campo.

Alguns leitores dirão que estou ligando tudo aos Maias, no entanto, a primeira formação diz respeito à mesma data do término do calendário Maia.

Penso que se foi feita esta observação no primeiro desenho, não tem porque sair do foco na segunda formação.

Por esse motivo peço a todos que, como eu, interessam-se pelo assunto, e tem algum conhecimento ou estudo que possa ajudar a decifrar o que tentaram nos dizer, que o façam.

Gostaria muito de poder mudar a frase de encerramento do artigo, sabendo que descobrimos o que ocorrerá e nos preparamos para isso.

Do contrário.

Só nos resta aguardar até 21 de dezembro de 2012.

MÉTODOS DE CANALIZAÇÃO DE ENERGIAS DE CURA‏

MÉTODOS DE CANALIZAÇÃO DE ENERGIAS DE CURA‏

Três Métodos de Canalização



O Princípio do 1º Método

Neste primeiro método, usaremos o centro energético (chakra) que se encontra entre 35 a 60 cm acima da cabeça.

Ainda que este centro esteja fora do corpo, ele está dentro da aura e representa parte considerável de você.

Ele se assemelha a um sol brilhante.

Quando você se concentra, mentalizando um sol brilhante numa distância entre 35 e 60 cm logo acima da cabeça, a atenção que é focalizada nesta área, emite clarões de consciência e energia para dentro desse chakra, intensificando-o e fazendo-o ampliar-se e luzir com mais força.

Com este método, você aprenderá a canalizar a energia resultante desse centro energético.

Em certo grau, ele está sempre em atividade, mas devido ao fato de a energia seguir o pensamento, ao dispensar-lhe atenção, você involuntariamente o alimenta, ao mesmo tempo em que o amplia ainda mais, tornando-o mais ativo.

Cada um dos três métodos de energia canalizada produz um tipo específico de energia.

Todos eles curam, todos são poderosos, mas cada um possui características próprias e seus "pontos fortes".

Caso apenas um desses métodos funcione melhor com você, sugiro que o use sempre.

Mesmo tendo facilidade com todos eles, muitas vezes um tipo de energia será mais apropriado que outro.



O 1º MÉTODO DE CANALIZAÇÃO utiliza uma energia que tem características de uma "chama luminosa" e contém atributos purificadores.

Se eu quiser desintoxicar alguém ou alguma parte desse alguém, ou quiser "extirpar" uma célula cancerígena, esta é a energia que devo usar. Ela é também a mais difícil e a mais trabalhosa das três.

Em compensação, ela atual melhor em quadros clínicos que inspiram cuidados como cancer, congestão e intoxicação.

Como é difícil dar combate à tensão muscular, recomenda-se, para estes casos, usar uma energia mais branda, que deve penetrá-la e agir mais facilmente sobre ela.

As palavras-chave para este tipo de energia são"força" e "purificação".

As Cinco Etapas

1ª ETAPA:

Assuma a posição adequada (sentada ou em pé), feche os olhos e se concentre.

Ao sentir-se relaxado, imagine um sol brilhante a uma distância de 35 a 60 cm, diretamente acima de sua cabeça.

Continue com os braços soltos, imaginando este SOL SOBRE VOCÊ, o brilho de seus raios derramando-se sobre você e atravessando a parte superior de sua cabeça, enchendo-a de luz.

Procure sentir quão maravilhosa é essa luz radiante.

Imagine-a como a energia pura, presente em todas as formas da Criação.

Use todos os meios que lhe parecerem mais adequados.

Não passe para a 2a etapa até que tenha sentido a carga desse sol ao seu redor, penetrando até o interior da sua cabeça.

Tendo dificuldade para isso, imagine o SOL elevando-se um pouco mais.

Aqui não há insistência, aqui não se força nada. Saiba também que, embora você esteja imaginando ativamente o sol, ele, neste momento, lá está. Sua mentalização apenas ajuda você a tornar-se consciente dele.

E, uma vez adquirida esta consciência, a carga de luz que vem fazer parte de você dependerá de sua disponibilidade para ela, do quanto você renuncie em favor dela.

2ª ETAPA:

Enquanto sua cabeça está repleta da luz deste sol brilhante, sintam-na percorrer o seu corpo, enchendo o tronco, os braços, as pernas e saindo de suas mãos, das pontas e das plantas dos pés.

Agora é importante sentir a energia saindo realmente através das quatro extremidades do seu corpo, ou seja, mãos e pés.

Ao experimentar a luz que percorre o seu corpo, mantenha a atenção sintonizada com a fonte de luz, aquele sol acima de sua cabeça. Sua luz e energia estão invadindo você, purificando seu corpo.



3ª ETAPA:

Quando sentir a energia deste sol fluindo livremente através de seu corpo e além das suas extremidades, imagine que as pontas e plantas dos pés, que servem de saídas para a energia, se fecham, de modo que esta energia chegue aos seus pés, mas não se estenda além deles.

Basta mentalizar e sentir isto, para que tudo aconteça. A energia sempre acompanha o pensamento.

4ª ETAPA:

Depois de fechar as saídas nas pontas e nas plantas dos pés, estenda as mãos confortavelmente à sua frente, com as palmas voltadas uma para a outra, separadas por uma distância de 15 cm.

Ao estender as mãos assim, conservando sua consciência em sintonia com o sol acima de sua cabeça e imaginando sua energia passando sobre você através do seu corpo, você deverá sentir um formigamento entre e dentro de suas mãos.

Ao transportar a consciência para este sentimento (ao mesmo tempo em que a mantém em sintonia com o sol), a sensação se tornará mais forte.

Ela pode ser tão forte ao ponto de fazê-lo sentir a própria energia "afastando" as suas mãos uma da outra no momento em que você as relaxa um pouco.

Permaneça assim por alguns minutos.

Mova as mãos suavemente para frente e para trás, como se estivesse brincando com a energia, desenvolvendo melhor sua sensibilidade em relação a ela.

Quanto mais seu corpo se envolver neste processo de canalização, mais a energia será acessível a você.

Permita que a energia retorne o rumo imaginado.

Pode ser útil a certeza de que não se está diante de um fracasso ou de uma agressão no processo.

Permaneça em atitude confortável e descontraída. Caso o fluxo de energia não suba, recomece da 1a etapa.

5ª ETAPA: Ao sentir a energia plenamente estabelecida, abra os olhos e observe se você ainda pode manter a consciência responsável pelo fluxo de energia.

Verifique se pode prolongar o fluir da energia enquanto volta os olhos para as coisas que estão no recinto.

FASE FINAL: Quando tiver facilidade para canalizar a energia de olhos abertos, será hora de parar.

O Princípio do 2o Método

Assim como no 1o método, escolha uma posição confortável. Assuma a posição adequada (sentada ou em pé), feche os olhos e se concentre.

As Quatro Etapas

1ª ETAPA:

Ao sentir-se relaxado, imagine-se descalço em um campo de relva bem verde.

Sinta, de fato, o verde à sua volta. Imagine que ao relaxar a planta do pé, você pode absorver para o seu corpo a energia verde da grama e da terra.

Tudo o que você tem a fazer é relaxar, sentir a planta do pé se abrir para dar passagem à energia e imaginá-la filtrando-se, deixando o seu corpo repleto dela.

Não tente "forçar" a energia a fluir, deixe-a percorrer todo o caminho até a sua cabeça e então, deixe-a subir ainda mais, até alcançar o centro energético acima da sua cabeça, empregado no 1o Método de Canalização.

Agora você não está se utilizando de uma fonte de energia, está apenas deixando a energia da Terra alcançá-lo, criando a sensação de que você assume a forma de uma grande coluna de luz verde que se levanta desde a base, que é o seu pé, até o centro energético acima de sua cabeça.

Concentrar-se na expressão "energia verde" ou "energia verde da terra" ajuda-o a manter a sensação desse fluxo.

Sinta-se à vontade para repeti-la silenciosamente para si mesmo.

2ª ETAPA:
Quando o seu corpo se sentir repleto da energia verde da terra, mantenha as mãos diante de seu corpo com as palmas voltadas uma para outra.

Mantenha-se relaxado e com a consciência sintonizada com a fonte de energia.

Em poucos minutos você sentirá a energia em suas mãos e entre elas.

Esta sensação será diferente em relação ao 1o tipo de energia.

Liberte-se das ansiedades e expectativas de como esta sensação deveria ser.

Quando este método de canalização for utilizado, poderá haver alguma propensão de curvar-se na direção do solo (como se estivesse tentando se aproximar da terra, sua fonte de energia).

