sábado, 5 de abril de 2008

PANTÁCULOS

Os pantáculos datam das épocas mais remotas. Estavam presentes nas mais diversas culturas e religiões dos povos antigos. Na própria Bíblia há várias citações; acredita-se que os Tessalonicenses possuíam um pantáculo que servia para impedir a vinda da Besta Apocalíptica na Terra. Também os diversos "Selos" citados no apocalipse fazem referência aos pantáculos. Os antigos magos, guerreiros, reis e nobres já os usavam para as mais variadas finalidades, tais como: vencer guerras, proteção pessoal, proteger-se contra os maus espíritos, contra inveja, para ser amado por todas as mulheres, descobrir tesouros, possuir riquezas e honras, curar ferimentos, ter saúde e vida longa, etc.
O Rei Salomão fez muito uso desta arte usando-os inclusive para evocar e exorcizar espíritos. O uso de talismãs e pantáculos entre os magos e bruxos de todos os tempos é tão popular que seria impossível listar aqui todos eles. Os grandes guerreiros como Alexandre, Marco Polo, Napoleão Bonaparte também possuíam seus pantáculos pessoais. A suástica de Hitler também era um pantáculo idealizado pela seita tibetana dos BON-PO ou Mantos Negros. A finalidade do pantáculo era criar uma egrégora de proteção ao movimento nazista e às ideologias de Hitler.
Os anjos, arcanjos e demônios sempre inspiraram e mostraram ao homem as formas de seus pantáculos pessoais ou selos, como são chamados.
Os pantáculos em muitos casos representam também assinaturas astrais que são capazes de produzir alguns fenômenos que a ciência oculta denomina prodígios.
Os Pantáculos são Talismãs elaborados com símbolos mágicos magneticamente preparados para atraírem as energias necessárias para alcançar o sucesso pessoal na área escolhida.

Nos mais antigos grimórios e livros de magia se pode encontrar várias menções e receitas de pantáculos, no entanto, geralmente são bastante complicados e com efeitos relativamente restritos. Ou seja, você precisa fazer muitos pantáculos para obter os resultados que gostaria e ainda assim pode não conseguir resultado algum ou resultados inversos ao desejado devido aos conflitos planetários que podem ser gerados por falta de conhecimento. Por isso muitas magias, feitiços e sigilos mágicos raramente dão certo, mesmo que se siga as instruções corretamente, pois cada caso é um caso e necessita ser estudado detalhadamente para que hajam as correlações corretas e adequadas ao perfil mágico e astrológico para alcançar o objetivo desejado. Por isso assim como cada caso merece um ritual ou feitiço devidamente elaborado, assim cada pessoa, que é um ser único no Universo deve ter o seu próprio Pantáculo Pessoal, pois não se pode generalizar o uso dos mesmos, pois cada pessoa tem sua energia própria.
Pantáculos são símbolos mágicos, cada qual com suas características e atribuições, destinados a um ritual específico. Mas nem todas as Escolas Iniciáticas usam pantáculos, e a exemplo disso há a Ordem de Arganthus, que não faz uso deles em sua liturgia. A maior coleção de pantáculos vem das Clavículas de Salomão, uma obra de Magia supostamente atribuída a este rei bíblico. A palavra "pantáculo" deriva do grego Pantos e Kleos, que significam "obra gloriosa". Atribuindo-se isso a um símbolo, em livre tradução significa "símbolo glorioso".
Abro este adendo apenas para esclarecer que essas "Clavículas de Salomão" NÃO SÃO de Salomão. Trata-se de um daqueles famosos "grimoires" que tanto circularam pela Idade Média. Assim, essas Clavículas foram criadas nesse período, e não ao tempo do reinado de Salomão que, embora dado a práticas mágicas, talvez nunca tenha tomado conhecimento dessas Clavículas a ele atribuídas. É importante que seja feito este esclarecimento porque há muitas pessoas, algumas até que se dedicam seriamente a esses estudos, que acreditam nessa origem mitológica das Clavículas, o que é um erro.
Muitas vezes essas mesmas pessoas cometem um outro erro recorrente, que é referir-se a esses símbolos mágicos pelo nome de PENTÁCULOS. Não são pentáculos, e sim PANTÁCULOS. Pelo nome PENTÁCULOS a literatura esotérica nomeia apenas o Pentagrama propriamente dito e o Tetragramaton, desde que devidamente envolvidos por um círculo. Fica estabelecido então que PENTÁCULO é nome dado apenas à estrela de cinco pontas dentro de um círculo, enquanto que todos os demais signos mágicos são PANTÁCULOS, estejam envolvidos por um círculo ou não.
O PENTAGRAMA é o símbolo mágico por excelência, e diversas variações do pentagrama dão origem a vários pantáculos.
As "Clavículas de Salomão" também são chamadas de Chaves de Salomão, e tem esse nome por representar a possibilidade do uso dos pantáculos como elo de ligação entre o plano físico e os planos sutís.
Qualquer pessoa pode ter um PANTÁCULO PESSOAL, para a finalidade que desejar. Pode ser um pantáculo só que reúna todas as qualidades que quiser. Pode escolher ainda entre um PANTÁCULO PESSOAL FIXO para ser usado por toda a vida ou um PANTÁCULO DIRETIVO para alcançar um objetivo específico. O Pantáculo também pode ser feito para duas pessoas, no caso um casal com objetivos em comum, como por exemplo manter a relação estável e feliz por toda a vida.
PANTÁCULO PESSOAL - COMO CONSTRUIR

