SIGAM-ME OS DESPERTOS

Você também poderá gostar de:

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

PENDULOS

Os pêndulos apareceram inicialmente na Roma Antiga como um instrumento para determinar o resultado das guerras. É um instrumento radiestésico que tem como finalidade fazer com que certas vibrações universais sejam recebidas pelo inconsciente de quem o está manipulando.
Fisicamente, o pêndulo é um peso na ponta de um fio ou cabo flexível e resistente, podendo ser encontrado em diversos materias (madeira, cristal, pedra, metal etc.). Também pode ter várias formas.
O uso do pêndulo é bastante simples, pois ele responde basicamente "sim" e "não". A complexidade de suas respostas depende apenas da pergunta feita pelo operador.
Você pode comprar ou fazer o seu pêndulo. Pêndulos de diversas formas e materiais são encontrados aos montes em qualquer loja esotérica. Escolha o que mais lhe agradar; acredite na teoria de que os instrumentos é que escolhem a gente, e não o contrário.
No entanto, você pode fazer o seu próprio pêndulo, o que vai agregar mais energia sua a ele do que a um comprado, mas isso é muito relativo. Muitas vezes achamos um que seja exatamente como queríamos em uma loja, e será especial de qualquer forma.
Métodos de limpeza do pêndulo
Ao adquirir qualquer instrumento mágico, a primeira coisa a se fazer é limpá-lo não só fisicamente, como também energeticamente. Com o pêndulo não é diferente. Isso porque o pêndulo passou por diversas mãos até chegar em você, e entrou em contato com muitas energias diferentes. Limpando-o, você apagará essa confusão de energias e ele estará pronto para ser consagrado como seu.
Uma seqüência de limpeza para o seu pêndulo:
Água: Em primeiro lugar, limpe o seu pêndulo fisicamente, usando sabão líquido e água. Enxagüe-o em água corrente (pode ser a de qualquer torneira - nesses tempos tão civilizados, infelizmente para alguns é a única maneira), visualizando toda a sujeira (física e energética) indo, literalmente, por água abaixo.
Descanso: Coloque o seu pêndulo em um recipiente com água e sal grosso, descansando durante um dia inteiro e uma noite inteira, tomando banho de sol e de lua. Você pode deixá-lo no seu quintal ou na janela do seu quarto. É importante ver de que material é o seu pêndulo antes de realizar esta etapa. Se ele for de metal, provavelmente enferrujará ao colocá-lo na água por tanto tempo; prefira deixar o recipiente vazio. Se for de madeira, é aconselhável enterrá-lo na terra, de preferência uma terra fértil, com plantas.
Finalização: Após realizar essas etapas anteriores, lave novamente o pêndulo como na primeira vez, sabendo desta vez que ele já está limpo e pronto para ser consagrado e utilizado por você somente.
Ao limpar seu pêndulo, é importante que você esteja concentrad0(a) no que está fazendo, senão não surtirá nenhum efeito.
Exercicios para Usar o Pendulo

É recomendada uma rotina diária de exercícios com o pêndulo. Você pode começar com apenas dez minutos, no dia seguinte um pouco mais, e assim por diante. Depende da sua dedicação e concentração. Realize estes exercícios em horários não atribulados do dia e em um local calmo.
É muito importante anotar todas as experiências que você está tendo com o seu pêndulo, assim como todas as experiências com a magia no geral.
Outro ponto importante é: faça sempre um exercício de relaxamento antes de trabalhar com o seu pêndulo. Sua mente deve estar quieta e, se possível, limpa, para poder se concentrar e trabalhar com as energias de forma eficiente.
Mais uma dica: jamais faça uma pergunta ao pêndulo com uma resposta pré-definida em mente. Essa é decididamente a parte mais difícil, e você deve se concentrar para conseguir atingir este objetivo.
A melhor maneira de manipular o pêndulo é segurá-lo com as duas mãos, cotovelos na mesa, apoiando-o na sua testa. Assim você fica livre de interferências inconscientes do seu próprio corpo, como balançar sem querer o braço, por exemplo.

-------------------------------------------------------------------------------------------
Existem nas lojas três tipos de material do pêndulo:Cristal - Metal - Madeira
com modelos diferentes: cônicas, pião, caneta, espiralado,
esférica, testemunho, entre outros.
-------------------------------------------------------------------------------------------
POSIÇÃO CORRETA PARA SEGURAR O PÊNDULO:
- Segurar sempre com o indicador e polegar:
Caso sobre um pouco da corrente / barbante de sustentação do pêndulo, enrole-o e guarde-o dentro da palma da mão, segurando com os outros 3 dedos. Não deve sobrar pontas para fora, isto formaria antenas que atrapalhariam a medição. A distância correta ou calibração do comprimento da corrente / barbante normalmente é de 8 cm., mas não é regra, cada um é cada um. Para calibrá-lo, coloque-o sobre a linha abaixo, em cima da seta, vá alternando o comprimento até que ele comece a se movimentar neste sentido, quando isto ocorrer, memorize ou faça um nó no lugar, pois é aí que você deve segurá-lo. É exatamente neste ponto que você interage cosmicamente com ele.