Permaneça sentado numa postura correta e relaxe as costas, mantendo-as descontraídas.

Será mais fácil para a energia subir pelo seu corpo até o centro energético acima da sua cabeça.

3ª ETAPA:

Quando sentir que o fluxo de energia já se estabeleceu plenamente, abra os olhos e descubra se pode manter a consciência responsável pelo fluxo de energia. Veja se pode mantê-la enquanto olha para os objetos do recinto.

4ª ETAPA:

Quando sentir facilidade para canalizar energia com os olhos abertos, tente trabalhar com a energia branca da terra, em lugar da verde. Após familiarizar-se com a energia branca, substitua-a pela violeta, depois pela vermelha, pela azul e outras cores. Observe e reflita sobre as diferenças que ocorrem em você a cada nova cor, enquanto as canaliza.


O Princípio do 3º Método: Trabalhando a Energia Amorosa do Coração

Assim como nos dois primeiros métodos, não se deve "forçar" nada. A energia da terra já existe.

Você não precisa inventá-la. Você sentirá a energia do coração em suas mãos de modo mais delicado e suave do que os tipos de energia utilizados nos dois primeiros métodos.

A energia que provém do coração é a mais branda e confortadora de todas.


As Três Etapas

1ª ETAPA: Feche os olhos, relaxe e se concentre. Escolha qualquer método que lhe ocorrer, objetivando desenvolver a energia do coração. Qualquer que seja a fonte que você utilizar para estar em sintonia com a energia do coração, permita a si mesmo experimentar tanto amor quanto puder.

Preencha com este amor as lacunas que existem dentro de você.

Durante a prática, não é indispensável se manter consciente de seus pés ou do centro energético acima de sua cabeça. Envolva-se simplesmente com os seus próprios sentimentos e eles o ajudarão a experimentá-los (memórias felizes) na área do coração.

2ª ETAPA: Quando estiver transbordando de alegria, com todo o amor que lhe é possível sentir percorrendo o seu coração, estenda os braços para frente e sinta a energia do amor em suas mãos.

Ao sentir a energia nas mãos, concentre-se nesse sentimento e assim aumentará a sua força.

3ª ETAPA: Ao sentir a energia do coração fluir espontaneamente, abra os olhos,descubra se pode manter a consciência que conserva o fluxo de energia.

Descubra se consegue mantê-la assim, enquanto olha para os objetos do recinto.

FASE FINAL: Quando tiver facilidade para canalizar de olhos abertos, será hora de parar.

As Cores


Cada cor contém propriedades características de cura. Ao trabalhar com determinada cor, visualize-a da forma mais nítida possível. As cores imprecisas enfraquecem a energia e não promovem a cura. Você pode utilizar o Segundo Método de Energia Canalizada de Cura para trabalhar com qualquer uma das cores. Basta imaginar que a terra está repleta da cor de que você necessita e senti-la através de seus pés. O Primeiro Método de Canalização serve para a maioria das cores, mas deve-se tomar cuidado com o uso do vermelho, que não se ajusta aos centros energéticos utilizados nesse método. Uma boa opção pode ser o laranja.

Significado das Cores na Aura e no Processo de Cura

Vermelho

É própria da energia e da força física. É uma cor revigorante, mas é preciso tomar cuidado com esta cor, pois devido à sua alta capacidade de produzir estímulos, pode causar inquietação. Por outro lado, pode ser útil no tratamento das deficiências do fígado.

Laranja

É a cor da felicidade emotiva. Casa bem com quem precisa de mais sorrisos e de bom humor na vida. É uma cor para os problemas da bexiga e para a parte da frente dos quadris.

Verde

É a cor básica para o processo de cura. Está ligada ao crescimento, à saúde, à segurança e à recuperação. Representa o caráter individual e o ego.

Amarelo

É a cor do intelecto. É indicada quando o pensamento é confuso. É uma boa cor para os rins e pode ser usada como tônico para o sistema em geral.

Cor-de-rosa

Simboliza o amor incondicional, pois combina em si a brancura do amor incondicional com o vermelho da emoção. O cor-de-rosa é como um alimento para a pessoa que precisa de muito amor ou para um coração que não sabe como dar seu amor. Canalize esta cor para o segundo chakra (pouco acima do púbis) e para o chakra o coração. Essa cor não é usada na recuperação do organismo.

Dourado

Está ligada ao que é permanente e o faz como nenhuma outra cor. Se alguém sofre uma fratura, esta pessoa passa a emitir raios de energia dourada capazes de recuperar os ossos fraturados a fim de dar início ao processo de cura para depois, numa segunda fase, começar a produzir energia de cor verde, que circundará o local afetado, contribuindo para a cura definitiva. O dourado é a cor da reestruturação.

Azul

É a cor da paz. Se alguém anda preocupado, atormentado, nervoso demais ou zangado, o azul restabelece a calma e a tranqüilidade. É também útil para problemas gástricos. O azul é sereno e apaziguante. Na maioria dos casos age como uma cor eficaz no processo de cura e é especialmente boa em casos que exigem repouso e convalescença. É uma cor que alivia,sendo apropriada para todas as situações que envolvem inflamação, mas em casos onde há febre, para que evitemos a ocorrência de calafrios,será melhor usar a cor verde ou branca.

Púrpura

É uma mistura do vermelho com o azul. Pessoas que se entregam à cólera,que é "energia negativa", encontram algum alívio nessa cor.

Violeta

Representa a meditação espiritual, estimula a percepção psíquica. É mais usada na cura de perturbações do espírito e do desequilíbrio emocional em geral, do que na cura dos problemas do corpo.

Branco

Traz em si todas as cores, reunindo aquelas que promovem cura e por isso, pode ser utilizada no tratamento de qualquer caso. Representa pureza, sentimento de proteção e amor espiritual incondicional. http://claudiovelasco.ning.com/profiles/blog/show?id=2852652%3ABlogPost%3A319484&xgs=1&xg_source=msg_share_post







CRÝSTAL FLOWER

100 ANOS DE VIRTUAL EXISTÊNCIA - 1911/2011

Carlos J. D'Almeyda

crystalflower@globo.com

21- 3872-7756 - 9656-3164

Visite o site: www.crystalflower.com.br

Canalizações


O Dia em que os Casais de  Luz da vida entenderem que a felicidade está nas pequenas coisas do dia-a-dia e que o ato de serem Pais está no viver enquanto a criança é criança, o Dia que entenderem isso e praticarem isso... a felicidade será tão grande que não existirá no universo ser que não a note... ( ãcãrya )
**********
Uma das formas de comunicação mediúnicas mais faladas e supostamente utilizadas hoje é a Canalização.
A canalização representa um meio precioso de contato entre  os Instrutores Espirituais e a humanidade, onde são repassadas orientações para objetivar nossa evolução total.

O quem vem a ser canalização?
Ser um Canal, um Transcomunicador é como ser um transformador elétrico, o equipamento que se utiliza para tomar um nível de energia e coloca-lo em outro, modificando-o, para cima ou para baixo.
Num exemplo muito simples, é como se colocássemos uma freqüência de 220 volts para 110 volts ou vice-versa permitindo equilibrar duas polaridades diferentes.

Neste processo, lidaremos com vários Canais Mestres / Instrutores Cósmicos, de realidades dimensionais diferenciadas que nos permitem compreender parâmetros luminosos e freqüências de altíssimo poder energético.
Um desses Seres de Luz é o Mestre Vywamus que nos diz: “Sou um canal, e isto de fato é uma das principais coisas que faço. Os propósitos da Minha Alma ou do Meu Ser estão muito envolvidos conscientemente na transmissão de energia a partir de níveis mais altos. Trago essa energia a partir do Meu Próprio Ser, e a diminuo até um ritmo vibratório talvez um pouco mais lento”. E, nós, canais a serviço do Plano Divino na Terra, aumentamos o ritmo vibratório a partir do nosso próprio ser, nos elevamos para esse contato. A interação é efetuada desta maneira.A canalização é, portanto, um ato de empatia ou de compartilhar, por um breve espaço de tempo, a realidade de outro ser.

História da Canalização
Segundo conta-se, os primeiros casos de canalizações têm origem nas civilizações ligadas as culturas xamânicas, na época pré-industrial.
Os oráculos da Grécia Antiga vieram em seguida. Estes canais trabalhavam em transe profundo. 

Em pleno séc. XVIII surge um importante canal ficando conhecido através da história: o sueco Emmanuel Swedenborg. Era engenheiro e cientista e conhecia nove idiomas. 

Surge no séc. XX, Edgar Cayce, o chamado Profeta Adormecido. Este entrava em transes profundos e os Instrutores Espirituais falavam grandes sabedorias através de sua voz. Cayce trabalhava, basicamente, com cura. 