Você pode construir o seu próprio pantáculo. É só seguir as instruções, passo a passo. Veja abaixo o significado dos símbolos de sete pantáculos e a sua aplicação e escolha o que você mais deseja.1. Com o botão direito do mouse, salve o pantáculo em uma pasta.2. Transpira para o Word como .doc e imprima o desenho. Com um lápis preto, reforce a mão livre, os contornos e os símbolos do pantáculo imprimido.3. Recorte o círculo do pantáculo e cole-o numa cartolina da cor correspondente ao planeta a que está associado.4. Guarde-o na carteira ou no bolso, pois ele deve ficar junto a você (não mostre a ninguém), porque isso poderia tirar sua força.5. Se alguém tocá-lo é preciso purificá-lo. Durante uma noite, coloque um raminho de arruda e um de manjericão em forma de cruz, sobre o pantáculo para potencializa-lo novamente. No dia seguinte está pronto para ser usado.Boa sorte!

A Árvore da Vida
A árvore da vida - símbolo da Cabala representando criação e existência.
Os Pentáculos Mágicos apresentados a seguir foram recolhidos pelo Abade Julio Houssay de livros antigos, os Benedicionais, que continham estes símbolos mágicos criados na Idade Média.
Através de seus símbolos e de um alfabeto especial cujas letras encerram poderes mágicos, cada Pentáculo foi estudado e interpretado pelo Abade Houssay, resultando nos formatos apresentados a seguir. São utilizados como poderosos talismãs de proteção, podendo ser colocados no carro, em casa ou carregados na carteira, na bolsa ou no bolso. Também podem ser reproduzidos em jóias, roupas ou objetos pessoais.
Recomendamos seu uso com sabedoria e prudência, lembrando que, apesar dos poderes a eles conferidos, sua presença não dispensa ajuda médica em casos de doenças.
Santa Trindade

Para qualquer tipo de benção e todo tipo de pedidos ou doenças
Pai Eterno

Signo sagrado muito poderoso, que serve para qualquer tipo de dificuldade, desde que a criatura necessite da ajuda do criador
Triângulo Divino

Contra espíritos malignos. Para obter uma graça muito desejada – bom casamento, mudança de vida, aprovação num concurso, aumento de ganhos, diminuição de doenças graves.
Monograma de Cristo

Signo de vitória e de grande proteção. Serve de escudo contra inimigos, sobretudo contra emboscadas de espíritos malignos. Também ajuda no restabelecimento dos doentes.
Santa Face de Cristo

Figura de grande poder contra as doenças humanas e dos animais. Pode ser afixado nas casas, estábulos, etc.
Lâmpada das Catacumbas

