sábado, 31 de julho de 2010

MITOS E LENDAS DOS ORIXÁS: YANSÃ, OYÁ, SANTA BÁRBARA

Quem é Yansã?



É a senhora dos ventos, das tempestades. Como Orixá  altiva, poderosa, guerreira, Iansã tem a força que aplaca os raios e os trovões. É  valente e briguenta, não aceita ordens nem escuta desaforos.

É independente, nunca se deixa dominar, só obedece a si própria. Seu temperamento, sensual e autoritário. É o único Orixá com poder para controlar a ação de espíritos negativos. Junto com  Omolú  é a dona dos cemitérios sua cor é o amarelo escuro , é sincretizada  com santa Barbara, festejada em 4 de dezembro. Seu dia na semana é segunda- feira , mas nas quartas-feiras também é cultuada, talvez por sua relação com Xango.

Iansã pode ser ligada ao arcano do tarô a Imperatriz, ela representa como Orixá, a mulher que pode governar dentro da realidade terrena, ligando o espírito com a carne. Esse arcano sugere uma ligação espiritual pelo emblema da águia no escudo que carrega. A conotação material é maior que a espiritual, pois o arcano traz entre outros significados, a mensagem das riquezas  e da fartura como forma de contentar o espírito. Na mitologia grega esse Orixá é representado por Juno ou Hera, deusa combativa da guerra. A palavra chave de Iansã é oculto.


O Físico e o Temperamento


Os filhos de Iansã são como ela: livres e independentes, não dão nenhuma importância a opinião alheia . Amam a natureza, adoram viajar são extrovertidos e gostam de diversões.
Audaciosos, poderosos e autoritários como ela, os filhos deste Orixá não aceitam afrontas e encaram qualquer desafio prontamente. Sua atitude é geralmente brusca e eles tendem a intimidar seus rivais com uma violência verbal que não mede palavras. Nada fica por dizer ou fazer quando um filho de Iansã reage. Se não provocado, contudo , é uma pessoa capaz de ter um temperamento cordato e tranqüilo. A cólera de Iansã é igual a de seus filhos: violenta e assustadora,ela não suporta ser contrariada.



São ciumentos, não admitem  traição, mas são facilmente envolvidos em confusões sentimentais pois deixam-se seduzir por promessas e elogios. Numa união analisam sempre as vantagens materiais e tendem a escolher alguém com posição social e financeira acima dele.
Adoram  ser adulados, mas não se deixam levar por elogios falsos, pois sabem exatamente quais são seus defeitos e suas qualidades. Os filhos deste Orixá tem domínio invejável sobre sua personalidade. As restrições e limitações são vencidas com força de vontade férrea. Não há nada que eles  se decidam a fazer que não consigam, não há obstáculo capaz de dete-los, nem inimigo capaz de derruba-los.

Os impedimentos serão superados, um a um, com determinação e capacidade. São vingativos com os desleais,com os fracos, os mentirosos e com os trapaceiros. São difíceis de perdoar e de serem complacentes, são rígidos em suas atitudes e inflexíveis em suas opiniões. Os olhos dos filhos de Iansã conseguem ver a alma das pessoas, pelo olhar eles  dominam  e conhecem  todos. Seus  corpos geralmente são fortes, emanando vitalidade e sensualidade. Não falam muito, não tem gestos bruscos, parecem totalmente equilibrados. Mas esta calma é superficial  e a qualquer momento pode vir uma tempestade pois por dentro eles estão em permanente ebulição.



A franqueza dos filhos de Iansã é sempre verdadeira, nunca dirão alguma coisa só para agradar. Seus elogios são verdadeiros, suas críticas são contundentes e suas opiniões diretas. Normalmente são adorados ou odiados. Corajosos não tem medo praticamente de nada, nem mesmo da morte, nas emergências consegue pensar com frieza e agir com rapidez, são dotados de profundo poder de observação, não há como manter nada escondido deles. Bem sucedidos nos estudos, porque tem auto-controle e aptidão para aprender com rapidez. São afetuosos e apaixonados , embora pouco o demonstrem. Os sonhos e pesadelos são quase uma constante para esses filhos. Na maturidade tendem  a desenvolver depressão e vão tentar  resolver sozinhos esse problema.

Amor e Casamento

São amorosos e sensuais, querem alguém com temperamento educado, cortês, amável, encantador e romântico, que consiga equilibrar suas maneiras áridas. Uma companhia capaz de aparar as arestas que eles vão deixando pelo caminho, pacificadora e firme no controle das situações difíceis que eles criam. Esse alguém tem que saber se opor com firmeza aos excessos que os filhos de Iansã cometem, não deve ser muito dócil , o que lhes pareceria fraco, nem intimidador.

A paixão é a mola que impulsiona os filhos de Iansã, vão exigir de seus parceiros uma reputação e comportamento impecáveis, são extremamente fiéis e consideram a fidelidade um assunto muito sério. Há filhos de Iansã que experimentam de tudo antes de se resolverem a manter um relacionamento verdadeiro, são raros, e mesmo esses quando saem desta fase, consideram-se limpos, pois não permitem que sua alma seja poluída. O ciúme dos filhos de Iansã é terrível, é preciso muita coragem para enfrenta-lo. Sendo magoado ou traído não costuma manifestar seus sentimentos,disfarçando suas emoções através de um comportamento frio e distante.Casado será dedicado ao lar e a família. Todos tem que gostar do que ele gosta, ir onde ele vai. Este comportamento é muito sufocante, seus filhos mais tarde reagirão a tantas imposições.


São muito severos e exigentes na educação dos seus filhos, impostando rígida disciplina na infância, dosando com amor esta rigidez, o que fará com que seu valor seja reconhecido mais tarde  em fase adulta.

Poderão ter envolvimento com drogas na fase adulta, o que determinará o fim da relação, já que o seu temperamento explosivo fica incontrolável sob a ação do vício. Outro problema para manter a relação é a incompatibilidade sexual, pois se esse filho não encontrar em seu parceiro retribuição e constante satisfação dos seus desejos, tudo pode terminar.

Trabalho e Dinheiro



Tudo o que envolve criatividade e imaginação está indicado ao filho de Iansã. Sua capacidade de ganhar dinheiro é grande. Sabe lidar com finanças, pois embora goste de gastar dinheiro, sabe fazer crescer o que ganha com seu trabalho, seus investimentos produzem lucros e lhe garantem segurança. Atividade constante mantém o filho de Yansã saudável e tranqüilo , parado fica frustrado e deprimido ou impaciente e irritado. Para ele é essencial sentir-se produtivo.

Como patrão é exigente e motivador. Controla tudo detalhadamente e procura não deixar nada passar despercebido. È infatigável e exige de seus subordinados muita disposição para o trabalho. Não gosta de ser adulado mas quando o elogio é sincero se envaidece e fica secretamente feliz.

Como empregado é trabalhador, discreto e eficiente, leal a si próprio , seu objetivo é dar o que recebe pelo salário que lhe pagam, por isso se for bem pago produzirá muito, é competente com o que é de sua obrigação, não perde tempo desnecessáriamente , mas ficará em um determinado emprego enquanto lhe for conveniente.