Na década de 60, Jane Roberts começou a canalizar um ser que se denominava de Seth. Desempenhou este trabalho durante 20 anos, sobre assuntos variados.
Hoje em dia a canalização floresce rapidamente e demonstra que é uma possibilidade que atinge e atingirão muitos. 

Porque eu deveria tornar-me um canal?  

Este é na verdade, um grande serviço prestado a Terra e a tantos outros sistemas universais. 

Este estado também está em alguma parte da consciência dizendo que, são se consegue atingir um ritmo de vibração tão alto quanto num estado de canalização. Este estado vibracional é de extrema importância para aceleração do crescimento espiritual, necessário numa época de tantas mudanças.
Através do canal humano os Seres de Luz podem trazer mais Luz e muito Amor para o seio da Terra também em processo de crescimento. Este é, portanto, um dos mais fortes motivos para trabalharmos a canalização, sendo este o motivo porque estamos aqui.
Um benefício para cada um no processo de canalização é que este ajuda a cada um ter maior conexão com a Terra, um relacionamento harmonioso com esta base.
A fisicalidade é um treinamento. Todos viemos para a Terra com a finalidade de evoluir. É como numa escola que teremos de freqüentar e se formar antes de alcançar o próximo nível. Precisamos aprender antes de assumirmos níveis de responsabilidades mais amplas, a fim de ajudarmos a Fonte no processo de evolução, através da criação.
Como contatamos o nosso Eu Superior no processo de canalização, recebendo orientações do mesmo, esta prática nos habilita ao aprendizado de várias lições que encurtarão nossa estada nessa escola terrena. 

O Que lucram dos Instrutores com seu relacionamento com seres humano?
Nas afirmações feitas por Eles mesmos:
O prazer do serviço;
Expansão do Seu próprio conhecimento e compreensão.

O Que leva um Instrutor a trabalhar com alguém?
Isto acontece de duas maneiras diferentes:
Através de acordos anteriores a esta vida;
Em resposta a nossa solicitação consciente.]


http://www.eusouluz.iet.pro.br/canalizacao.htm

domingo, 29 de maio de 2011

A ENTRADA PARA A ABSOLUTA INTEGRIDADE: O PORTAL 11:11:11


Arcanjo Miguel através de Celia Fenn

Queridos Trabalhadores da Luz, vocês verdadeiramente estão passando por um tempo de grande turbulência e mudança. Alguns de vocês já podem estar sentindo em sua vida os efeitos da abertura do Portal Estelar 11:11:11, que culmina no dia 11 de Novembro. Mas apesar deste ser um tempo desafiante para todos vocês que estão no caminho da Ascensão Consciente, ele será também um tempo de grande Radiação e Claridade. O Dom que é oferecido neste Portal Estelar é o completo alinhamento dos Aspectos Superiores e Inferiores do Ser em Absoluta Integridade.

O Portal 11:11:11 e o seu Significado

Os Portais 11:11 são sempre momentos quando o Planeta experimenta um fluxo de Iluminação Espiritual. Este é o primeiro maior Portal Estelar após o Portal do Leão e o Vórtice Harmônico 8:8 em Agosto. Entretanto, este ano a energia é especialmente poderosa já que o duplo Portal 11 habitual foi elevado para um nível de um portal 11 triplo. Isto porque nos harmônicos energéticos dos números, o 11º do 11º mês de 2005 também se torna um 11 (2+2+7=11).

O vórtice de triplo 11 representa a culminação das energias que foram iniciadas na entrada do triplo 7 ou 7:7:7 em Julho deste ano, precisamente quando o Portal do Leão se abriu. Neste evento a energia ativou o completo Sistema de Doze Chacras dos Humanos Ascendidos Multi-Dimensionais. Nos últimos meses passados vocês, como Trabalhadores da Luz e membros da primeira onda de Ascensão, vêm trabalhando para equilibrar seu Sistema de Doze Chacras e facilitar a ativação dos chacras inferiores com as avançadas energias do Raio Laranja-Rosa, com a assistência do Divino feminino através do despertar das energias do Solar Feminino no Planeta.

Agora, à medida que este equilíbrio é alcançado, vocês são capazes de trabalhar com as energias do Portal Estelar 11:11:11 para trazer os Aspectos Superior e Inferior do seu Ser dentro de completa Harmonia e Alinhamento. Este equilíbrio é alcançado no Chacra do Coração e a importância de estar dentro da Luz do seu Coração e permitir as energias do Coração fluírem neste momento não pode deixar de ser enfatizada.

Não importa quanta negatividade e caos vocês vêem no mundo externo, saibam que este é o momento certo para vocês passarem para dentro da Absoluta Integridade de Intenção e Propósito para alinhar o seu Ser Superior com o seu Ser Inferior e fazer de sua vida uma expressão da Energia Radiante da sua Alma e Espírito. Este também não será um passo fácil para aqueles que escolheram fazer isto, porque tudo o que houver em sua vida que não esteja alinhado com seu Propósito será arrancado de você. Isso significará o fim de relacionamentos e mudanças de trabalho que podem ser chocantes pela sua rápida e intensa desintegração.

Mas, não importa o que aconteça, este é um tempo de absoluta Honestidade, Integridade e Abertura para seu Ser e para os Outros. Estiveram trabalhando, durante os últimos meses, para chegar ao ponto em que suas escolhas são feitas a partir do Coração. Agora essa habilidade vai servir bem a vocês. Quando começarem a demonstrar a realidade da Consciência da Nova Terra, só verão Amor e Beleza. Quando o Velho se vai para deixar lugar ao Novo, vocês responderão com Aceitação e Graça. Saberão que há um Propósito Superior em tudo o que ocorre, sem que importa como isso pareça ou seja percebido por vocês.

Sintomas Energéticos e Físicos do Portal 11:11:11

- Esgotamento físico e necessidade de dormir muitas horas. Isso é porque seus Corpos Físicos e Emocionais estão alinhados com as vibrações Superiores dos Corpos Espirituais para facilitar o completo alinhamento dos seus Aspectos Superior e Inferior.

- Estresse Emocional e fim de relacionamentos. Tudo o que não estiver em integridade, terminará. Alguns finais podem incluir hostilidade à medida em que raivas reprimidas venham à superfície.

- Depressão e tristeza. Um sentimento de ser incapaz de enfrentar ou estar fracassando. Não se preocupem. Isto tem que ser assim e seu Aspecto Superior vai estar dirigindo esse processo de alinhamento. Não é uma prova nem há nada por que passar ou falhar. Se estiverem experimentando estes sintomas de alinhamento, então, já triunfaram neste seguinte passo de seu processo de Ascensão.

- Aumento do caos aparente em sua vida. À medida em que vocês se tornam mais centrados na paz e na quietude de sua Alma e de sua Essência Divina no processo de alinhamento, o mundo externo parecerá cada vez mais caótico e frenético. Não permitam que isto os desequilibre. Permaneçam dentro da sua paz e sua calma neste momento maravilhoso.

- Sentimentos de vazio e solidão e tendência ao choro. Isto é parte da completa entrega ao Aspecto Superior. Vocês liberaram a posse do seu próprio Ego Inferior e entregaram o comando ao Superior. Este processo de alinhamento representa um "não espaço" ou "vazio" no qual o Ser Egóico pode se sentir muito só e perdido. Não permitam que isto subjugue vocês. Saibam justamente que isso passará e vocês avançarão para a completa realização do seu potencial como um Anjo Humano.

- Profundos sentimentos de Paz e Gratidão à medida em que o alinhamento é completado e vocês passam para a plena experiência do Portal 11:11:11. À medida em que despertam para as Mudanças Internas celebrarão o intenso poder que sentirão como se os Aspectos Superiores e Inferiores se juntassem e o fluxo da Energia Cristal e da Consciência Superior passassem através dos seus corpos e dentro do sistema de Rede Cristalina do Planeta. Vocês começarão a sentir um sentimento de completa Harmonia entre si mesmos e o Planeta enquanto suas energias de Nona Dimensão se ativam completamente dentro do Sistema da rede Cristalina. É hora de celebrar!

fonte: http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=2364

Filme illuminati 11/11/11 - Contagem regressiva para o portal se abrir



Filme inspirado em crença apocalíptica estreia em 11/11/11


Darren Lynn Bousman, o diretor de Jogos Mortais 2, 3 e 4, está trabalhando em 11-11-11, filme inspirado na crença de que o número 11 possui um significado oculto e representa uma entidade tentando se comunicar conosco.