Construindo um Pêndulo


Qualquer pessoa pode construir um pêndulo para experiências iniciais.
Poderá usar coisas como por exemplo: um aliança amarrada na extremidade de um fio de cabelo que tenha pelo menos 9 cm de comprimento; uma pequena chave de metal dependurada na ponta de um cordão fino; uma agulha atravessada numa rolha, sendo presa na sua extremidade superior, na ponta de um fio de linha.
Essses pêndulos, no começo do aprendizado, darão mais resultado com o fio mais curto.

--------------------------------------------------------------------------------
Exemplos de Experiências
1) Pegue um copo de vidro, ou de cristal, e encha-o com água até ao meio. Prenda o fio de cabelo com os dedos polegar e indicador da mão direita. O cotovelo, nem o corpo, não deve apoiar-se em qualquer lugar. O braço esquerdo, apesar de não ser usado, deve ficar também no ar como que guiando o pêndulo.
2) Desenhe numa folha de papel branca, usando tinta preta, vários traços verticais, horizontais, círculos e espirais. Sustente o pêndulo sobre o primeiro desenho e irá constatar que ele acompanhará os desenhos.
Se nada acontecer, deverá repetir a experiência em outro lugar da casa e algum tempo depois.

--------------------------------------------------------------------------------
A Polaridade do Operador
A radiação humana não é idêntica em todos os indivíduos, sendo uns positivos e outros negativos. Há ainda outros completamente neutros, insensíveis, incapazes, portanto de praticar a radiestesia. A reação do pêndulo, diante do objeto examinado, é realizada de acordo com a polaridade do operador.
Tanto nas pessoas com polaridade positivas como negativas o pêndulo reage da mesma forma. Este é o motivo porque, diante da mesma experiência, o pêndulo move-se de formas diferentes, todavia, são eficientes.
Polaridade Positiva: (70% das pessoas): - o pêndulo gira no sentido dos ponteiros do relógio, isto é, da esquerda para direita.
Polaridade Negativa: (os outros 30%) - Dá-se o contrário, o pêndulo gira da direita para esquerda.

--------------------------------------------------------------------------------
Desarme do Pêndulo
Depois de feita uma experiência, e captada uma energia, o pêndulo fica influenciado pela onda sintonizada, precisando ser desarmado para tornar-se, novamente, sensível para as próximas experiências. A melhor e a mais fácil maneira de descarregar o pêndulo de qualquer influência é a de encostá-lo por alguns instantes ao solo. Depois esfrega-se com a flanela que lhe serve de proteção.

--------------------------------------------------------------------------------
Oscilações do Pêndulo
O pêndulo oscila de oeste para leste (horizoltal) e de sul para norte (vertical); obliquamente, isto é de sudoeste para noroeste ou para nordeste; em círculos concêntricos, acompanhando os ponteiros do relógio, ou vice-versa. Para início das experiências, deve-se pôr o pêndulo imóvel sobre um plano de orientação, esperando que oscile, observando-se seu movimento e, principalmente, as modificações acentuadas, indicadoras de que está em contato com as radiações do objetivo procurado.

--------------------------------------------------------------------------------
Interpretação das Oscilações
Pode-se interpretar as oscilações do pêndulo um código convencional, arbitrário, criado pelo próprio operador. Por exemplo: - girar no sentido dos ponteiros do relógio, ou verticalmente, seria "Sim" à pergunta feita, e vice-versa, isto é rodando no sentido contrário dos ponteiros do relógio, ou horizontalmente, seria "Não". Em caso de dúvida, seriam as oscilações oblíquoas.
OscilaçõesOscilaçõesOscilações
--------------------------------------------------------------------------------
Condições Essenciais para um bom Êxito
A) Passividade absoluta, trabalhando unicamente em boas condições de saúde e equilíbrio físico e mental.
B) Evitar qualquer sugestão que possa influir no resultado.
C) Não trabalhar com o estado atmosférico pouco favorável (tempestade, chuva, trovões, ventania).
D) Não emprestar a ninguém o seu pêndulo, a fim de que não se sature de radiações estranhas.
E) Atuar sempre com prudência e discrição e não realizar experiências por demais rápidas,
nem diante de pessoas incrédulas.
F) O objetivo deve ser sempre fazer o bem ao seu semelhante.
Não deve, de modo algum, exercê-la para prejudicar alguém ou obter lucros indevidos.