Saúde

A saúde do filho de Yansa é boa, tem corpo forte e bem constituído , adoece por causa de trabalho pesado, depressão, melancolia ou por cometer excessos.
Seus pontos fracos são o útero e os ovários nas mulheres, a bexiga e a uretra nos homens. Sujeito a problemas no fígado que alteram sua disposição e os obrigam a se afastarem de determinados alimentos que gosta muito, mas seu poder de recuperação é surpreendente, é capaz de reverter um quadro de doença apenas usando sua força de vontade, a força de Yansã dá aos seus filhos o poder de curar o corpo através da mente.

Por causa de atividades físicas está sujeito a problemas nas pernas, tornozelos, costas, coluna e varizes. São vulneráveis a acidentes com fogo e explosivos e é na idade madura que ele corre o risco de descrer de si mesmo e de seus objetivos passados. É quando a depressão pode vitima-lo, a religião ou o redirecionamento do trabalho nesta fase poderá ajuda-lo servindo como antídoto para esses males.

O Homem de Yansã


Dotado de espírito extremamente forte é capaz de enfrentar tudo que o destino colocar em sua vida, dotado de olhos expressivos irradia uma personalidade determinada e de força positiva, amoroso, generoso, leal, capaz de emoções profundas mas, no entanto, é capaz de vingar cruelmente afrontas recebidas, tratar friamente quem mais ama, viver de forma egoísta e ter explosões violentas. Tem inata habilidade de lidar com o oculto, é místico e exotérico, está preparado espiritualmente a animar e controlar seus irmãos.

A Mulher de Yansã


Surpreendente pelos defeitos e qualidades que possui, ardente e leal, é uma mulher que nunca foi dominada, adora a liberdade e não admite perde-la, de temperamento forte precisa de suavidade em sua vida , só que as vezes confunde suavidade com fraqueza e sonhos com romantismo. É exigente e afetiva e transmite a seus filhos muita sabedoria. Quando estão infelizes tendem a dormir demais. Extremamente ciumenta e perspicaz, faz com que seja impossível dela se esconder qualquer coisa, descobre mentiras ou segredos como se adivinhasse, embora seja investigadora e curiosa descobre as coisas por intuição, um lampejo, uma idéia que lhe vem a mente e a ela basta ir lá e conferir.

Pode ser excelente médium , extremamente mística será atraída por religiões afins. A viuvez, as separações e as heranças estão presentes em sua vida como forma de liga-la a seu Orixá pois a morte e a regeneração são uma constante no destino de Yansã.

Lenda de Yansã
Segundo o Candomblé
Iansã, Yansan ou Inhaçã é sincretizada por Santa Barbara. É a Senhora dos Raios. Seu símbolo é uma taça ou cálice. Também conhecida como a Dona dos Ventos e das Tempestades, é a Iabá de temperamento mais forte, dotada de uma força bélica que encontra correspondência no lado masculino em Ogum.

Nas lendas provenientes do Candomblé, Iansã foi mulher de Ogum e depois de Xangô, seu verdadeiro amor. Xangô roubou-a de Ogum. Dona de temperamento forte, é uma guerreira, e não vem a ser uma mãe como Oxum e Yemanjá, e sim uma rainha, mesmo tendo 9 filhos. Ela é a senhora dos eguns, das almas, e não é raro que seus filhos tenham mais entidades diferentes lhes acompanhando do que os filhos de outros orixás.
Suas Guias são amarelas, diferentemente das de Candomblé, que podem ser vermelhas ou corais, dependendo da qualidade de Iansã a que se refiram.


Seus maiores símbolos são os chifres de búfalo, o alfanje, a adaga, e o eruesin. Iansã Guerreira, batalhadora e valente, Iansã possui como símbolos o cálice, a espada e o leque. Na umbanda, costuma vestir a cor Azulão. Em geral, costuma ser sincretizada com Santa Bárbara, havendo, no entanto, variações a depender da qualidade considerada. Oyá Funã, por exemplo, é sincretizada com Santa Madalena, enquanto Oyá Iybalé com Santa Joana D'Arc.

. É um Orixá feminino muito famoso, sendo uma das mais populares figuras entre os mitos do Candomblé no Brasil, Portugal e África, onde é predominantemente cultuada sob o nome de Oyá. Iansã é mãe dos nove orum, dos nove filhos, do rio de nove braços, a mãe do nove, Iansã.
. Embora seja saudada como a deusa do rio Níger, Yansã está relacionada com o elemento fogo. Na realidade, indica a união de elementos contraditórios, pois nasceu da água e do fogo, da tempestade, de um raio que corta o céu no meio da chuva, é a filha do fogo. A tempestade é o poder manifesto de Yansã, rainha dos raios e das ventanias.

. Yansã é uma guerreira por vocação, sabe ir à luta e defender o que é seu, sendo a batalha do dia-a-dia, a sua felicidade. Ela sabe conquistar, seja no fervor das guerras, seja na arte do amor. Mostra o seu amor e a sua alegria contagiantes na mesma proporção que exterioriza a sua raiva e o seu ódio. Dessa forma, passou a ser identificada muito mais com todas as atividades relacionadas ao homem, que são desenvolvidas fora do lar; portanto não aprecia os afazeres domésticos, rejeitando o papel feminino tradicional. 


Yansã é a mulher que acorda de manhã, beija os filhos e sai em busca do sustento. O fato de estar relacionada a funções tipicamente masculinas não afasta Yansã das características próprias de uma mulher sensual, fogosa e ardente; ela é extremamente feminina e o seu número de paixões mostra a forte atração que sente pelo sexo oposto. Yansã teve muitos homens e verdadeiramente amou todos. Graças aos seus amores, conquistou grandes poderes e tornou-se Orixá. Assim, Yansã tornou-se mulher de quase todos os Orixás. Ela é arrebatadora, sensual e provocante, mas quando ama um homem só se interessa por ele, portanto é extremamente fiel e possessiva. Todavia, a fidelidade de Yansã não está necessariamente relacionada a um homem, mas às suas convicções e aos seus sentimentos.

. O temperamento de Yansã como Orixá costuma ser instável, exagerado e até dramático em questões que, não mereceriam tanta atenção e, principalmente tão grande dispêndio de energia.
. Ao mesmo tempo em que têm caráter cheio de variações, de atitudes súbitas e imprevisíveis, costuma fascinar os que a cercam. Extrovertida e chocantemente direta. Ciumenta, possessiva, mostra-se muitas vezes incapaz de perdoar qualquer traição. Todas essas características fazem de Iansã a Orixá com mais dificuldade em manter relacionamentos duradouros e é a Orixá que sempre está disposta a destruir tudo com o seu vento forte e arrasador.



Foi a única mulher de Xangô que o acompanhou na sua fuga para a terra de Tapa, mas se desencorajou em Ira, sua cidade natal, onde, de acordo com o ditado “Oyà wole ni ile Ira, Sango wole ni Koso” (Oyà entrou na terra na casa de Ira, Xangô entrou em Koso), ela suicidou-se ao receber a noticia da morte de Sango. Oya tornou-se adivindade do Rio Níger. Os tornados e tempestades são as marcas do seu descontentamento.