O longa será lançado, claro, na data 11 de novembro de 2011 (o 11/11/11 do título), em que, acreditam alguns, "um portal se abrirá e a entidade enfim passará ao nosso plano".

Na trama, depois da trágica morte de sua esposa e filho, o escritor Joseph Crone viaja até a Espanha para rever seu irmão e seu pai moribundo. Não tarda para que ele comece a ter encontros sombrios, acompanhados pelo avistamento do número 11. A curiosidade
logo vira obsessão e Joseph descobre que 11/11/11 não é apenas uma data, mas um aviso.

Fonte: http://www.omelete.com.br/videos/11-11-11-trailer

quinta-feira, 26 de maio de 2011

A CHAMA VIOLETA

A Chama Violeta é uma grande dádiva de Deus. Foi liberada, em 1930, quando Saint Germain apareceu, aos pés do monte Shasta na Califórnia, a Guy Ballard, mensageiro de Deus no Movimento I AM, para libertar a humanidade. Saint Germain deu-lhe a dispensação da Chama Violeta para o planeta Terra. O monte Shasta, na Califórnia, é o principal foco de irradiação da Chama Violeta do Mestre Saint Germain para o planeta Terra.

Para compreender a maravilhosa ação do Espírito Santo, por meio da Chama Violeta, precisamos entender um pouco do atual momento cósmico em que vivemos e também sobre a lei do Carma. Só assim, poderemos avaliar o significado desta tremenda dádiva dada por Deus.

A Chama Violeta apaga e dissolve os erros cometidos pelos filhos de Deus, transmuta estados mentais depressivos em um estado mental alegre e tranqüilo. Ela é mágica e alivia a dor física, emocional e mental.
A Chama Violeta é como uma poderosa vassoura cósmica que varre o lixo de nossas vidas passadas e presente, de nossas cidades, de nossa nação e do nosso planeta também. Queimando este lixo e transmutando-o em Luz; Luz que volta para o nosso Corpo Causal, aumentando, assim, a nossa riqueza espiritual.

Como todos os Raios de Deus, o Raio Violeta, é uma das facetas da mente de Deus. Assim sendo, traz consigo a inteligência e a vontade do Pai. Ela é capaz de identificar, o que pode e o que não pode ser limpo e transmutado em Luz, na pessoa que a está invocando. Exemplo: quando uma pessoa pede para ser libertada de um mal e ela não perdoa este mesmo mal em outras pessoas, então, a Chama Violeta não a libertará deste mesmo mal. Não podemos julgar a ninguém. O julgamento, a Deus pertence.

Podemos enviar um raio de Chama Violeta para libertar pessoas mesmo que estejam longe de nós. Quando fazemos a invocação inicial da Chama Violeta para que atue em nossas vidas, nos purificando, pedimos também para que atue na vida de outras pessoas, citando seus nomes e endereços. Quando não sabemos qual é a causa de um problema, podemos enviar um raio de Chama Violeta, para dissolver o núcleo e a causa do problema. Nós somos condutores dos raios de Deus na Terra.

O Carma negativo é criado quando mal utilizamos a energia que recebemos de Deus com nossos pensamentos, sentimentos, palavras e atos negativos. A cada minuto estamos criando Carma positivo ou negativo. Quando qualificamos a nossa energia com rancor, ressentimento, ódio, tristeza, medo, crítica, condenação ou julgamento, citando apenas alguns dos tipos de má qualificação de energia, ela fica muito pesada para subir a Deus, de onde veio.

Então ela segue a lei do círculo, isto é, dá a volta por todo o planeta, unindo-se a outras energias iguais a ela. Assim, ela volta multiplicada muitas vezes a quem as enviou. Esta energia pesada, volta e acumula-se nas células do indivíduo e em torno dele próprio. Com o acúmulo de negatividade em seu ser, ele acaba por atrair variados tipos de problemas, doenças, acidentes, brigas e muito mais.

A Chama Violeta dissolve os véus de ilusão e ignorância, trazendo, à Luz, a Verdade divina. Só o conhecimento da Verdade pode libertar o homem.

Saint Germain trouxe a energia do amor do raio rosa rubi, simbolizando o Espírito Santo. Esta é a era da justiça, da libertação dos oprimidos, da libertação pela verdade, que vem com a transmutação do Carma pelo correto uso da Chama Violeta. A Chama Violeta é a mistura e união do amor em servir, do raio rosa e do poder da justiça do raio azul. Inicia-se uma era que será de Liberdade, Paz e Iluminação.

Os ventos do Espírito Santo varrem a maldade da Terra. Segurem seus chapéus e alinhem-se de um lado ou de outro. Não dá para ficar "em cima do muro", Jesus disse: "quem não esta comigo, esta contra mim". Quem não faz a opção pela Luz é arrastado pelas trevas. Esta é a hora da colheita, a separação do joio e do trigo. Defina-se agora!

A Chama Violeta funciona e se torna uma realidade em sua vida com o exercício da Sagrada Palavra.

A Chama Violeta sendo uma ação do sétimo raio da consciência de Deus, um aspecto do Espírito Santo, é uma energia de alta freqüência vibratória que penetra no núcleo do átomo, atravessa nossas células, transmuta estados mentais e regenera células envelhecidas ou doentes.

A Chama Violeta transmuta as energias negativas acumuladas em nosso ser, desde a primeira encarnação. Ela consome o Carma de nossas vidas passadas, um a um, camada por camada.
 
http://www.facebook.com/home.php?sk=group_216049525089108

Cianita azul

A Cianita é um mineral que se forma em longos cristais laminados. Como a Selenita, esses longos cristais chatos são estriados. Isso indica que a protuberantes linhas paralelas que cruzam o cristal amplificam e conduze energias elétricas de alta frequência. A frequência da Cianita pode variar, dos estados etéricos de expansão de consciência até níveis mais densos da mente, onde a intuição, a compreensão e o entendimento podem ocorrer. A Cianita, com a simetria de suas fibras, dirige e canaliza a Essência Divina para a substância etérica da mente e cria pensamentos capazes de manter a integridade primal da força espiritual. Essa pedra energizante também permite à mente o acesso aos reinos do pensamento causal que determinam o que se manifesta no plano físico.
O nível causal é o aspecto mais sutil e elevado do que definimos como "mente". É nesse reino que toda a frequência penetrante da força espiritual começa a concretizar em formas de pensamentos. A intenção e a finalidade da Cianita é ligar as linhas de energia do corpo luminoso com o reino causal da mente etérica. Quando ela faz isso, o Chacra Causal é ativado e as leis da luz, que dão origem a ilimitadas possibilidades, podem ser concedidas e incorporadas em todas as formas de raciocínio. Então, a Essência Divina é fortalecida para ajustar os padrôes do pensamento, levando-os a acomodar as formas de pensamento de frequências mais elevadas, sintonizandas com a Estrela da Alma e o Portão Estelar.
A Cianita ativa novos poderes de manifestação ao rejuvenecer os poderes superiores da mente,s adormecidos durante milhares de anos. Com o uso constante de Cianita, a visão do "jardim", que vinha sendo guardada na memória da alma, será recordada e ressusitada.
Cianita é a construtora de uma ponte muito importante, que une o corpo de luz com o físico, através da mente.
Cianita tem o poder de ativar e ampliar o campo de força de outros cristais, inclusive os Guardiões da Terra. Tambem conhecida como a espada de Arcanjo Miguel, Cianita ainda pode ser utilizada como bisturi em cirurgias espirituais e para corte de formas pensamentos negativos.
Uma das principais finalidade da Cianita é estimular a luz branca pura que existe na Estrela da Alma, canalizando-a para os níveis causais da mente. Através dos seus caminhos etéricos estriados de azul, a Cianita abre o portõ de acesso ao Chacra Causal e inicia a mente na pura força espiritual.
 
http://caminhodoscristais.blogspot.com/2010/08/cianita-azul.html

quarta-feira, 25 de maio de 2011

COMPORTAMENTO: Hiperatividade e Distúrbio de Déficit de Atenção (DDA)

VALE A PENA RECORDAR:

Esta postagem foi do dia 03/06/2010. Estou recolocando, pois é um assunto muito interessante, que muitas pessoas ainda possuem dificuldades de entender e que eu, Gisele, sou DDA desde tenra infancia...DDA, Indigo...Violeta...Rosa...meio Cristal....kkkkkk to ainda descobrindo....rsrsrsrs Espero que gostem! De novo.





TDA/H ou DDA

(Transtorno do Déficit de Atenção com hiperatividade ou Distúrbio do déficit de atenção)

O que é?