Este pantáculo é poderoso na defesa contra todos os inimigos, conhecidos ou desconhecidos, visíveis ou invisíveis, desta Terra ou do Outro Mundo. É empregado também para proteger contra calúnias.
Chaga do Costado
de Cristo


Quem usar esta figura obterá grande alívio para seus males e grande proteção para suas atividades. Também sairá vitorioso contra seus inimigos.
Monograma de Maria

Usado para defesa e proteção de crianças principalmente à noite. Evita pesadelos, espíritos malvados noturnos, insônias, obsessões e possessões.
Três Reis Magos

Ajuda nos casos de epilepsia e doenças de origem nervosa
Touro Alado

Signo utilizado nas questões relativas ao trabalho, à força e à fecundidade.
Leão Alado

Usado em casos de calamidade pública e perseguição por inimigos implacáveis.
Águia

Signo usado para proteção de todos os sacerdotes, curadores e agentes do bem.
Dragão

Contra os demônios e espíritos malvados, os animais venenosos e ferozes. Também ajuda nas viagens por terra, mar e ar.
Bispo

Contra as situações difíceis, embaraçadas, impossíveis e desesperadoras.
Uvas

Signo da abundância na família.
Fogueira

Contra feitiços malévolos, sortilégios e meios diabólicos.
Santa Hóstia

Protege contra a ruína e a pobreza.
Amor Puro

Ajuda na vida amorosa, no casamento e nas uniões românticas.
Flor de Lis

Para receber o perdão dos pecados e recobrar a pureza original. Ajuda também na purificação da alma.
Escudo

Protege contra os inimigos em tempos de guerra, revolta e agitações sociais.
Olho de Deus

Contra todo tipo de mau-olhado.
Cálice e Pomba

Para a pureza corporal e contra todas as doenças que atacam a pele.
Nome Divino

Protege de um grave perigo mortal, do desespero nos momentos em que nos sentimos abandonados e esquecidos por todos.
Conjuro
Todo-Poderoso

Defesa contra o inimigo invisível que nos rodeia e nos ataca sem trégua. Deve ser usado com prudência
Pentagrama

Preserva de todo o mal, principalmente dos ataques demoníacos e das entidades negativas do astral. Atua também contra calúnias, intrigas e difamações.
Nome Divino II

Usado para boa fortuna, prosperidade, sucesso no comércio, bênção da família e da casa.
Nome Divino III

Para segurança nos momentos de dificuldades financeiras, na procura de um trabalho honesto, conferindo saúde e coragem para enfrentar a vida.
Amor Atormentado

Ajuda nos casos amorosos perdidos e atribulados, nas rivalidades e nas desordens íntimas.
Cordeiro

Contra as doenças que atacam os animais a serviço do homem.
Três Caminhos

Ajuda na escolha na mudança do rumo da vida. E na tomada de uma decisão importante.
Montanha

Protege a terra cultivada, os campos, as vinhas e os jardins.
Paisagem

Contra as doenças e acidentes que possam ser causados pela água e pelo fogo.
Triângulo Protetor

Signo de proteção do lar e de toda a família.
Arcanjo Miguel

Poderoso signo contra os malefícios do demônio. Para quem esteja atormentado por causa desconhecida. Também pode ser empregado para descobrir coisas ocultas.
Anjo da Guarda

Poderoso signo para vencer as insônias, pesadelos, inquietações e angústias inexplicadas
Anjo da Justiça

Contra litígios, processos e ataques injustificados de pessoas mal-intencionadas.
Fórmula de Cura

Signo usado em circunstâncias graves, doenças sérias e persistentes.
São Colombano

Este signo bento e consagrado é empregado contra as formas de loucura e desequilíbrio mental, contra a fúria, nervosismo e depressão.
Bênção de Santo Antonio

Usado diante de tentações, aflições ou qualquer tipo de situação maléfica.
Anjo da Prece

Quem se encontra submerso nas águas amargas da dor deve invocá-lo para que sua alma se eleve e não se abata jamais. Este signo é bom contra os reverses da fortuna causados por inimigos ou pela própria imprudência.
Arcanjo Gabriel

Signo de paz, boa saúde e sucesso em toda empreitada. Acalma os desentendimentos, as disputas e os combates.
Arcanjo Rafael

Para a cura de todas as moléstias psicológicas. Este signo defende contra as adversidades, contra um inimigo pessoal conhecido e as força naturais descontroladas.