 Qualidades:
Oyà Biniká
Oyà Seno
Oyà Abomi
Oyà Gunán
Oyà Bagán
Oyà Onìrá
Oyà Kodun
Oyà Maganbelle
Oyà Yapopo
Oyà Onisoni
Oyà Bagbure
Oyà Tope
Oyà Filiaba
Oyà Semi
Oyà Sinsirá
Oyà Sire
Oyà Gbale ou Igbale (aquela que retorna a terra)que se subdivide em:
  • Oyà Gbale Funán
  • Oyà Gbale Fure
  • Oyà Gbale Guere
  • Oyà Gbale Toningbe
  • Oyà Gbale Fakarebo
  • Oyà Gbale De
  • Oyà Gbale Min
  • Oyà Gbale Lario
  • Oyà Gbale Adagangbará
Estas Oyàs Gbale ou Igbale estão ligadas ao culto dos mortos, quando dançam parecem expulsar as almas errantes com seus braços. Tem forte fundamento com Omulu, Ogun e Exú.
Oyà Mesan – Um de seus epítetos. Espírito meio animal meio mulher, foi esposa de Oxóssi e Xangô
Oyà Petu
– Nesse aspecto ela convive com Xangô. Senhora dos ventos, esposa de Xangô e amante de Ossain, fundamento com as árvores e suas folhas, guerreira usa cobre.
Oyà Onira
– Rainha da cidade de Ira, guerreira e agressiva, companheira de Oxum, dona das estradas, principalmente com nas encruzilhadas, tem quizila com Ogum.
Oyà Odo
– Simboliza o amor e o sexo, o prazer, fundamento na água.
Oyà Bagan
– Fundamento com Oxossi
Oyà Egunita
– Fundamento com Ogum Wari e Ode
Oyà Onisoni
– Fundamento com Omulú
Oyà Tope
– Uma de suas formas. Fundamento com Ogum Soroquê
Oyà Agangbele
– Nesse caminho mostra a dificuldade quando a geração de filhos.
Oyà Lesseyen
– Uma das Igbales que mora no próprio Lesseyen.
Oyà Ate Oju
– Orixá Igbale num aspecto dificil de Oyá quando caminha com Nana.
Oyà Ogaraju
– uma das mais antigas no Brasil.
Oyà Arira
– Uma de suas formas.
Oyà Doluo
– Eró Ossain; culto Nagô.
Oyà Kodun
– Eró com Oxaguian.
Oyà Bamila
– Eró Olufon.
Oyà Kedimolu
– Eró Oxumare = Omolu.

Oyá é dividida em nove partes
Antes de tornar-se esposa de Xangô, Oyá vivia com Ogun. Ela vivia com o ferreiro e ajudava-o em seu ofício, principalmente manejando o fole para activar o fogo na forja. Certa vez Ogun presenteou Oyá com uma varinha de ferro, que deveria ser usada num momento de guerra. A varinha tinha o poder de dividir em sete partes os homens e em nove partes as mulheres. Ogun dividiu esse poder com a mulher.
Na mesma aldeia morava Xangô, ele sempre ia à oficina de Ogun apreciar seu trabalho e em várias oportunidades arriscava olhar para sua bela mulher. Xangô impressionava Oyá por sua majestade e elegância. Um dia os dois fugiram para longe de Ogun, que saiu enciumado e furioso em busca dos fugitivos. Quando Ogun os encontrou, houve uma luta de gigantes. Depois de lutar com Xangô, Ogun aproximou-se de Oyá e a tocou com sua varinha, e nesse mesmo tempo Oyá tocou Ogun também, foi quando o encanto aconteceu: Ogun dividiu-se em sete partes, recebendo o nome de Ogun Mejê, e Oyá foi dividida em nove partes, sendo conhecida como Iansã, “Iyámesan”, a mãe transformou-se em nove.
Notas bibliográficas
Mitologia dos Orixás – Reginaldo Prandi – 2001
(2)
Iansã é traída pelo Carneiro
Um dia Oxum e outro alguém queriam fazer mal a Iansã, Colocaram o feitiço num bracelete de Oxum e o puseram dentro de uma caixa para que fosse entregue a Iansã.
Agbô, então, foi chamado para levá-lo a Iansã, Agbô era o dono dos carneiros, dono dos agbôs. Tudo o que ocorria no palácio era espalhado por meio da língua de Agbô, o Carneiro, mas Iansã, com sua arguta intuição, pressentiu o que lhe vinha por meio de Agbô.
Ela, então, foi ao encontro do Carneiro e na forma de um vento abriu a caixa e trocou o bracelete por um pequeno pássaro. Agbô foi um instrumento contra Iansã, mas Iansã sentiu-se traída por ele.
Desde então Iansã odeia carneiros e não aceita nem se quer comê-los.
Notas bibliográficas
Mitologia dos Orixás – Reginaldo Prandi – 2001
(3)
Oyá ganha de Obaluaiyê o reino dos mortos
Certa vez houve uma festa com todas as divindades presentes. Omulu-Obaluaiyê chegou vestindo seu capucho de palha. Ninguém o podia reconhecer sob o disfarce e nenhuma mulher quis dançar com ele. Só Oyá, corajosa, atirou-se na dança com o Senhor da Terra.
Tanto girava Oyá na sua dança que provocava vento. E o vento de Oiá levantou as palhas e descobriu o corpo de Obaluaiyê. Para surpresa geral, era um belo homem.
O povo o aclamou por sua beleza. Obaluaê ficou mais do que contente com a festa, ficou grato. E, em recompensa, dividiu com ela o seu reino. Fez de Oiá a rainha dos espíritos dos mortos.
Rainha que é Oiá Igbalé, a condutora dos eguns. Oiá então dançou e dançou de alegria. Para mostrar a todos seu poder sobre os mortos, quando ela dançava agora, agitava no ar o iruquerê, o espanta-mosca com que afasta os eguns para o outro mundo.
Rainha Oiá Igbalé, a condutora dos espíritos. Rainha que foi sempre a grande paixão de Omulu.

Notas bibliográficas
Mitologia dos Orixás – Reginaldo Prandi – 2001


sábado, 24 de julho de 2010

Acupuntura e reiki agora têm explicação científica

Pesquisadores avaliam efeitos e mecanismo de terapias alternativas em animais de laboratório

por Bruna Bernacchio
Matheus Lopes Castro
Ricardo Monezi testou o Reiki em ratos com câncer (Ilustração: Matheus Lopes)
Pesquisas recentes comprovam efeitos benéficos e até encontram explicações científicas para acupuntura e reiki. Estudos sobre o assunto, antes restritos às universidades orientais, ganharam espaço entre pesquisadores americanos, europeus e até brasileiros. Recentemente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou uma denominação especial para esses métodos: são as terapias integrativas.
Um artigo exmecanismo da acupuntura contra a dor foi publicado por pesquisadores da Universidade de Rochester na revista Nature Neuroscience em 30 de maio. Criada há quatro mil anos, a prática consiste na aplicação de agulhas em pontos do corpo. Pela explicação tradicional, ela ativa determinadas correntes energéticas para equilibrar a energia do organismo.
 Shutterstock
Reprodução/ Shutterstock
Cientificamente, as agulhas teriam efeitos no sistema nervoso central (cérebro e espinha dorsal). As células cerebrais são ativadas e liberam endorfina, um neurotransmissor responsável pela sensação de relaxamento e bem-estar. O estudo dos nova-iorquinos descobriu uma novidade: a terapia, que atinge tecidos mais profundos da pele, teria efeitos no sistema nervoso periférico. As agulhas estimulam também a liberação de outro neurotransmissor, a adenosina, com poder antiinflamatório e analgésico.