O TDA/H Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade ou DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas e ambientais, que surge na infância e costuma acompanhar o indivíduo por toda a sua vida. Costuma acometer de 3 a 5% de crianças.

O DDA ocorre como resultado de uma disfunção neurológica no córtex pré-frontal. Quando pessoas que têm DDA tentam se concentrar, a atividade do córtex pré-frontal diminui, ao invés de aumentar (como nos sujeitos do grupo de controle de cérebros normais). Assim sendo, pessoas que sofrem de DDA mostram muitos sintomas, como fraca supervisão interna, pequeno âmbito de atenção, distração, desorganização, hiperatividade (apesar de que só metade das pessoas com DDA sejam hiperativas), problemas de controle de impulso, dificuldade de aprender com erros passados, falta de previsão e adiamento.

Quanto mais você tenta, pior fica!

A pesquisa mostrou que quanto mais as pessoas que têm DDA tentam se concentrar, pior para elas. A atividade no córtex pré-frontal, na verdade, desliga, ao invés de ligar. Quando um pai, professor, supervisor ou gerente põe mais pressão na pessoa que tem DDA, para que ela melhore seu desempenho, ela se torna menos eficiente. Muitas vezes, quando isso acontece, o pai, o professor ou chefe interpretam o ocorrido como um decréscimo de performance, ou má conduta proposital, e daí surgem problemas sérios. Quanto mais pressão, pior.

A verdade é que quase todos nós nos saímos melhor com elogios. Isso é essencial para pessoas com DDA. Quando o chefe as estimula a fazer melhor de modo positivo, elas se tornam mais produtivas. Quando se é pai, professor ou supervisor de alguém com DDA, funciona muito mais usar elogio e estímulo do que pressão. Pessoas com DDA saem-se melhor em ambientes que sejam altamente interessantes ou estimulantes e relativamente tranqüilos.


As pessoas que têm DDA tendem a olhar pelo quarto, desligar-se, parecer aborrecidas, esquecer-se de para onde vai a conversa e interrompê-la com uma informação totalmente fora do assunto. A distração e o pequeno âmbito de atenção podem também fazer com que elas levem muito mais tempo para completar seu trabalho.


Impulsividade

A falta de controle do impulso faz com que muitas pessoas que têm DDA se metam em enrascadas. Elas podem dizer coisas inadequadas para os pais, amigos, professores, outros empregados, ou clientes. Uma vez eu tive um paciente que foi despedido de 13 empregos, porque tinha dificuldade em controlar o que dizia. Ainda que realmente quisesse manter vários dos empregos, de repente punha para fora o que estava pensando, antes de ter a oportunidade de processar o pensamento. Decisões mal pensadas são ligados à impulsividade. Em vez de pensar bem no problema, muitas pessoas que sofrem de DDA querem uma solução imediata e acabam agindo sem pensar. De modo similar, a impulsividade faz com que essas pessoas tenham dificuldade de passar pelos canais estabelecidos do trabalho. Elas freqüentemente vão direto ao topo para resolver os problemas, em vez de seguir o sistema. Isso pode causar ressentimento dos colegas e supervisores imediatos. A impulsividade pode também levar a condutas problemáticas como mentir (diz a primeira coisa que vem a cabeça), roubar, Ter casos e gastar em excesso.


No relacionamento, devido à impulsividade e à falta de pensar antes de agir, muitas pessoas que têm DDA dizem a primeira coisa que vem à mente. E, em vez de pedir desculpas por terem dito uma coisa que magoou, muitas tentam justificar por que fizeram a observação que magoou, só piorando as coisas. Um comentário impulsivo pode estragar uma noite agradável, um fim de semana, ou mesmo um casamento inteiro “.


Comumente, as crianças são taxadas de avoadas, dispersas, desinteressadas, “fora de órbita”, atrapalhadas e inquietas ao extremo, não param. São crianças que dificilmente aceitam regras, limites e o famoso “não”. Mudam constantemente de atividade, não conseguindo concentrar-se por muito tempo. Na idade adulta, este transtorno é associado a problemas como uso de drogas lícitas, ilícitas, além de depressão.

Imagine duas crianças hiperativas de nove anos de idade. A primeira, um menino, que mora no campo, lenhador que derruba um número bem maior de árvores por minuto do que a média e é campeão de seu estado nesta atividade. A segunda, uma menina japonesa que vive em um minúsculo apartamento cheio de peças de porcelana. Provavelmente esta precisará ser medicada, em função do contexto em que vive.

TDAH e o cérebro

Estudos mostram que os portadores do transtorno têm uma falha da conexão da região central orbital do cérebro com o restante dele. Essa área frontal é responsável pela inibição de comportamentos considerados inadequados. Há uma
alteração no funcionamento dos neurotransmissores e suas conexões.

Causas

· Hereditariedade

O aspecto genético em si não é responsável direto pelo transtorno, mas ele aponta para uma pré-disposição ao TDA/H. A proporção de portadores em famílias que apresentam o problema é de 2 a 10 vezes maior, o que aponta para a recorrência familiar. Essa predisposição genética envolve vários genes, que podem ocasionar diferentes níveis de atividade, com respostas diferentes em cada indivíduo.

· Problemas pré-natais (durante a gestação)

· Substâncias ingeridas na gravidez – Apesar de não definir uma relação direta de causa e efeito, estudos mostram que a ingestão de drogas e álcool durante a gestação pode causar alterações na região frontal orbital, o que aumenta a chance do bebê desenvolver o transtorno.

· Saúde materna – Aspectos como hipertensão ou diabetes por exemplo

· Idade materna

· Problemas perinatais (durante o parto até um mês de idade)

Estudos mostram que mães que passaram por algum problema ou trauma no parto tais como: toxemia, eclâmpsia, hemorragia, trabalho de parto demorado, têm mais chances de terem filhos portadores do TDA/H.

· Exposição a chumbo

Crianças que sofreram intoxicação por chumbo podem apresentar sintomas do TDA/H.

· Problemas Familiares


Alguns teóricos apontam os problemas familiares (discussões, baixa instrução dos pais, nível sócio econômico) poderiam causar o TDA/H, mas conclusões levam a crer que estes podem agravar, mas não causar o problema.

· Pré maturidade

· Pós maturidade

· Outras possíveis causas

Todas elas foram cientificamente testadas e nada se provou concretamente

· Corante amarelo

· Aspartame

· Luz artificial

· Deficiência hormonal (tireóide)

· Deficiências vitamínicas


Comorbidades (Quanto mais de uma patologia aparece ao mesmo tempo)


Em diversos distúrbios neurológicos, psicológicos e psiquiátricos, o diagnóstico é difícil, pois não é pontual, ou seja, não há um exame que detecte o transtorno. É um diagnóstico multidsisciplinar, onde vários especialistas são envolvidos para se chegar a um diagnóstico. Outro aspecto que dificulta o diagnóstico é a questão da comorbidade. O TDA/H aparece isoladamente em somente 31% dos casos. No restante, aparece uma ou mais patologias concomitantes o que muitas vezes pode levar a um diagnóstico errôneo. Em 34% dos casos aparece junto com transtornos ansiosos, em 40% com TDO (transtorno desafiador opositor), em 11% com tiques nervosos, em 4% com transtornos do humor, em 14% com transtornos de conduta. As comorbidades ultrapassam os 100% pois em muitos casos há mais do que 2 patologias envolvidas.



Diagnóstico

Há um guia de diagnóstico, extraído do Manual de Diagnóstico e Estatística - IV Edição (DSM-IV) da Associação Psiquiátrica Americana, onde pais, cuidadores e educadores respondem a um questionário que analisa aspectos pertinentes ao dia-a-dia da criança. São analisadas questões a respeito de atenção, concentração, organização, agitação, dificuldades em seguir instruções, dentre outras. Depois são feitas diversas intersecções entre linhas e colunas analisando-se a incidência de cada aspecto. Tudo isso analisado por um especialista que é o único apto para dar o diagnóstico final.

As pessoas que apresentam TDA/H, crianças ou adultos, vivenciam muitas dificuldades em seu cotidiano. São pessoas que têm muita dificuldade em organizar seus materiais, em terminar tarefas planejadas. Os adultos com TDAH costumam ter dificuldade de organizar e planejar suas atividades do dia-a-dia. Por exemplo, pode ser difícil para uma pessoa com TDA/H determinar o que é mais importante dentre muitas coisas que tem para fazer, escolher o que vai fazer primeiro e o que pode deixar para depois.