--------------------------------------------------------------------------------
Faça seu quadrante do Sucesso Pessoal:
Quadrante
--------------------------------------------------------------------------------
Exemplo de perguntas ao Pêndulo:
Por que tenho tido insucesso na vida?
Por obstáculos? Por inimizades?
Por pobreza? Por incapacidade?
Veja o que o pêndulo responde e depois procure superar seu fator de insucesso.
O que é preciso para vencer na vida?
De riqueza? De habilidade?
De auxílio? De possibilidades?
Veja o que o pêndulo responde e procure alcançar este fator de sucesso.
Exercício das espirais
Sim: sentido horário
Não:
sentido anti-horário
Pegue dois pedaços médios de papel (serve meia folha de sulfite para cada) e desenhe uma espiral grande no sentido horário e, no outro papel, uma espiral em sentido anti-horário.
Posicione a espiral em sentido horário à sua frente e coloque o pêndulo sobre ela. Diga em voz alta:
Este movimento quer dizer SIM.
Concentre-se. Não force o pêndulo. Nas primeiras vezes que você o utilizar, ele pode até memso ficar imóvel. Calma. É tudo questão de treino e prática. Seja paciente e espere ele girar sozinho.
Em seguida, realize o memso procedimento com a espiral em sentido anti-horário, dizendo:
Este movimento quer dizer NÃO.
Se de nenhuma maneira você conseguiu fazer o pêndulo se mover sozinho, é melhor esperar e tentar outro dia. Procure sempre alterar as circunstâncias, quando isso acontecer. Mude o horário, o dia, o local etc. Qualquer movimento do pêndulo já é ótimo neste começo.
Exercício dos copos
Peça a alguém que esconda um objeto sob um copo (que não seja transparente, é claro). Devem estar dispostos três copos (ou potes) mais ou menos iguais e você não deve saber o seu conteúdo.
Embaralhe todos (ou peça a alguém que embaralhe), coloque o pêndulo sobre cada um deles e pergunte:
O objeto está escondido neste copo?
Concentre-se e não se deixe levar pela primeira impressão. Também não se desanime se errar. Vá aos poucos. Anote tudo para uma conferência posterior. A tendência é o aumento dos resultados.
Exercício das moedas
Escreva em um papel a palavra SIM e em outro a palavra NÃO. Coloque o pêndulo sobre cada um e veja o sentido da rotação.
Quando seu pêndulo já tiver entendido que o sentido horário significa SIm e o sentido anti-horário significa NÃO, pegue três moedas iguais de anos diferentes e, com a mão esquerda, segure uma delas. Pense em um ano específico e não olhe para o pêndulo para não influenciá-lo. Então pergunte:
Esta é a moeda cunhada em 19XX (ano que você pensou)?
Tenha paciência e aguarde. Faça isso com todas as moedas e veja se houve movimento do pêndulo em alguma delas. Se não der certo, já sabe: tente em outras circunstãncias.
Exercício do sal

Pegue dois copos com água iguais e coloque um pouco de sal dentro de um deles (ou peça a alguém que coloque para você).Colocando o pêndulo sobre um dos copos, faça a pergunta:
Este copo contém sal?
Exercício do baralho
Arrume dois baralhos idênticos. Vire as cartas em uma mesa e escolha a carta a ser encontrada.
Com a carta gêmea da que você procura na mão esquerda, vá testando o pêndulo, vendo se ele se move sobre a carta certa.
Como este é um exercício mais avançado, pode ser que demore mais para você obter os efeitos desejados.
Exercício dos rostos
Separe em revistas fotos mais ou menos do mesmo tamanho de duas meninas, dois meninos, duas moças, dois rapazes, duas senhoras e dois senhores.
Cole-os em cartolina preta e corte-as exatamente do mesmo tamanho, de forma que fiquem iguais. Embaralhe-as e, com o pêndulo em cima de cada uma delas, vá perguntando:
Essa foto é de uma criança?
Essa foto é de um adulto?
Essa foto é de uma pessoa idosa?
Agora vire-as de cabeça para baixo e repita a operação. Veja quantos acertos consegue. nunca vire as cartas antes do fim do teste!

O QUE VOCÊ PROCURA?

Carregando...

COMENTE, SEU COMENTÁRIO É MUITO IMPORTANTE PARA MIM

Por favor, ao deixar um comentário você estará contribuindo para que eu possa melhorar cada vez mais o conteúdo deste site.

Quero responder a todos, mas para isso, facilitem deixando seus nomes e um e-mail para retorno, ok? Não fique no anonimato!

Se tiverem um site ou blog, deixe o link também para que possamos visitar! Beigiginhos!
Alguns dos textos aqui reproduzidos neste blog, são assinados, e se possível, será mostrada a fonte de onde provêm. As idéias divulgadas, são de inteira responsabilidade dos autores! O fato delas estarem sendo reproduzidas aqui, significa que contém informações que considero relevantes e enriquecedoras.

Eu NÃO as ACEITO passivamente, mas também NÃO DUVIDO das informações aqui contidas.


Estão aqui para serem comentadas e discutidas.

Caso você reconheça seu texto ou foto dentre as postagens do blog, por favor comunique-me para que se seja notificada a fonte dos mesmos. Encaminhando um e-mail gielisee@yahoo.com.br com a fonte original do mesmo e autor.

Creative Commons License
Alguns direitos reservados

Todas as matérias escritas por mim, podem ser copiadas e publicadas em outros sites, desde que citada a fonte, sem nenhuma modificação, e apenas para usos não comerciais.

Obrigada pela compreensão, Gisele Santos da Silva