No experimento com camundongos com dores nas patas, cientistas aplicavam as agulhas no joelho do animal. Eles constataram que o nível de adenosina na pele da região era 24 vezes maior do que o normal e que houve uma redução do desconforto em dois terços.

A equipe tentou potencializar a eficácia da terapia, colocou um medicamento usado para tratar câncer nas agulhas. A droga aprimorou o tratamento: o nível de adenosina  e a duração dos efeitos no organismo dos aniamis praticamente tripliquase triplicou e o tempo de duração dos efeitos no organismo dos ratos também triplicou. Mas este método não poderia ser feito em humanos porque o medicamento ainda não é usado clinicamente. “O próximo passo é testar a droga em pessoas, para aperfeiçoá-la ou para encontrar outras drogas com o mesmo efeito”, diz Maiken Nedergaard, coordenadora do estudo.

Reiki
Seus praticantes acreditam nos efeitos benéficos da energia das mãos do terapeuta colocadas sobre o corpo do paciente contra doenças. Para entender as alterações biológicas do reiki, o psicobiólogo Ricardo Monezi testou o tratamento em camundongos com câncer. “O animal não tem elaboração psicológica, fé, crenças e a empatia pelo tratador. A partir da experimentação com eles, procuramos isolar o efeito placebo”, diz. Para a sua pesquisa na USP, Monezi escolheu o reiki entre todas as práticas de imposição de mãos por tratar-se da única sem conotação religiosa.
No experimento, a equipe de pesquisadores dividiu 60 camundongos com tumores em três grupos. O grupo controle não recebeu nenhum tipo de tratamento; o grupo “controle-luva” recebeu imposição com um par de luvas preso a cabos de madeira; e o grupo “impostação” teve o tratamento tradicional sempre pelas mãos da mesma pessoa.
Ricardo Monezi
Imposição de mãos nos grupos "Controle-Luva" e "Impostação", respectivamente (imagens retiradas do mestrado de Monezi)
Depois de sacrificados, os animais foram avaliados quanto a sua resposta imunológica, ou seja, a capacidade do organismo de destruir tumores. Os resultados mostraram que, nos animais do grupo “impostação”, os glóbulos brancos e células imunológicas tinham dobrado sua capacidade de reconhecer e destruir as células cancerígenas.
“Não sabemos ainda distinguir se a energia que o reiki trabalha é magnética, elétrica ou eletromagnética. Os artigos descrevem- na como ‘energia sutil’, de natureza não esclarecida pela física atual”, diz Monezi. Segundo ele, essa energia produz ondas físicas, que liberam alguns hormônios capazes de ativar as células de defesa do corpo. A conclusão do estudo foi que, como não houveram diferenças significativas nos os grupos que não receberam o reiki, as alterações fisiológicas do grupo que passou pelo tratamento não são decorrentes de efeito placebo.

A equipe de Monezi começou agora a analisar os efeitos do reiki em seres humanos. O estudo ainda não está completo, mas o psicobiólogo adianta que o primeiro grupo de 16 pessoas, apresenta resultados positivos. “Os resultados sugerem uma melhoria, por exemplo, na qualidade de vida e diminuição de sintomas de ansiedade e depressão”. O trabalho faz parte de sua tese de doutorado pela Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp).

E esses não são os únicos trabalhos desenvolvidos com as terapias complementares no Brasil. A psicobióloga Elisa Harumi, avalia o efeito do reiki em pacientes que passaram por quimioterapia; a doutora em acupuntura Flávia Freire constatou melhora de até 60% em pacientes com apnéia do sono tratados com as agulhas, ambas pela Unifesp. A quantidade pesquisas recentes sobre o assunto mostra que a ciência está cada vez mais interessada no mecanismo e efeitos das terapias alternativas.

domingo, 18 de julho de 2010

MÉTODOS DE CONSULTA DO TAROT (O MAIS SIMPLES E O MAIS CLÁSSICO)

MÉTODOS DE CONSULTA DO TAROT
         Aqui estão representados dois métodos de consulta ao Tarot:
As três cartas (o mais simples)
A Cruz Celta (o mais clássico)
    As três cartas     Comece a jogar o Tarot da maneira mais simples, enquanto aprende o significado das cartas e fortalece seu elo com elas.      Faça uma pergunta simples que possa ser respondida com “SIM” ou “NÃO” e tire três cartas. Em seguida, some os números das cartas, reduzindo-os a um número ente 1 e 22. O número encontrado é referente ao Arcano que lhe responderá como “SIM” ou “NÃO” (veja tabela após o exemplo). Neste método, tome “O Louco” como número 22. Exemplo

             

Somando as cartas temos: 21 + 19 + 22 = 62 = 6 + 2 = 8



A Justiça responde como “SIM”.
.
Veja a seguinte tabela
.


 Arcano  Figura  Responde como 
1 O Mago Sim
2 A Papisa Sim
3 A Imperatriz Sim
4 O Imperador Sim
5 O Papa Sim
6 Os Amantes Dúvida, tire outra
7 O Carro Sim
8 A Justiça Sim
9 O Ermitão Sim
10 A Roda da Fortuna Sim
11 A Força Sim
12 O Enforcado Não
13 A Morte Não
14 A Temperança Sim
15 O Diabo Não
16 A Torre Não
17 A Estrela Sim
18 A Lua Não
19 O Sol Sim
20 O Julgamento Dúvida, tire outra
21 O Mundo Sim
“22” O Louco Sim






  • A Cruz Celta
        O método mais usado para a leitura do Tarot é a Cruz Celta.
        Enquanto mentaliza a pergunta, o consulente deve embaralhar bem as cartas, arrumar o maço e cortá-lo com a mão direita. A partir desse momento, ele não deve mais mexer com o baralho. Ao leitor compete agora juntar os dois montes separados e começar a pôr as cartas - as dez primeiras que ficaram por cima do maço - e que devem ser colocadas, viradas para baixo, de acordo com o seguinte diagrama (onde já aparecem viradas):

        Nessa arrumação, cada uma das posições, ou casas, tem seu valor específico, abrangendo os diferentes aspectos que envolvem a consulta. 
     