Em conseqüência disso, quem TDA/H fica muito “estressado” quando se vê sobrecarregado (e é muito comum que se sobrecarregue com freqüência, uma vez que assume vários compromissos diferentes), pois não sabe por onde começar e tem medo de não conseguir dar conta de tudo. Os indivíduos com TODA/H acabam deixando trabalhos pela metade, interrompem no meio o que estão fazendo e começam outra coisa, só voltando ao trabalho anterior bem mais tarde do que o pretendido ou então se esquecendo dele.

Assim, o portador fica com dificuldade para realizar sozinho suas tarefas, principalmente quando são muitas, e o tempo todo precisa ser lembrado pelos outros sobre o que tem para fazer. Isso tudo pode causar problemas na faculdade, no trabalho ou nos relacionamentos com outras pessoas.

Tratamento

Medicamento
Há muita polêmica em torno da medicação do TDA/H. Têm-se falado que está ocorrendo um uso abusivo e indiscriminado dos medicamentos que podem auxiliar no tratamento do portador do TDA/H, que ao mesmo tempo em que auxiliam em problemas como o da concentração por exemplo, também têm muitos efeitos colaterais. Um aspecto importante é o de que nem todo o caso pode ser beneficiado com o medicamento. Aquele grupo em que o TDA/H aparece sozinho, sem comorbidades, pesquisas mostram que a medicação tem efeito muito bom, porém por um curto período de tempo. Por outro lado, quando há comorbidades é preciso tratar conjuntamente as outras patologias, sejam com medicamento e/ou terapia. Há pesquisas que mostram que a criança, muitas vezes, tem uma perda na estatura final. Por isso, muitos especialistas não recomendam o uso dos medicamentos em idade de crescimento.

Tipos de medicamentos mais utilizados



Terapia

A terapia é muito eficiente em grande parte dos casos, principalmente aqueles onde encontramos comorbidades com distúrbios ansiosos e TDO (transtorno desafiador opositor).

Biofeedback (ou neurofeedback)

Uma novidade no tratamento está no biofeedback. A criança ou adulto é conectada a sensores e trabalhada em diversas atividades, como videogames, dependendo da dificuldade e da idade da criança. No caso de déficit de atenção por exemplo, quando a criança distrai-se, a atividade não é concluída e portanto não ganha os pontos. Ou seja, cada vez que o cérebro responde, corretamente ao estímulo esperado, recebe um reforço positivo. Esse tratamento é caro e longo. Para começar a dar resultados são utilizadas, pelo menos, de 20 sessões. O interessante neste caso é que o paciente vai assimilando e extrapolando suas reações para as atividades da vida diária. É um processo de aprendizagem, que depois de treinado, assimilado e bastante utilizado passa a facilitar a vida do paciente.


Outras ações


Escola família e professores


A escolha da escola é um fator fundamental para o trabalho com o TDA/H. É preciso que o professor conheça o distúrbio e juntamente com a escola e família tracem estratégias para adaptar o ambiente à criança.


O aluno com TDA/H precisa sentar próximo à professora, longe da janela, por onde muitos estímulos chegam. A sala de aula deve ser o mais “clean” possível. Tudo para evitar que a criança disperse.


Ao contrário do que se pensa, nas palavras da Dra. Ana Beatriz B. Silva, psiquiatra e especialista em medicina do comportamento, “o problema não é aquele que não presta atenção em nada, mas sim, aquele que presta atenção em tudo, o tempo todo”.


Lista de Checagem do Córtex Pré-frontal

Aqui está uma lista de checagem do córtex pré-frontal. Por favor, leia essa lista de comportamentos e classifique-se (ou as pessoas que você estiver avaliando) em cada comportamento catalogado. Use a escala e coloque o número apropriado ao lado do item. Cinco ou mais sintomas com a nota 3 ou 4 indicam grande probabilidade de problemas no córtex pré-frontal.

Escala para pontuação


0 = nunca


1 = raramente


2 = ocasionalmente


3 = freqüentemente


4 = muito freqüentemente






Questões


01. Incapacidade de prestar atenção a detalhes ou evitar erros por falta de cuidado.


02. Problema em manter a atenção em situações de rotina (dever de casa, tarefas,papelada, etc.).


03. Dificuldade em ouvir.


04. Incapacidade de terminar coisas, seguimento insuficiente.


05. Falha na organização de tempo e espaço.


06. Distração.


07. Pouca habilidade de planejamento.


08. Falta de objetivos definidos ou de pensar no futuro.


09.
Dificuldade em expressar os sentimentos.


10.
Dificuldade em expressar solidariedade pelos outros


11.
Excessivo sonhar acordado


12.
Tédio


13.
Apatia ou falta de motivação


14.
Letargia


15.
Sentimento de vazio de estar "em uma neblina"


16.
Desassossego ou dificuldade de ficar parado.


17.
Dificuldade de permanecer sentado em situações em que se espera que a pessoa fique sentada


18.
Busca de conflito


19.
Falar demais ou de menos


20.
Dar rápido a resposta, antes de as perguntas terem sido completadas.


21.
Dificuldade em esperar sua vez.


22.
Interrupção dos outros ou intromissão (por exemplo: meter-se em conversas ou jogos)


23.
Impulsividade (dizer ou fazer coisas sem pensar antes)


24.
Dificuldade de aprender pela experiência, tendência para cometer erros repetitivos.


Desorganização, outra característica do hiperativo


Desorganização é outro marco importante do DDA. A desorganização inclui tanto o espaço físico, como salas, escrivaninhas, malas, gabinetes de arquivo e armários, quanto o tempo. Freqüentemente quando se olha para as áreas de trabalho de pessoas com DDA, é admirar que possam trabalhar ali. Elas tendem a ter muitas pilhas de "coisas"; a papelada é algo que freqüentemente elas têm muita dificuldade de organizar; e parece que têm um sistema de arquivo que só elas podem entender (e mesmo assim só nos dias bons). Muitas pessoas com DDA têm atrasos crônicos ou adiam as coisas até o último momento. Eu tive vários pacientes que compraram sirenes de companhias de segurança para ajudá-los a acordar. Imagine o que deviam pensar os vizinhos! Essas pessoas também tendem a perder a noção do tempo, o que contribui para que se atrasem.
Hiperativos começam muitos projetos, mas terminam poucos


A energia e o entusiasmo de pessoas com DDA muitas vezes as leva a começar muitos projetos. Infelizmente, pelo fato de serem distraídas e dado o seu pequeno âmbito de atenção, prejudicam sua capacidade de completá-los. Um gerente de uma estação de rádio me disse que ele começara cerca de 30 projetos especiais no ano anterior, mas havia completado uns poucos apenas. Ele me disse: "Estou sempre voltando para eles, mas tenho novas idéias que acabam atrapalhando". Também tratei de um professor que me disse que, no ano anterior ao que veio me consultar, ele começara 300 projetos diferentes. Sua esposa terminou seu pensamento dizendo que ele completara somente três.



Mau humor e pensamento negativo em hiperativos

Muitas pessoas com DDA tendem a ser mal-humoradas, irritadiças e negativas. Como o córtex pré-frontal está pouco ativo, ele não pode moderar totalmente o sistema límbico, que fica hiperativo, levando a problemas no controle do humor. De outro modo sutil, como já mencionado, muitas pessoas com DDA preocupam-se com ou ficam superconcentradas em pensamentos negativos, como uma forma de auto-estimulação. Se não conseguem arrumar confusão com os outros no meio ambiente, buscam isso dentro de si mesmas. Elas freqüentemente têm uma atitude do tipo "o mundo está acabando", o que as distancia dos outros.


Antes o DDA era considerado um distúrbio de garotos hiperativos que o superariam antes da puberdade. Sabemos agora que a maioria das pessoas que têm DDA não supera os sintomas do distúrbio e que este, freqüentemente, ocorre em meninas e mulheres. Calcula-se que o DDA afete 17 milhões de norte-americanos.

• TDAH á a condição crônica de saúde de maior prevalência em crianças em idade escolar.

• O TDAH é o distúrbio neurocomportamental mais comum na infância.

• Estima-se que 4 a 6% da população em idade escolar pode ter TDAH.

• Aproximadamente 2% dos adultos podem sofrer de TDAH.




DESATENÇÃO


• Dificuldades em prestar atenção a detalhes ou errar por discuido em atividades escolares e profissionais;

• Dificuldades em manter a atenção em tarefas ou atividades lúdicas;

• Parecer não escutar quando lhe dirigem a palavra;

• Não seguir instruções e não terminar tarefas escolares, domésticas ou deveres profissionais;

• Dificuldades em organizar tarefas e atividades;

• Evitar, ou relutar, em envolver-se em tarefas que exijam esforço mental constante;

• Perder coisa necessária para tarefas ou atividades ;

• Ser facilmente distraído por estímulos alheios à tarefa;

• Apresentar esquecimento em atividades diárias.