LIVRO DAS SOMBRAS - GRIMÓRIOS

Um Livro das Sombras ou Grimórios, muito conhecido como BOS (do inglês Book Of Shadows), é um diário usado por praticantes de magia ritual para registrar rituais, feitiços, e seus resultados, bem como outras informações mágicas . Tanto praticantes individuais quanto covens mantêm esse tipo de Livro. Nele são inscritos invocações, receitas de poções, métodos de realização de rituais, contos sobre a mitologia, enfim. Tudo relacionado à Wicca e à Bruxaria.
Alguns desses livros proibidos, os Grimórios, foram conservados até os nossos dias, escapando milagrosamente às fogueiras da Inquisição ou à censuras dos sucessivos Papados. Para o estudioso do Mundo Oculto, o Iniciado, o Discípulo e o estudante, estas são obras de valor incalculável. Verdadeiros tesouros de sabedoria.
Em algumas Tradições Wiccanas (por exemplo a Gardneriana), o Livro das Sombras é um texto contendo os rituais, práticas e a sabedoria daquela Tradição. É normalmente copiado à mão pelo praticante, a partir da cópia de seu(sua) iniciador(a). O material da Tradição não pode ser mudado, apesar de que algumas adições possam ser feitas. Alguns Wiccanos mantêm ainda um Livro das Sombras pessoal, além daquele de sua Tradição. O Livro das Sombras recebe esse nome porque seu conteúdo deve ser mantido a sombras das realidades desse mundo. É tradicionalmente de capa preta com um pentagrama prata ou dourado na capa, mas outras cores como verde, marrom e azul marinho podem ser utilizadas e outros símbolos cravados.
Em alguns casos, o Livro das Sombras pessoal de um praticante é um arquivo de computador, seja em disco seja na forma de um sítio web, mas a maioria dos praticantes de magia não aceita tal prática, considerando que o livro das sombras deve fazer parte do altar, tendo também seu valor mágico.
Muitos praticantes da Wicca se perguntam: Como posso fazer meu próprio Livro das Sombras? Basta um caderno/livro/fichário com muitas folhas. A capa pode ser enfeitada com símbolos mágicos e dentro do livro, podem ser guardados ervas e plantas protetoras. O livro assim como todos os outros instrumentos mágicos devem ser consagrados, assim protegendo o mesmo de olhares curiosos.
Atualmente algumas empresas fabricam o Livro das Sombras de acordo com o gosto do cliente.
Alguns têm aspecto medieval, confeccionados a partir de técnicas de encadernação e ornamentação usadas na Europa nos séculos XI ao XVI. São livros com as páginas em branco feitos para serem manuscritos pelo próprio adepto como um diário Mágicko.

São peças únicas produzidas de acordo com o que pretende o cliente, ornamentados com temas góticos, renascentistas, cristãos, místicos ou naturais. O tema e a ornamentação interna e externa ficam à escolha do cliente, bem como o texto inicial e a opção de vir personalizado com nome e/ou uma delicada dedicatória.

As folhas são em papel altamente resistente e a capa em papelão duplo, sendo tratada com ceras especiais que protegem contra umidade e mofo. Os fechos são em fivelas e tiras de couro ou tranças de couro ou barbante que envolve a capa.

Livro do Espelho

Funciona quase como um livro das sombras, porém serve para retratar coisas pessoais. O livro das sombras tem como principal função retratar os experimentos mágicos, já o livro do espelho serve para retratar tudo: um relato de coisas vividas, ás vezes sem fundamento mágico, mas que é importante para o praticante. As bruxas o usam também para relatar seus sonhos e sentimentos íntimos.

Quem quiser encomendar o seu, recomendo acessar o site:
http://www.cursosdemagia.com.br/grimorios.htm