    CASA 1 - A situação presente     Indica a atmosfera física e espiritual que envolve o consulente nesse momento. Também pode representar a pessoa (ou as pessoas) sobre a qual o consulente pergunta.  
    CASA 2 - A influência imediata     Esta carta corta a anterior, significando assim os obstáculos imediatos, as situações ou pessoas que estão afetando diretamente a vida do consulente. Em geral, indica a natureza real do problema que motivou a consulta.  
    CASA 3 - O consulente perante o problema     Mostra como o consulente se coloca frente ao problema, ou seja, como sente e reage à situação na qual está envolvido.  
    CASA 4 - As determinações do passado     Assinala os acontecimentos, as pessoas e as emoções do passado que resultaram diretamente na atual situação.  
     CASA 5 - O que o consulente desconhece     Indica aqueles aspectos relacionados com a situação ou com o problema que o consulente ignora. Há casos em que esta carta revela elementos muito importantes, cujo desconhecimento impede o consulente de chegar a uma solução favorável do conflito.  
    CASA 6 - As influências do futuro     Antecipa quais são os fatores que vão se manifestar no futuro próximo e que, inevitavelmente, terão influência na situação.  
    CASA 7 - O consulente     Representa o consulente: sua personalidade, sua estrutura emocional, seus traços de caráter e seus sentimentos.  
    CASA 8 - Fatores ambientais     Mostra os diversos aspectos externos e as pessoas que estão diretamente relacionadas com a situação do consulente. De certa maneira, esta carta esclarece ou confirma a da CASA 1.  
    CASA 9 - O caminho do destino     A carta que aparece nesta casa é muito importante para a leitura, pois ela indica o caminho a ser seguido para alcançar o sucesso. Às vezes, ela pode indicar mais de uma via. 
    CASA 10 - Resultado final     Mostra a culminação de todo o processo, quais serão os resultados e o desfecho da situação.

Fonte: Métodos de consulta baseados n’O Livro do Tarô, Ed. Nova Cultural

sábado, 10 de julho de 2010

EVENTOS ESTRANHOS

Uma estranha formação de nuvens foi filmada no céu de Moscou, na Rússia, em outubro de 2009 segundo o site russo “mreporter.ru”. No YouTube, um dos vídeos postados recebeu mais de 500 mil acessos em menos de uma semana.

Enquanto alguns chegaram a levantar a hipótese de ser um OVNI, especialistas afirmaram à imprensa russa que o fenômeno visto na capital do país trata-se de um efeito de ótica puramente e não há nenhuma relação com a poluição atmosférica.



Veja este outro vídeo agora no céu da Noruega:

sexta-feira, 9 de julho de 2010

MANDALAS DE SAL - O PODER DO SOM NAS NOSSAS CÉLULAS

51 SINTOMAS DO DESPERTAR ESPIRITUAL

  1. Mudança no padrão de sono
Perturbações durante o sono, pés quentes, acordar duas ou três vezes durante a noite. Sentir-se cansado e com sono depois de acordar. Adormecer e acordar durante o dia. O Padrão de 3 Sonos, que acontece freqüentemente a muitas pessoas caracteriza-se por: dormir cerca de 2-3 horas, acordar, voltar a adormecer mais 2-3 horas, acordar de novo, voltar a adormecer mais 2-3 horas. Outras pessoas viram alterar-se as suas necessidades de sono, passando a dormir menos. Ultimamente, algumas pessoas sentem enormes ondas energéticas percorrendo o seu corpo a partir do coronário (centro energético no alto da cabeça). Estas ondas podem afetar o sono.

Conselho: Habitue-se. Pacifique-se com essa energia e não se preocupe se não dormir o suficiente (preocupação que, por vezes, pode causar mais insônia). Será capaz de suportar bem o dia se pensar que tem a quantidade certa do que necessita. Também pode pedir ao seu Eu Superior que, de vez em quando, lhe dê um intervalo para poder ter um sono reparador. Se, durante a noite, não conseguir adormecer, aproveite esse tempo para meditar, ler poesia, escrever o seu diário ou olhar para a Lua. O seu corpo ajustar-se-á ao novo padrão.
 
2. Atividade do chakra coronário (alto da cabeça)
  
Sensações de tilintar, comichão, formigamento e arrepios no couro cabeludo e/ou na coluna. Sensação de vibração energética no topo da cabeça, como se a energia jorrasse em chuveiro. Poderá sentir pressão na coroa, como se alguém estivesse a pressionar um dedo contra o centro da cabeça. Como referido no ponto 1, vivemos enormes carregamentos de energia através do chakra coronário. Podemos sentir uma pressão mais generalizada, como se a cabeça estivesse dentro dum aparelho muito suave.
Conselho: Não se assuste. Trata-se da abertura do chakra da coroa. Tais sensações dizem-lhe que você está aberto a receber a energia divina.

3. Repentinas ondas de emoção
 
Choro convulsivo. Inesperadamente, sente-se zangado, deprimido, triste ou muito infeliz à mínima provocação. Emoções à solta. Muitas vezes a pressão ou as emoções congestionadas são sentidas no chakra do coração (no centro do peito), o que não deve ser confundido com o coração, localizado à esquerda do chakra do coração.

Conselho: Aceite os seus sentimentos como surgem, abençoe-os e deixe-os partir. Sinta a conteúdo emocional da energia no chakra do coração. Expanda-a para todos os seus campos e respire profundamente, desde o umbigo até a parte superior do peito. Sinta a emoção e deixe-a evaporar-se. Não dirija as emoções para ninguém. Você está limpando o passado. Se necessitar de ajuda, diga em voz alta que pretende largar todo esse velho material e peça ajuda ao seu Eu Superior.
Também pode pedir aos Anjos da Graça (energia branco cristal) que o ajudem a soltar estas emoções, fácil e suavemente. Agradeça por o seu corpo estar soltando estas emoções, não as retendo dentro de si, o que poderia provocar danos. Uma das nossas fontes sugere que a depressão está ligada às relações de «deixar ficar como está», de relações pessoais, profissionais, etc. que já não servem nem a nós, nem às nossas freqüências.

4. Clarificação de carma
 
Velhos conteúdos parecem estar ressurgindo, como descrito acima, ressurgindo em sua vida as pessoas envolvidas nesses episódios. Casos de encerramento de processo. Ou talvez você precise trabalhar o seu amor-próprio, abundância, criatividade, apegos, etc. Começarão a aparecer os recursos ou as pessoas de que necessita para auxiliar neste trabalho.
 
Conselho: O mesmo do que para Ponto 3. E ainda: não se envolva demasiado na análise destas situações, pois isso fará com que volte para eles, novamente, cada vez a níveis mais profundos. Peça ajuda de um terapeuta, se necessitar, e avance. Não tente evitar nem «passar ao lado» destas «memórias». Abrace o que aparecer e agradeça por isso contribuir para o seu desenvolvimento. Agradeça ao seu Eu Superior por lhe dar a oportunidade de se livrar destes «resíduos». Lembre-se, você não quer que eles continuem no seu ADN.

5. Alteração no peso corporal
 
O excesso de peso adquirido pela população é, em geral, extraordinário. Outros setores da população podem, pelo contrário, estar perdendo peso. Geralmente, ganhamos peso porque muitos medos reprimidos estão voltando para serem tratados. Reagimos construindo defesas, tentando ancorar-nos ou obter massa corporal, de forma a não permitir que a freqüência no corpo aumente.

Conselho: Não seja teimoso. Aceite isto como um sintoma do que está se passando com você. Perderá ou ganhará peso, quando todos os seus medos forem integrados. Solte a sua ansiedade. Depois, talvez constate que será mais fácil perder ou ganhar peso.