HIPERATIVIDADE

• Agitar as mãos, e os pés ou se mexer na cadeira;

• Abandonar a cadeira em sala de aula ou em outras situações nas quais se espera que permaneça sentado;

• Correr ou escalar em demasia em situações nas quais isto é inapropriado;

• Dificuldade em brincar ou envolver-se silenciosamente em atividades de lazer;

• Estar frequentemente " a mil " ou muitas vezes agir como se estivesse " a todo vapor ";

• Falar em demasia.

IMPULSIVIDADE

• Frequentemente dar respostas precipitadas antes das perguntas terem sido concluídas;

• Apresentar constante dificuldade em esperar sua vez;

• Frequentemente interromper ou se meter em assuntos de outros.



TIPOS DE TDAH



• TDAH com predomínio de sintomas de desatenção
• elevada taxa de prejuízo acadêmico

• TDAH com predomínio de sintomas de hiperatividade/impulsividade
• altas taxas de rejeição e de impopularidade frente aos colegas

• TDAH combinado
• elevada taxa de prejuízo acadêmico
• maior presença de sintomas de conduta, de oposição e desafio

DIAGNÓSTICO DO TDAH

• Pelo menos 6 dos sintomas de desatenção e/ou hiperatividade devem estar presentes

• É importante considerar a duração dos sintomas e a freqência e intensidade dos mesmos

• Considerar o grau de prejuízo dos sintomas

• A avaliação diagnósticada deve envolver os pais, a criança e a escola (professores).



PRINCIPAIS CONSEQUÊNCIAS DO TDAH



• Baixo desempenho escolar

• Dificuldades em relacionamento

• Baixo auto-estima

• Interferência no desenvolvimento educacional e social

• Predisposição a distúrbios psiquiátricos

TDAH E COMORBIDADES


• TDAH e Transtornos Disruptivos (transtornos de conduta e transtorno opositor desafiante) entre 30 e 50%

• TDAH e Depressão entre 15 a 20%

• TDAH e Transtornos de Ansiedade aproximadamente 25%

• TDAH e abuso e/ou dependência de drogas entre 9 e 40%



DICAS GERAIS PARA PACIENTES COM TDAH

• Sente-se com a criança/adolescente a sós e peça sua opinião sobre qual o melhor método para seu aprendizado. Ele frequentemente terá sugestões valiosas

• Lance mão de estratégias e recursos de ensino mais flexíveis até preceber o estilo de aprendizdo do aluno. Isso irá ajuda-lo a atingir um nível de desempenho escolar mais satisfatório.

• Desenvolva em método para auto-informação e monitoração. Ao final de cada semana, reserve alguns minutos para uma conversa com a criança/adolescente, a fim de saber como ela está se saindo em sala de aula. Ouça sua opnião sobre o progresso e dificuldades. É necessário que a criança/adolescente seja agente ativo no processo de aprendizado.

• Crie um caderno " casa-escola-casa ". Isso é fundamental para melhora da comunicação entre os pais e professores.

• Sinalize ao aluno, sempre que possível, sobre sua evolução e sucessos. A criança/adolescente já convive com tantos obstáculos que precisa de todo estímulo positivo que puder obter.

• Procure afixar, em lugar visível, as regras de funcionamento em sala de aula. Os alunos sentem-se mais seguros sabendo o que é esperado dele.

MAIS DICAS

• Lembrem-se de que a regras devem ser breves e claras. Use uma linguagem adequada para o nível de desenvolvimentodos alunos. Evite sentenças muito longas.

• Sempre que possível, transforme as tarefas em jogos. A motivação para o aprendizado certamente aumentará.

• Estimule a criança/adolescente a tomar nota dos pontos mais importantes de cada conteúdo e do que está pensando a respeito. Isso o ajudará a organizar-se melhor.

• Escrever a mão é uma tarefa difícil para muitas destas crianças. Considere possibilidades alternativas, como digitação em computador.

• Elimine ou reduza a frequência de testes cronometrados. Dificilmente, na vida real, a criança terá que tomar decisões tão rápidas. Estes testes apenas estimulam a impulsividade desses alunos.

• Avalie as tarefas executadas mais pela qualidade e menos pela quantidade. O importante é que os conceitos estejam sendo aprendidos.


TDHA E A NOVA ERA: CRIANÇAS ÍNDIGO


O fenômeno índigo vem sendo reconhecido como uma das mudanças mais excitantes na natureza humana já documentadas na sociedade. O rótulo índigo descreve o padrão de energia do comportamento humano que existe em mais de 95% das crianças nascidas nos últimos 10 anos... Esse fenômeno está acontecendo globalmente e os índigos vão acabar por substituir todas as outras cores. Como são crianças pequenas, os índigos são fáceis de se reconhecer pelos olhos incomumente grandes e claros. Extremamente brilhantes e precoces, com uma memória surpreendente e um forte desejo de viver por instinto, essas crianças do próximo milênio são almas sensíveis e privilegiadas, com uma consciência evoluída, que vieram para ajudar a mudar as vibrações de nossas vidas e criar uma única terra, um único globo e uma única espécie. São nossa ponte para o futuro.

Uma das teses de As Crianças Índigo parece ser a de que muitas das crianças diagnosticadas com transtorno do déficit de atenção (TDA) ou TDAH (transtorno do déficit de atenção com hiperatividade) representam "um novo tipo de evolução da humanidade". Essas crianças não precisam de drogas como a Ritalina, mas sim de treinamento e cuidados especiais.

Como reconhecer uma criança índigo:

Elas vêm ao mundo com uma sensação de pertencer à realeza (e muitas vezes agem como tal).
Têm uma sensação de "merecer estar aqui", e surpreendem-se quando as pessoas não a compartilham.
Auto-estima não é uma questão importante. Elas freqüentemente dizem aos pais "quem elas são".
Têm dificuldades com autoridade absolutista (autoridade sem explicações ou escolhas).
Simplesmente não aceitam fazer certas coisas. Por exemplo, esperar em fila é difícil para elas.
Ficam frustradas com sistemas que são ritualísticos e não exigem pensamento criativo.
Muitas vezes vêem maneiras melhores de se fazer as coisas, tanto em casa como na escola, o que faz com que pareçam "destruidores de sistemas" (incompatíveis com qualquer sistema).
Parecem anti-sociais, a não ser quando estão com outras do mesmo tipo. Se não houver outras de consciência semelhante ao seu redor, freqüentemente tornam-se introvertidas, sentindo que nenhum outro ser humano as compreende. A escola, muitas vezes, é socialmente dificílima para elas.
Não reagem à disciplina pela "culpa" ("Espere até seu pai chegar em casa e descobrir o que você fez").
Não têm receio de deixar que você saiba o que elas precisam.

Nos EUA, o Instituto Nacional de Saúde Mental afirma que o TDAH é o distúrbio infantil mais comumente diagnosticado. Afeta cerca de 3% a 5% de todas as crianças em idade escolar. Com tantas crianças afetadas, deve ser fácil encontrar casos de diagnóstico errado, tratamento inadequado, reações adversas a remédios, etc. Relatos de mau uso, porém, não devem substituir estudos científicos e observações clínicas feitas pelos profissionais que tratam essas crianças diariamente.

O que são Crianças e Adultos Indigo e Cristal?

Como é que você sabe se você, ou alguém que conhece, é uma criança ou adulto Indigo ou Cristal?

Nós vamos descrever as particularidades e caracteristicas principais destas pessoas. Mas queremos destacar que o fenómeno Indigo/Cristal é o próximo passo na nossa evolução como espécie humana. Nós estamos todos, de certa maneira, nos tornando Indigos e Cristais. Elas estão aqui para nos mostrar o caminho, e por isso a informação pode no geral ser aplicada a todos nós, à medida que nós fazemos a transição para a próxima etapa do nosso crescimento e evolução.

As Crianças Indigo têm encarnado na Terra nos ultimos 100 anos. Os primeiros Indigos eram pioneiros e mostradores de caminho. Depois da Segunda Guerra Mundial, nasceram um numero significante delas, e estes são os adultos Indigo de hoje. No entanto, na década 70 uma onda grande de Indigos nasceu, e por isso agora temos uma geração inteira de Indigos que estão agora nos fins dos seus vinte anos e no principio dos seus trinta anos e que irão tomar o seu lugar como lideres deste mundo. Os Indigos continuaram a nascer até mais ou menos o ano 2000, com mais habilidades e maior grau de sofisticação tecnológico e criativo.