Exercício: Antes de começar a comer, experimente o seguinte: sente-se à mesa, posta com um aparelho de louça bonito. Acenda uma vela. Aprecie a aparência da comida. Coloque a sua mão dominante no coração e abençoe o alimento. Diga ao seu corpo para usar o alimento para se alimentar corretamente, em vez de usar a comida para alimentar as suas zangas emocionais. Depois, passe a mão, da esquerda para a direita, por cima do alimento, abençoando-o. Poderá notar que a comida parece quente à sua mão, mesmo que seja um prato frio. Repare que quando abençoamos a comida, não comemos tanta quantidade. Outra coisa que poderá fazer enquanto come é não ver TV ou ler. Aprecie saudavelmente a bênção que está à sua frente.

6. Mudanças nos hábitos alimentares.
 
Desejos estranhos e escolhas esquisitas. Há quem sinta mais fome ou menos fome do que anteriormente.

Conselho: Não negue o que o corpo lhe pede. Se não tiver a certeza, tente provar antes de escolher, para ver se é isso o que o corpo quer. Tente também abençoar os alimentos, como descrito no ponto 5.

 

7. Intolerância e alergias a certo tipo de alimentos, que nunca teve antes.
 
Conforme vai crescendo espiritualmente, você se torna mais sensível a tudo o que o rodeia. O seu corpo dir-lhe-á o que já não tolera, como se também ele estivesse rejeitando o que já não lhe serve. Pode estar se limpando de toxinas. Certas pessoas descobrem um resíduo branco na boca, parecido com a baba de corredores no fim de uma corrida.

Conselho: Isso pode ser retirado esfregando 2 colheres de azeite na boca, durante 10 a 15 minutos (não engula); depois cuspa para o vaso sanitário - não para o lavatório. Escove os dentes e, depois, limpe a escova.

 


8. Amplificação dos sentidos. Aumento de sensibilidade.
a) Perturbação na visão, objetos tremeluzentes, observação de partículas brilhantes, visão de auras em pessoas, plantas animais e objetos. Alguns relatam ver como transparentes os objetos normalmente opacos. Quando fecha os olhos já não vê escuridão, mas vermelhidão. Talvez veja formas geométricas, cores brilhantes e quadros quando tem os olhos fechados. As cores aparecem mais vivas. O céu pode parecer tingido ou a relva ter um verde espantoso. Conforme vai se tornando mais sensível, poderá ver formas ou riscos no ar, especialmente quando o quarto estiver mais escuro. Poderá ver formas brancas na sua visão periférica, quer com olhos abertos, quer com eles fechados.

Conselho: A sua visão está mudando de várias maneiras; está conhecendo novas formas de ver. Seja paciente. Aconteça o que acontecer, não se assuste. Visões nebulosas podem ser aliviadas desviando o olhar.

b) Aumento ou diminuição na capacidade auditiva. Audição de ruídos na cabeça, como «bips», sons, música ou sons eletrônicos. Há quem ouça água correndo, zunidos, barulhos ou toques. Há quem tenha o que se chama dislexia auditiva, ou seja, nem sempre consegue perceber o que os outros estão dizendo, como se não conseguisse entender a sua própria língua. Algumas pessoas ouvem vozes estranhas em sonhos, como se alguém lhes estivesse gritando ao ouvido. Nestes casos pode pedir à «isso» para ir-se embora, ou pedir ao plano angélico para tomar conta da situação. Mais uma vez, não há nada a temer .

Conselho: Renda-se. Deixe ir. Ouça. Os seus ouvidos estão se ajustando a novas freqüências.

c) Intensificação do sentido do olfato, tato (toque) e/ou sabor. Há quem se aperceba de que passou a conseguir detectar o cheiro e o sabor dos aditivos químicos em alguns alimentos, de uma forma bastante desagradável.

Por outro lado, alguns alimentos passam a ter um sabor maravilhoso. Para algumas pessoas, esta intensificação dos sentidos é tanto maravilhosa como divertida. Pode ser possível cheirar a fragrância de flores aqui e ali. Muitos místicos fazem-no. Aproveite.

9. Erupções da pele: borbulhas, inchaços, acne, urticária e herpes.
 
A ira produz perturbações à volta da boca e queixo. Certa pessoa teve uma dermatite nas extremidades durante vários meses, enquanto curava um episódio do seu passado. Quando saneou a maior parte desse material, o problema foi resolvido.

Conselho: Poderá estar deixando sair toxinas e trazendo emoções à superfície. Quando existe material que deve ser liberado e você tenta reprimi-lo, a sua pele expressará a situação por si, até que se decida a trabalhar as emoções.

 


10. Alternância entre vigor e cansaço

Episódios de energia intensa que o fazem querer saltar da cama e agir, seguidos por períodos de letargia e cansaço. O cansaço, normalmente, segue-se a grandes mudanças. Aceite, pois este é um tempo de integração.

Conselho: Flua com a natureza da energia. Não a combata. Seja gentil consigo. Durma a sesta, se estiver cansado. No caso de sentir muita energia e não conseguir dormir, escreva pensamentos ou um romance. Tire vantagem do tipo de energia.

11. Alterações na oração ou na meditação
Talvez não sinta as sensações habituais. Não tem a mesma experiência no contato com o Espírito. Dificuldade em concentrar-se.

Conselho: Talvez tenha passado a estar em comunhão com o Espírito mais freqüentemente e durante mais tempo. A sensação pode ser diferente, mas acabará por se adaptar a ela. Na verdade, você passou a pensar e agir em conformidade com o Espírito. Poderá notar que os seus períodos de meditação são agora mais curtos.

12. Ondas de energia.
De repente, sente-se percorrido por energia da cabeça aos pés. É uma sensação momentânea e pouco confortável. Por outro lado, algumas pessoas sentem um frio inexplicável. Se você for um trabalhador de energia, deve ter reparado que o calor que corre nas suas mãos aumentou consideravelmente. Isto é bom. 

Conselho: Se sentir desconforto, peça ao seu Eu Superior para aumentar ou diminuir a temperatura.

13. Sintomas variados
Dores de cabeça, dores de costas, dores de pescoço, sintomas de constipação (chamada «constipação de vibração»), problemas digestivos, danos musculares, aceleração dos batimentos cardíacos, dores no peito, alterações no desejo sexual, dores nos membros, vocalizações ou movimentos de corpo involuntários. Há quem tenha que se defrontar e solucionar certos episódios da infância. Relaxe. São sintomas temporários.

14. Rejuvenescimento
Tornar-se-á cada vez mais leve à medida que for limpando o material emocional, libertando crenças limitadoras assim como bagagem pesada do passado. A sua freqüência aumentou. Ama-se mais, assim como ama mais a vida. Comece a mostrar a perfeição que você realmente é.

15. Sonhos vivos
Por vezes, os sonhos são tão reais que acorda confuso. Também pode ter sonhos lúcidos, nos quais está no controle: você sabe que não está «sonhando»; o que está acontecendo é de alguma forma real. Muitos sonhos poderão ser místicos ou trazer mensagens. Lembrar-se-á daquilo que for importante para si. Não force nada. Acima de tudo, não tenha medo.

16. Acontecimentos que alteram completamente a sua vida
Morte, divórcio, mudança no trabalho ou de emprego, perda de casa, doença, e/ou outras catástrofes - por vezes, várias de uma só vez. Trata-se de forças que o obrigam a desacelerar, simplificar, mudar, reexaminar o que você é, assim como o que a sua vida lhe diz. Forças que não pode ignorar, que o obrigam a desapegar-se, que o acordam para o amor e compaixão por tudo.

17. Libertação
Desejo de cortar com todos os padrões restritivos: empregos, estilos de vida consumistas e pessoas ou situações tóxicas. Necessidade de «se encontrar» e de encontrar o propósito da sua vida - Agora! Quer ser criativo e livre para ser aquilo que é, na verdade. Apetência para as artes e a natureza. Desejo de cortar com coisas e pessoas que já não lhe dizem nada.
Conselho: FAÇA-O!

18. Confusão mental e emocional
Sentimento de que precisa de arrumar a sua vida, pois está uma confusão. Mas, ao mesmo tempo, sente-se caótico e incapaz de o fazer, de se concentrar. Veja o Ponto 45.
Conselho: Concentre-se no seu coração e ouça o seu próprio discernimento.

19. Introspecção, solidão e perda de interesse por atividades no exterior
Este estado apareceu de surpresa a muitos extrovertidos que, antes, se viam envolvidos em diversas atividades. Agora dizem: «Não sei porquê, mas já não gosto tanto de sair como antes».

20. Manifestações de criatividade
Recepção freqüente de imagens, idéias, música e outras inspirações criativas.
Conselho: Pelo menos registre estas inspirações, porque o Espírito está falando com você sobre como poderá preencher o seu propósito e contribuir para a regeneração do planeta.

21. Percepção de que o tempo está acelerando
Tem essa impressão porque sofreu muitas e freqüentes alterações na sua vida. A quantidade de alterações parece estar aumentando.

Conselho: Repartir o dia em encontros e segmentos temporários, aumenta o sentido de aceleração. Pode abrandar o tempo relaxando no momento presente e prestando atenção ao que tem em mãos, sem antecipar os acontecimentos. Abrande e diga para si mesmo que tem bastante tempo. Peça ajuda ao seu Eu Superior. Mantenha-se atento ao presente. Tente passar de uma atividade a outra. Centre-se no seu guia interior.

22. Premonição
Um sentimento de que algo vai acontecer, que pode criar ansiedade.
Conselho: Não há nada com que se preocupar. As coisas acontecem mesmo, mas a ansiedade só lhe criará mais problemas. Não há nada a temer.

23. Impaciência
Sabe o que fazer, mas, por vezes, isso não ajuda. Quer resolver o que lhe parece estar no seu caminho. Reconhece que as incertezas são desconfortáveis.
Conselho: Aprenda a viver com incertezas sabendo que nada lhe aparecerá à sua frente, se não estiver pronto. A impaciência é, na realidade, uma falta de confiança, especialmente no seu Eu Superior. Quando focar o presente, verá milagres acontecerem.

24. Despertar
Talvez um interesse pelo Espírito surja, pela primeira vez, na vida. Uma chamada profunda para o significado da vida, para o seu propósito. Ligação espiritual e revelação. Um "constante desejo ardente" como lhe chama K.D. Lang. A vida mundana não preenche este vazio.
Conselho: Siga o seu coração, e o caminho ser-lhe-á mostrado.

25. Ser diferente dos outros
Um sentimento estranho de que tudo na sua vida parece novo e alterado, que deixou o seu eu antigo para trás. E deixou! Está muito maior que pode imaginar. E há mais para vir!

26. Ajudas de vários tipos
Aparecem «professores» em todo o lado, no momento certo, para ajudar à sua caminhada espiritual - pessoas, livros, palestras, filmes, acontecimentos, Mãe Natureza, etc. Estes «professores» podem parecer negativos ou positivos, mas, de uma perspectiva transcendente, são sempre perfeitos. Surgirá, precisamente, o que tiver que aprender.
Conselho: Lembre-se de que nunca receberemos mais do que aquilo que estamos preparados para lidar. Cada desafio apresenta-nos uma oportunidade para provarmos a nossa mestria na sua superação.

27. Compreensão súbita
Encontro de uma pista espiritual, que faz sentido para si e que lhe «toca» nos mais profundos níveis. Repentinamente, obtém uma perspectiva que nunca tinha considerado. Tem fome de mais. Lê, partilha os conhecimentos com outros, faz perguntas e vai ao fundo para descobrir quem é e porque está aqui. Corre o risco filosófico de se perguntar «Por que Existo?».

28. Rapidez de aprendizagem
Aprende depressa. Sente que está «captando» muito rapidamente.
Conselho: Lembre-se que as coisas lhe chegarão quando estiver pronto para lidar com elas. Não antes. Lide corajosamente com o que for surgindo e, assim, avançará rapidamente.

29. Presenças invisíveis
Algumas pessoas dizem que, à noite, se sentem rodeadas por seres, ou têm a sensação de serem tocadas ou de que «alguém» lhes fala. Por vezes, acordam. Outras pessoas sentem as órbitas oculares vibrarem. Estas vibrações são causadas pelas mudanças energéticas, depois de feita a limpeza emocional.
Conselho: Este é um assunto sensível, mas talvez se sinta melhor se, antes de adormecer, abençoar a sua cama e o espaço à sua volta. Adormeça, na certeza que está rodeado pelos mais magníficos seres espirituais e que está em segurança, ao cuidado de Deus. Não se culpe por ter medo de vez em quando.

30. Presságios, visões, números e símbolos
Vê coisas a que dá significado espiritual. Repara na sincronicidade dos números. Tudo tem uma mensagem se se der ao trabalho de reparar.

31. Intensificação de integridade
Reconhece que é tempo para viver e falar a sua verdade. Subitamente, parece-lhe importante ser mais autêntico, mais você mesmo. Talvez tenha que dizer «não» a pessoas a quem tentou agradar no passado. Achará intolerável manter-se num casamento, emprego ou lugar, que já não se coaduna com o que você é atualmente. Igualmente, talvez se dê conta de que já não tem nada a esconder ou segredos a manter. A honestidade torna-se importante em todos os seus relacionamentos.

Conselho: ouça o seu coração. Se o seu interior lhe disser para não fazer algo, fale alto e aja. Diga «não». Da mesma forma deverá dizer «sim» àquilo que considera válido. Deve arriscar-se a não agradar aos outros, sem culpas, de forma a atingir a soberania espiritual.

32. Harmonia com épocas e ciclos
Sente-se mais sintonizado com as estações do ano, fases da lua e ciclos naturais. Maior entendimento sobre o seu lugar no mundo. Uma forte ligação à Terra.

33. Desarranjos elétricos e mecânicos
Com você por perto, as luzes se apagam, o computador trava ou o rádio perde a sintonia.
Conselho: Chame os seus anjos ou guias para os arranjar, ou colocarem um campo protetor nas máquinas. Imagine o seu carro rodeado de luz azul. Aprenda a rir...

34. Aumento da sincronicidade
Se ocorrem muitos pequenos milagres... espere por mais!
Conselho: Situações sincronizadas dizem-lhe que está agindo na direção certa ou fazendo as escolhas acertadas. O espírito usa a sincronicidade para se comunicar com você. Começou a viver os milagres diários. Veja ponto 30.