As Crianças Cristais começaram a aparecer no planeta a partir de 2000, embora alguns digam que começaram a aparecer um pouco mais cedo. Estas crianças são extremamente poderosas, e o objetivo principal delas é levar-nos ao próximo nível de evolução, para revelar-nos o nosso poder interior e divindade. Elas funcionam como uma consciência de grupo em vez de individuais, e vivem pela "Lei da Unidade" ou Consciência de Unidade. Elas são uma poderosa força de amor e de paz no planeta.


Os Adultos Indigos e Cristais são compostos de dois grupos. Em primeiro, existe aqueles que nasceram como Indigos e que estão agora fazendo a transição para Cristais. Isto quer dizer que eles passarão por uma transformação espiritual e fisica que acorda a sua consciência "Cristica" ou "Cristal" e que os liga às Crianças Cristais como parte da onda evolucionária de mudança. O segundo grupo são aqueles que nasceram sem estas qualidades, mas que as adquiriram trabalhando arduamente e seguindo diligentemente um caminho espiritual. Sim, isto quer dizer que todos nós temos o potencial de ser parte deste "grupo" emergente de "anjos humanos".

O seguinte extrato descreve a diferença entre Crianças Cristais e Indigos. É do artigo "Crianças Indigos e Cristais" da Doreen Virtue:

A primeira coisa que a maior parte das pessoas observa nas Crianças Cristais são os seus olhos, grandes, penetrantes, e a sua imensa sabedoria. Os olhos delas fixam-se em você e te hipnotizam, enquanto você chega à conclusão que a sua alma está sendo revelada para a criança. Talvez tenha se apercebido desta nova e especial "raça" de crianças que está a povoar rapidamente o nosso planeta. Elas são felizes, encantadoras e inclinadas ao perdão. Esta geração nova de "trabalhadores de luz", tem idades mais ou menos entre os 0 a sete, e são totalmente diferentes das gerações anteriores. Sendo ideal em vários aspectos, elas apontam na direção para onde a humanidade está se dirigindo... e é uma ótima direção!

As crianças mais velhas (aproximadamente com a idade entre os 7 e 25), e que se chamam "Crianças Indigo", partilham algumas caracteristicas com as Crianças Cristais. As duas gerações são bastante sensiveis e psiquicas, e têm objetivos de vida importantes. A maior diferença é o seu temperamento. Indigos têm um espirito de guerreiro, porque o seu propósito coletivo é de esmagar os velhos sistemas que já são inúteis. Elas estão aqui para pôr termo aos sistemas de governo, educacionais e legais que não têm integridade. Para fazer isto elas precisam de temperamentos e determinação impetuosa.

Aqueles adultos que resistem a mudança e que dão valor à conformidade, podem não perceber os Indigos. Elas são frequentemente e erradamente classificadas com diagnósticos psiquiátricos de Transtorno do Déficit de Atenção com HiperAtividade (TDAH) ou Transtorno do Déficit de Atenção (TDA). Infelizmente, porque elas são medicadas, as Indigos frequentemente perdem a sua bela sensibilidade, dádivas espirituais e energia de guerreiro.... Em contraste, as Crianças Cristais são bem-aventuradas e de temperamento uniforme. Claro, podem ter ataques de fúria ocasionalmente, mas a maior parte destas crianças são inclinadas ao perdão e tranquilas. As Cristais são a geração que beneficia da precursão dos Indigos. Primeiro, as Crianças Indigos lideram com uma machete, cortando tudo que não tem integridade. Depois as Crianças Cristais seguem o caminho aberto para um mundo mais seguro e protegido.

Os termos "Indigo" e "Cristal" foram dados a estas gerações porque eles descrevem com precisão as suas cores de aura e de padrões de energia. As Crianças Indigos têm bastante azul-indigo nas suas auras. Esta é a cor do "chacra do terceiro olho", que é o centro de energia localizado na cabeça entre as sobrancelhas. Este chacra regula clarividência, ou a habilidade de se ver energia, visões, e espiritos. Muitas das Crianças Indigos são clarividentes.

As Crianças Cristais têm auras opalescentes, com matizes lindas de pastel com côres múltiplas. Esta geração também demonstra uma fascinação por cristais e pedras.....

As Crianças Indigo podem sentir desonestidade, como um cão pode sentir medo. As Indigos sabem quando estão mentindo para eles, sendo manipuladas, ou sendo tratadas de forma condescendente. E como o seu propósito coletivo é nos introduzir a um novo mundo de integridade, os seus detectores interiores de mentiras são indispensáveis. Com mencionei antes, alguns adultos sentem-se ameaçados por este espirito de guerreiro. E as Indigos são incapazes de se conformar com situações disfuncionais em casa, trabalho ou escola. Elas não têm a habilidade de se desassociar dos seus sentimentos e fingir que está tudo bem... a não ser que estejam medicadas ou com sedativos.

Os dons espirituais inatos das Crianças Cristais são também mal compreendidos. Especificamente, as suas habilidades telepáticas, que as levam a falar mais tarde na vida.

No novo mundo que os Indigos estão introduzindo a nós, estaremos muito mais conscientes dos nossos pensamentos e sentimentos intuitivos. Não contaremos tanto com a palavra escrita ou falada. A comunicação será mais rápida, mais direta e mais honesta, pois será de mente para mente. Já nesta altura podemos ver um número de pessoas, e está a aumentar, que estão a tomar contacto com as suas habilidades psiquicas. O nosso interesse no paranormal nunca esteve tão alto, acompanhado por livros, programas de televisão, e filmes sobre o tópico.

Por isso, não é surpreendente que a geração que se segue aos Indigos, seja incrivelmente telepática. Muitas das Crianças Cristais têm padrões de fala retardada, e não é incomum para elas esperarem até terem 3 ou quatro anos para começar a falar. Mas pais dizem-me que não têm problema nenhum em comunicar com as suas crianças silenciosas. Muito longe disso! Os pais metem-se em conversa mental com as suas Crianças Cristais. E as Cristais usam uma combinação de telepatia, de linguagem gestual própria, e de sons (incluindo canção) para transmitir o seu ponto de vista.

A dificuldade começa quando as Cristais são julgadas por médicos ou educadores como tendo padrões de fala "anormais". Não é coincidência que à medida que o número de Crianças Cristais nascidas aumenta, que o número de diagnósticos de autismo atinge um número recorde.

É verdade que as Crianças Cristais são diferentes das outras gerações. Mas porque é que temos de encontrar razões patológicas para estas diferenças? Se as crianças estão se comunicando com sucesso em casa, e os pais não estão reportando nenhum problema... porque tentar criar problemas? O critério para diagnosticar o autismo é bastante claro. Declara que uma pessoa autista vive no seu próprio mundo, e está desligada das outras pessoas. A pessoa autista não fala por causa de um desinteresse em comunicar com outras pessoas.

As Crianças Cristais são totalmente o oposto. Elas são consideradas como uns dos seres mais ligados, mais comunicativos, mais carinhosos e mais amorosos de qualquer uma das gerações. Também são bastante filosóficas e têm dons espirituais. E elas exibem niveís nunca vistos de bondade e sensibilidade para este mundo. As Crianças Cristais espontaneamente abraçam e preocupam-se com pessoas carentes. Uma pessoa austista não faria isso!

No meu livro "A educação e alimentação das Crianças Cristais", eu escrevi que ADHD (que em português é TDAH para Transtorno do Déficit de Atenção com HiperAtividade) devia significar "Atenção Ligada a uma Dimensão Superior". Isto descreve mais exactamente esta geração. Na mesma veia, as Crianças Cristais não justificam um rótulo de autismo. Elas não são autistas! Elas são FANTÁSTICAS!

Estas crianças merecem respeito, e não rótulos de disfunção. Se há alguém que é disfuncional, são os sistemas que não estão se acomodando a evolução continua da espécie humana. Se nós envergonhamos as nossas crianças com rótulos, ou se as submetemos por medicação, então teremos enfraquecido insidiosamente uma dadiva mandada pelos céus. Nós esmagaremos uma civilização antes que tenha tempo de formar raízes. Afortunadamente, há muitas soluções positivas e alternativas. E o mesmo céu que nos mandou as Crianças Cristais pode nos assistir, nós que defendemos estas crianças........

Obrigada pela atenção de todos a estes artigos!

Fontes da Pesquisa:
http://guiadobebe.uol.com.br/
http://www.orientacoesmedicas.com.br
http://www.skepdic.com/brazil/indigo.html
http://starchildglobal.com/portuguesa/articles/what-pt.html