35. Desenvolvimento das habilidades intuitivas e alteração de estados de consciência
Pensar em alguém e imediatamente saber desse alguém. Mais sincronismo. Ter percepções internas sobre padrões ou acontecimentos passados. Ver o futuro, ter experiências fora do corpo e outros fenômenos físicos. Intensificação da sensibilidade e do conhecimento. Entender a sua própria essência e a dos outros.

36. Comunicação com o Espírito
Contato com anjos, guias espirituais e outras entidades divinas. Canalizar informação. Cada vez mais pessoas parecem estar recebendo esta oportunidade. Sentir inspiração e obter informação, que toma a forma de escrita, pintura, idéias, comunicações, dança, etc.

37. Sentimento de Unidade.
Experiência direta de União. Conhecimento transcendente. Compaixão e amor por tudo o que vive. Compaixão desligada ou amor incondicional por tudo, o que nos leva a mais altos níveis de consciência e júbilo.

38. Alegria e benção
Um profundo e permanente sentido de paz e acompanhamento.

39. Integração
Torna-se mais forte e mais leve emocional, psicológica, física e espiritualmente. Sensação de alinhamento com o Eu Superior.

40. Viver o seu propósito
Sabe que está, finalmente, fazendo aquilo que o trouxe à Terra. Novas aptidões e dons estão emergindo, especialmente os de recuperação da saúde. A sua vida/trabalho está, agora, convergindo e começando a fazer sentido. Vai usar, finalmente, todas estas aptidões.
Conselho: ouça o seu coração. A sua paixão leva-o para onde deve estar. Deixe-se ir e pergunte ao seu Eu Interior: «O que queres que eu faça?» Preste atenção às sincronicidades. Ouça.

41. Sentir-se mais perto dos animais e plantas
Para algumas pessoas, os animais parecem ser mais «humanos» no seu comportamento. Os animais selvagens mostram menos medo. As plantas respondem ao amor e à atenção que você lhes dá, agora mais que nunca. Algumas até podem ter mensagens para você.

42. Visualização de seres de outras dimensões
O véu entre dimensões é cada vez mais fino, pelo que este fato não surpreende. Mantenha-se no seu posto. Dado que você tem mais poder do que imagina, não receie nada. Peça ajuda aos seus guias, no caso de sentir que escorrega para o medo.

43. Refinamento da visão
Visão de formas mais verdadeiras das pessoas; visão de pessoas queridas com uma face diferente - vida passada ou vida paralela.

44. Manifestação física de pensamentos e desejos
Tudo isto passa a ocorrer de forma mais rápida e eficiente.
Conselho: Controle os seus pensamentos. Pois todos eles são orações. Tenha cuidado com o que pede.

45. Hemisfério esquerdo confuso
As suas habilidades físicas, o seu saber intuitivo, os seus sentimentos e compaixão, a sua forma de sentir o corpo, a sua visão, a sua expressão, todos emanam do lado direito do cérebro. Para que esta parte do cérebro se desenvolva melhor, o lado esquerdo do cérebro deve «abrandar». Normalmente, a capacidade do hemisfério esquerdo de ordenar, organizar, estruturar, alinhar, analisar, rever, precisar, concentrar, resolver problemas e aprender matemática domina o nosso menos valorizado cérebro direito. Daqui resultam: lapsos de memória, colocação de palavras na seqüência errada, falta de habilidade ou falta de vontade de ler durante muito tempo, falta de concentração, esquecer-se do que ia dizer, impaciência com formas lineares de comunicação (áudio ou escrita), dispersão, perda de interesse em investigar ou em informação complexa; sentimento de ser bombardeado com palavras, conversas e informação. Relutância em escrever. Por vezes sente-se «obtuso» e não tem interesse em analisar, viver discussões intelectuais ou investigar.

Por outro lado, pode se sentir inclinado ao que tem significado: vídeos, revistas com fotografias, trabalhos artísticos, filmes, música, escultura, pintura, estar com pessoas, dançar, jardinagem, andar a pé e outras formas de esforço muscular. Pode procurar informação espiritual ou até ficção científica.

Conselho: Se permitir que o seu coração e o lado direito cerebral o orientem, o cérebro esquerdo será ativado apropriadamente para o ajudar. Um dia, estaremos bem equilibrados, usando ambos os hemisférios com maestria.

46. Vertigens
Isto acontece quando não está estabilizado. Talvez tenha acabado de limpar uma grande carga emocional e o seu corpo esteja se ajustando ao seu estado mais «leve».
 
Conselho: «Aterre» comendo proteínas. Algumas vezes, os «alimentos que consolam» são os certos. Não rotule nenhum tipo de comida como boa ou má para si. Utilize a sua intuição para saber do que necessita em dado momento. Tire os sapatos e ponha os pés na relva, por uns minutos.

47. Quedas, acidentes, fraturas
O seu corpo não está estabilizado ou talvez a sua vida esteja desequilibrada. Talvez o corpo esteja lhe dizendo para abrandar, examinar certos aspectos da sua vida ou a resolver certos bloqueios. Procure o significado da mensagem.
 
Conselho: Caminhe na terra ou na relva; ou melhor, deite-se na grama com um cobertor por cima. Sinta a terra por baixo. Passeie na natureza. Abrande e preste atenção. Veja o que está a fazer. Sinta os sentimentos quando estes brotam. Fique no presente. Cerque-se de luz azul quando se sentir confuso.

48. Palpitações cardíacas
Um coração apressado geralmente é acompanhado por uma abertura. Só dura alguns momentos e quer dizer que o coração está se equilibrando depois de uma libertação emocional.
 
Conselho: Consulte o seu médico ou terapeuta sempre que for preciso ou não se sinta bem.

49. Crescimento rápido de cabelo e unhas
Significa que está sendo utilizada mais proteína no corpo.

50. Desejo de encontrar o(a) seu(sua) parceiro(a) certo(a)
Mais que nunca, a idéia de que podemos ter uma relação ideal parece mais desejada.
 
Conselho: A verdade é que devemos ser o tipo de pessoa que queremos atrair. Temos que gostar de nós e do lugar onde nos encontramos agora, antes de podermos atrair um parceiro mais «perfeito». O trabalho começa em casa: retenha o desejo por aquela pessoa no seu coração, mas sem apego. Espere que algum dia irá encontrar alguém que se ajuste mais a si, mas não mantenha expectativas de quem será e de como se passará. Centre-se, antes do mais, em limpar a sua vida e ser a pessoa que quer ser. Seja feliz agora. Goze a vida. Depois verá...

51. Memórias
Memórias de superfície, memórias de corpos, memórias suprimidas, imagens de vidas passadas e/ou vidas paralelas. Porque estamos a harmonizar e a integrar todos os nossos «eus», espere por alguma destas experiências.
 
Conselho: O melhor é prestar atenção só ao que lhe vem à mente. Deixe o resto, não analise tudo ao pormenor (senão ficará atolado de material antigo) e sinta os sentimentos conforme eles forem aparecendo. Peça ajuda aos seus guias.


Você está depertando? Parabéns... conte sua história divida conosco sua experiência: comente!


Fonte: http://www.anjodeluz.com.br